Museu do Ipiranga lança desafio para desenvolvimento de jogos sobre seu acervo, arquitetura e história

Conforme já noticiamos nesta semana, o Festival Games For Change América Latina ocorre entre os dias 5 e 12 de dezembro, trazendo inúmeros debates e palestras dedicadas a jogos com teor transformador. A novidade é que neste ano teremos um desafio inédito: o Gamers do Ipiranga. Basicamente os participantes serão convidados a criar jogos que se utilizem do acervo, arquitetura e história do Museu do Ipiranga para criar novas interações com a instituição. Os vencedores do desafio ganharão prêmios do festival.

Depois do evento, até 3 propostas vencedoras terão seu jogo desenvolvido ao longo de 2021, com lançamento previsto para o Dia da Independência. A participação não é restrita a desenvolvedores e programadores – qualquer um com uma ideia pode participar. De acordo com a organização do evento, os jogos, uma vez lançados, serão usados gratuitamente por escolas e instituições do ramo como ferramenta de ensino sobre o Museu do Ipiranga e a história do Brasil.

A ideia é que o público a transforme o acervo do Museu e suas histórias em jogos, criando novas dinâmicas de interação com o público. Os vencedores ganharão, além de recompensas e prêmios em criptomoedas WiBX e Moeda da Paz, a oportunidade de ter seus jogos desenvolvidos ao longo de 2021.

A participação não é restrita a desenvolvedores e programadores – qualquer um com uma ideia pode participar. Os jogos, uma vez desenvolvidos, serão usados gratuitamente por escolas e instituições do ramo como ferramenta de ensino sobre o Museu do Ipiranga e a história do Brasil.

“O Novo Museu Ipiranga tem forte atuação nos meios digitais, como a digitalização do acervo junto ao Wiki Movimento Brasil e as exposições no aplicativo Museu do Ipiranga Virtual”, conta o vice-diretor da instituição, Amâncio Jorge de Oliveira. “Neste momento, ampliamos essas ações convidando a comunidade a participar do desafio Gamers do Ipiranga, para que o público possa aprender sobre o Museu e a nossa história brincando”, e conclui: “Esta é mais uma forma de matar a saudade do Museu do Ipiranga até reabrirmos em 2022”.

A iniciativa é pioneira do Museu do Ipiranga no meio digital, já que a maior parte das instituições culturais trabalham com exposições virtuais, e não jogos. Já foi lançado, inclusive, um aplicativo em realidade 3D com duas exposições do Museu do Ipiranga, que você pode conferir aqui.

 

Serviço – Gamers do ipiranda / VII Festival Games for Change América Latina

Quando: 5 a 12 de dezembro

Site: http://latam.gamesforchange.org

Inscrições abertas

Consulte os valores no site do Festival

Games For Change América Latina 2020 ocorre entre os dias 5 a 12 de dezembro

Mais uma edição da Games For Change está para começar! Entre os dias 05 a 12 de dezembro, estudantes, educadores, jornalistas e profissionais da área acompanham totalmente online o VIII Festival G4C América Latina, com mentorias, game jams (atividade voltada à criação de jogos), playtestes, feira de negócios, networking, minicursos e uma etapa competitiva, o Pitch for Change, com premiações especiais. A edição se faz necessária em ambiente online devido a pandemia do Covid-19.

Para quem não conhece, o Games For Change ocorre desde 2004 e tem como objetivo  incentivar designers de jogos e mídias imersivas a criar tecnologias transformadoras, que facilitem os processos de aprendizagem, transformação e emancipação democrática. Ao longo dos anos, vimos projetos inovadores como Dreams, This War of Mine, entre tantos outros. O Festival traz, em sua oitava edição, na América Latina, oportunidades de aprendizagem, interação, imersão, recompensas e prêmios!

 

destaque para a Games for change américa latina

Para a edição 2020 a recomendação é ficar de olho no jogo “Purposyum: Desafios da Justiça”, um boardgame com temática de exploração espacial que introduz ao jogador o desafio de colonizar uma galáxia que sofre distúrbios bastante atuais, como ódio por minorias, fake news, injustiça social etc. O projeto é fruto do núcleo de estudos Cidade do Conhecimento coordenado pelo professor Gilson Schwartz, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR), em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU). A participação no jogo proporcionará recompensas e prêmios em criptomoedas WiBX e Moeda da Paz!

O Games For Change conta com quatro painéis , cada um com jogos dedicados a uma determinada luta: Painel Cultura; Justiça; Acessibilidade e Dependências; e Inovação, Ciência e Tecnologia. Vale lembrar que as boas ideias, protótipos e produtos concorrem a prêmios. Para saber mais sobre a política de cotas da Games For Change, basta se inscrever no evento clicando aqui.

Use tripé de mesa para produzir seus vídeos de jogos

Se você tem o sonho de produzir conteúdos para Youtube ou sites de streaming de jogos é importante ter em mente que a qualidade do equipamento é importante para manter sua audiência interessada. Não é necessário ter uma câmera de vídeo de alta tecnologia, uma vez que atualmente até mesmo as câmeras de celulares oferecem resoluções altíssimas para a produção de vídeos. Caso você opte por utilizar um smartphone para gravar vídeos ou fazer fotografias, é recomendável que comece a utilizar um tripé de mesa para estabilizar a imagem.

Tripés de mesa são equipamentos muito úteis para quem deseja qualidade a nível profissional, sem gastar muito. No mercado é possível encontrar diversos modelos compatíveis com os mais variados bolsos e para diferentes necessidades, tais como tripés com estruturas articuladas, os que somente podem ser utilizados em superfícies planas e os tradicionais. É importante pensar no tipo de conteúdo que você pretende trabalhar. Para vídeos e streaming de jogos, um tripé para posição horizontal é o ideal.

Outra vantagem do tripé de mesa é que seu peso e tamanho são bem reduzidos, podendo ser carregados a toda parte. Se você pretende usar seu celular em eventos de games, por exemplo, basta posicionar o tripé em uma superfície plana e gravar o conteúdo desejado, sem precisar ficar segurando o celular.

Os modelos mais simples possuem altura fixa e são práticos para deixar parado, já os modelos mais modernos podem ser utilizados como bastão de selfie, expandindo as possibilidades de uso. Há algumas dicas importantes na hora de escolher seu tripé de mesa para um resultado melhor, tais como:

  • Peso suportado
  • Inclinação possível (horizontal/vertical)
  • Tamanho
  • Segurança

Se você acredita que usar um tripé + celular para gravar vídeos é bobagem, pense novamente: alguns streamers de sucesso e youtubers gamers não apenas usam como recomendam esse equipamento, justamente pela praticidade e qualidade.

O site da VX Case disponibiliza algumas opções muito boas de tripés de mesa, incluindo um kit completo para quem vai embarcar na produção de conteúdos. Vale a pena conferir!