Google Play divulga lista dos melhores jogos de 2021

Para quem gosta de lista de melhores do ano, o Google anunciou os melhores aplicativos e jogos da loja brasileira em 2021. Os títulos foram selecionados por uma equipe editorial do Google, que leva em conta critérios como qualidade e nota de avaliação do público.

Semelhante ao ano passado, seguem populares os aplicativos focados no auto-aperfeiçoamento, controle de hábitos e meditação. Nos jogos, o Play Store também viu uma onda de desenvolvedores independentes criando experiências de jogo imaginativas e pessoais.

Confira abaixo a lista dos vencedores deste ano no Brasil:

Os mais competitivos

      • Rogue Land: jogo 3D dinâmico em um mundo de fantasia e monstros;
      • MARVEL Future Revolution: primeiro RPG mobile baseado no universo da Marvel.
      • Northgard: jogo de estratégia baseado na famosa Mitologia Nórdica;
      • League of Legends: Wild Rift: versão mobile de um dos jogos mais famosos do mundo;
      • Suspects: Mystery Mansion: jogo online de até nove jogadores para resolução de mistérios.

 

Os mais inovadores

      • Inked : resolva puzzles com a identidade de um Samurai;
      • Sixit : com apenas seis ações por turno, o jogo leva seus jogadores a explorar a floresta, resolver os seus puzzles e salvar os amigos da Grande Tempestade;

 

Os melhores indies

      • Donut County: jogo de quebra-cabeça de física baseado numa história no qual você joga como um buraco no chão que está sempre crescendo;
      • My Friend Pedro: Ripe for Revenge: baseado no jogo de computador com mesmo nome, esse novo jogo traz tudo do seu antecessor para os celulares;
      • Bird Alone: jogo de superação, aventura, música e da vida;
      • 7 Billion Humans : jogo que permite o jogador a gerenciar um mundo com 7 bilhões de pessoas;

 

Os melhores casuais

      • Project Makeover : jogo que repagina os personagens por meio de escolhas de roupas, penteados, maquiagens e até móveis da moda;
      • Disney POP TOWN : jogo de fases que, resolvendo quebra-cabeças desafiadores, é possível colecionar trajes e construir cidades com temas da Disney;
      • Gatos no Tempo : o jogador deve resolver puzzles para salvar os gatinhos que viajaram por uma máquina do tempo e ficaram presos na Idade Média;
      • Switchcraft: combinar 3 mágicos : através de resoluções dos quebra-cabeças de centenas de fases, o jogador caminha para solucionar o desaparecimento de Lydia em uma trama que se desenrola em uma linda história em quadrinhos.

 

Melhor para tablets

      • League of Legends: Wild Rift: a versão mobile de um dos jogos mais famosos do mundo.

Top 5 – Jogos feitos para ajudar no combate à depressão e ansiedade

Durante a pandemia do novo coronavírus muitas pessoas relataram passar por uma situação de extremo estresse, e não foi por menos! Contudo, os jogos online foram a salvação de muitas pessoas durante esse período de isolamento social. De acordo com um estudo feito pelo Programa Xbox Research Accessibility Community Feedback, 84% das pessoas afirmaram que os games ajudaram em relação à saúde mental no período mais forte da pandemia.

“Após um dia estressante no home office, há quem encontre conforto em passar um tempo na frente da televisão ou do computador jogando alguma coisa. É importante ter a noção do quanto esse tempo é benéfico para a saúde mental”, afirma Dr. Victor Kurita, (CRM 98008 SP), médico focado na saúde física e mental dos gamers. Pensando nisso, o médico selecionou cinco jogos online criados especialmente para ajudar pessoas com transtornos de ansiedade e depressão.

Jornada do Acolhimento: criado em parceria com associações de psicólogos e psiquiatras, o jogo é feito propriamente para conscientizar os jogadores sobre a depressão. São quatro estágios que passeiam pela fase da descoberta, superação, esperança e cuidado.

Hellblade: Senua’s Sacrifice: o jogo foi criado a partir de eventos reais após a invasão viking nas ilhas Orkney e a personagem do Jogo, Senua, viaja para um dos mundos da Mitologia Nórdica. Enquanto a jornada dela acontece, o game mostra com clareza como se comporta uma pessoa com ansiedade e até mesmo com episódios de psicose.

Sea of Solitude: o jogo se passa na Alemanha após uma enchente devastadora e a personagem principal, Kay, passa pela cidade destruída totalmente solitária e sozinha. Entre os monstros que ela combate, ao longo do jogo fica implícito que isso tudo na verdade vem da protagonista, que passa por uma fase de depressão severa, mas vê um lampejo de esperança com outras representações artísticas de luz no meio da escuridão.

Celeste: com uma arte mais voltada para o que lembra os anos 80, a ideia do jogo é ajudar Madeline a sobreviver à seus demônios interiores. Isso acontece enquanto ela está na jornada de escalada de uma montanha até seu topo evitando a morte. A ‘luta’ é de uma pessoa com ansiedade e depressão e faz o jogador empatizar com a personagem, fazendo o possível para que ela chegue ao final.

Flower: o jogo não é desafiador, mas tem a intenção de trazer sentimentos e sensações boas ao jogador. Também sem diálogos, o arco narrativo é formado pelas artes visuais e emocionais. Ao controlar as pétalas que voam graças ao vento, o jogo é considerado como uma terapia para jogadores com depressão.

Por mais que existam muitos estudos que falem sobre como o uso excessivo de games pode ser prejudicial à saúde mental, outros debatem exatamente o contrário, como é o caso dos pesquisadores da Universidade de Oxford, que relacionam o modo de jogar com o bem-estar dos jogadores. Matti Vuorre, um dos autores do estudo, afirma que os jogos oferecem uma alternativa interessante e satisfatória em relação aos contatos restritivos da pandemia.

“Apesar de muito tempo de tela não ser recomendado, os jogos online podem ser muito benéficos para a saúde mental, tanto para reduzir o estresse, quanto para apoiar o equilíbrio mental e ajudar com o relaxamento. Eles oferecem um escape, uma chance de deixar suas preocupações diárias para trás por um tempo e fazer algo completamente diferente”, finaliza Dr. Victor.

Já estão abertas as inscrições para o BIG Festival 2022

Desenvolvedores de jogos, fiquem atentos! O BIG Festival, o maior festival de games da América Latina, acaba de abrir as inscrições para jogos independentes e para sugestões de palestras para sua 10ª edição, que acontece de 5 a 10 de julho de 2022. De acordo com a organização, essa edição tem tudo pra ser histórica, afinal em 2022 o BIG completa dez anos de existência! Inclusive, serão milhares de dólares em prêmios para os melhores jogos!

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site do BIG Festival. O prazo para inscrever jogos ou palestras é dia 28 de fevereiro de 2022, às 23h59 (horário de Brasília). Serão aceitos todos os tipos de jogos, em qualquer plataforma, publicados ou não, contanto que possam ser jogados pelo Comitê de Seleção do Festival.

Os jogos já lançados comercialmente serão aceitos contanto que tenham sido lançados há no máximo dois anos da data de início do festival. O evento deve acontecer tanto presencialmente, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, quanto online. Em sua última edição, totalmente virtual, o Festival teve números recordes, impactando mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo.

Confira outros números do BIG Festival:

      • Mais de 500 jogos de 50 países inscritos;
      • Mais de 100 jogos disponibilizados online para serem jogados gratuitamente;
      • 700 mil pessoas assistiram às sessões ao vivo;
      • 2 milhões de acessos a nosso site, jogos e estandes virtuais;
      • Mais de 68 milhões de views;
      • +70 horas de conteúdo bilíngue ao vivo (português e inglês);
      • Mais de 300 palestrantes de todo o mundo.

Para se inscrever no BIG Festival, basta acessar o site aqui.