As damas dos jogos: mulheres aumentam suas participações em competições, como os Torneios Pokémon

Que as mulheres estão cada vez mais interessadas por jogos, não é segredo para ninguém. Existem as adeptas dos jogos de celular, que utilizam no trajeto do trabalho para casa ou para relaxar antes de dormir, as que são fãs dos videogames e as apaixonadas por jogos de cartas, que fazem das partidas um momento para brincar com amigos e familiares.

Segundo a Pesquisa Game Brasil (PGB), o público feminino representa 53,8% dos jogadores no país e o mercado já movimenta aproximadamente R﹩5,6 bilhões no Brasil, sendo a maior indústria de entretenimento, à frente de segmentos importantes como música e cinema. Já nos campeonatos de jogos de cartas, como é o caso dos torneios Pokémon, por exemplo, essa presença ainda é tímida.

Pensando em reverter esse cenário e estimular a presença do público feminino em um ambiente que muitas vezes ainda é dominado por homens, a Copag – empresa líder no segmento de baralhos e jogos de cartas- lançou o movimento Mulheres no Jogo, iniciativa para encorajar a participação do público feminino nos torneios de Pokémon, que possuem diversos perfis de consumidores, inclusive a mulherada.

A ação foi criada junto com mulheres que são referência no tema, entendem esse público e suas necessidades para que, juntas, possam tornar esse ambiente mais atrativo. Foram criadas diversas ações para o projeto, como o convite para um time de influenciadoras que estarão mais próximas do público, produzindo lives, competições, auxiliando na divulgação de torneios e tudo o que permeia este universo.

Para ficar por dentro e acompanhar as novidades do projeto, acesse o site oficial.

PlayStation patrocina evento Reis e Rainhas do Drible neste domingo

Neste domingo (28) os fãs do futebol tem evento marcado na agenda: o Reis e Rainhas do Drible 2021, tradicional torneio de futebol freestyle que reúne alguns dos futebolistas mais habilidosos do Brasil. A novidade nesta edição é que a Playstation será um dos patrocinadores master, com o console PlayStation 5, o videogame mais cobiçado do momento. Com portas fechadas para o público, neste ano o torneio será realizado a partir das 10 horas da manhã em São Bernardo do Campo, com transmissão ao vivo pela TV Globo, durante o programa Esporte Espetacular.

O contrato de patrocínio, negociado pela agência Wolff Sports, contempla a exposição da marca do console Playstation 5 nos uniformes dos atletas, no backdrop de premiações e de entrevistas, nas placas de quadra localizadas atrás dos gols e nas placas aéreas. O objetivo é fortalecer a marca Playstation no Brasil e criar identificação entre os amantes do futebol.

“Ficamos muito entusiasmados com o patrocínio da PlayStation ao Reis e Rainhas do Drible. A marca de consoles de videogame é uma das mais almejadas do mundo, e ambas as partes – marca e evento – têm a ganhar com essa exposição. Esperamos que a parceria possa crescer ainda mais no futuro”, afirma Rafael Jorge, Executivo de Negócios da Wolff Sports.

Sobre o Reis e Rainhas do Drible

No Reis e Rainhas do Drible, que neste ano encontra-se em sua sexta edição, atletas profissionais vão se reunir no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo, em arena desenhada e com regras diferenciadas, idealizadas para mostrar aos telespectadores todas as suas habilidades nos dribles dos jogadores participantes.

Com o formato 4 x 4, com um goleiro e três jogadores na linha, o evento une características do futsal, do futebol de campo e do futebol freestyle, sendo que alguns dribles tradicionais, como caneta, meia-lua e chapéu valem o dobro de pontos em relação a um gol. A grande novidade de 2021 é a inserção de mulheres no elenco, o que culminou na alteração do nome do evento: de Reis do Drible, passa a ser Reis e Rainhas do Drible.

Estão confirmados para essa edição atletas e ex-atletas como Natalia Guitler, campeã mundial de futevôlei, e Amandinha, sete vezes eleita a melhor jogadora de futsal do mundo. Também do Futsal, o público acompanhará Falcão, ex-jogador e um dos maiores nomes da modalidade, o ex-goleiro Lavoisier e o atual goleiro da Seleção Brasileira de Futsal, Careca. Quem também participará é o jogador de futsal Vassoura, que já atuou pelo país e hoje joga em dois times asiáticos. Já na categoria de freestyle o evento confirmou Diego Freestyle, um dos pioneiros deste esporte no Brasil; e Adonias, grande nome da modalidade e quatro vezes campeão do Reis do Drible.

Circuito Feminino de Rainbow Six Siege conta com premiação total de R$ 300 mil

Seu sonho é se tornar uma das maiores pró-players do Brasil, entrar nos maiores torneios de eSports e ganhar uma bela grana? Pois a Ubisoft acaba de anunciar os detalhes do Circuito Feminino de Rainbow Six Siege 2021. De acordo com a gigante dos games, o formato do campeonato contará com cinco etapas e uma fase final que irá decidir a grande equipe campeã de 2021. Um classificatório aberto – que começa no dia 26 de fevereiro – definirá as equipes participantes do torneio que, ao todo, distribuirá R$300 mil em premiação.

As inscrições para disputar a fase qualificatória já estão abertas e se encerram no dia 26 de fevereiro. As seis melhores equipes garantem vagas para as cinco primeiras etapas do campeonato, que serão transmitidas nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube. As equipes femininas podem se inscrever neste link.

Após a definição das seis participantes, as cinco etapas que definem as semifinalistas do torneio acontecem entre os meses de março e setembro, além da fase final, disputada em novembro. Confira abaixo as datas:

 

Etapa 1: 11 a 14 de março

Etapa 2: 22 a 25 de abril

Etapa 3: 10 a 13 de junho

Etapa 4:  5 a 8 de agosto

Etapa 5: 9 a 12 de setembro

Fase Final: 6 e 7 de novembro

 

Nas cinco primeiras etapas, todas as equipes medem forças em duelos no formato MD1. Ao final de cada uma, acontecerão semifinais e finais, com jogos em MD3. Já na fase final, os quatro melhores times no somatório das etapas iniciais seguirão em busca do título em confrontos eliminatórios. Nas semifinais, partidas em MD3, e na grande final de 2021, um aguardado confronto em MD5.

“O Circuito Feminino de Rainbow Six Siege é uma competição de grande importância no nosso trabalho para evidenciar ainda mais o potencial das mulheres nos esportes eletrônicos. Além de continuar a oferecer uma vitrine para as jogadoras mostrarem seu talento, a edição deste ano contará com um calendário competitivo previamente definido, que permite a participação das jogadoras em outras competições oficiais, bem como uma premiação significativa, que ressalta a importância desta competição para o desenvolvimento do Rainbow Six Esports”, destaca Marcio Canosa, Diretor de Esports da Ubisoft para América Latina.

Abaixo as premiações para cada equipe do Circuito Feminino de Rainbow Six Siege, de acordo com a colocação final: