Itaú se une ao primeiro time campeão mundial de esports do Brasil

Errou feio quem disse que os eSports não tinham futuro. Ao passo que grandes times de futebol enfrentam dificuldades e falta de apoio, no meio dos esportes eletrônicos as coisas parecem mais promissoras. Pelo menos é isso que se absorve ao ver que o banco Itaú Unibanco e a equipe MIBR acabam de firmar uma parceria inédita. A parceria prevê uma série de ações com foco na experiência de quem acompanha e torce pelo MIBR. A primeira delas já está disponível nas redes das duas empresas, um manifesto na voz do rapper e poeta brasileiro, Rincon Sapiência, o querido Manicongo.

Com um olhar que relembra toda a trajetória do MIBR, o manifesto destaca os valores do time e convida o fã a revisitar uma história emocionante e marcada por muita resiliência, que se confunde com a de todos nós. Por meio da plataforma #IssoMudaOGame, o Itaú Unibanco e o MIBR buscam impactar e transformar o ecossistema, dando visibilidade às histórias, à paixão do time e de sua torcida ao redor do mundo. A parceria contempla as equipes de CS:GO, CS:GO Feminino, CS:GO Academy e Rainbow 6 Siege.

O lançamento contempla a veiculação do manifesto da marca, produzido pela agência DRUID, nos canais digitais e redes sociais. A ação é a primeira de uma série de conteúdos nos mais diferentes formatos a longo prazo, assim como benefícios e interações dedicadas à torcida. Para Yuri “Fly” Uchiyama, diretor do MIBR, a parceria é uma grande celebração à comunidade, o que faz do time um dos gigantes dos esports no mundo, e ao trabalho de todos que buscaram este crescimento.

“Muito antes de adentrar a diretoria eu aprendi a torcer, competir e a sonhar com o MIBR. Espero que vocês se sintam representados e inspirados como eu ao ver o que vem pela frente”, diz o executivo.

O lançamento do manifesto é a primeira de uma série de ações que terão como foco a experiência dos fãs. A parceria evidenciará a história do time em seu contexto atual, seus jogadores e os torcedores e deve apresentar cada vez mais ativações em breve.

Você pode conferir o manifesto do MIBR e Itaú Unibanco abaixo:

Pandemia desperta interesse dos jovens em se aprimorar nos jogos eletrônicos

A pandemia do covid-19 teve impacto nos hábitos dos jogadores de videogame mundo afora. De acordo com o Relatório Global de Mercado de E-sports feito pela NewZoo, principal empresa de análise deste segmento, vídeos de jogos eletrônicos já são mais consumidos que Spotify, Netflix, Amazon Prime, HBO e Disney Plus juntos. Com a chegada da pandemia e a necessidade do isolamento social, foi acrescentado a este cenário o componente tempo das pessoas em casa, que provocou um crescimento exponencial na busca por informações e aprendizado a respeito do tema.

No Brasil, uma das empresas que mais rapidamente captaram este fenômeno foi a Prota Games, produtora de conteúdo que alcança média superior a 2 milhões de visualizações semanais, somente no YouTube. A empresa produz materiais informativos, didáticos e de entretenimento para a plataforma, além de cursos pagos, sobre os jogos League of Legends, Free Fire, Fortnite, Valorant, Call of Duty e Wild Rift. O CEO da startup, Santiago Blanco, afirma que a avalanche de demanda foi detectada logo no primeiro mês de isolamento e, desde então, os canais da empresa têm mantido um crescimento médio de 110% de audiência ao mês.

“Chegamos à posição de segundo canal de e-sports mais visto no YouTube, apenas com trabalho orgânico. O próximo passo é justamente expor nossa marca ao mercado como oportunidade de investimento diferenciada e especializada para grandes marcas que querem investir neste universo”, explica.

Um dos grandes diferenciais da empresa é a oferta de conteúdos produzidos e ministrados por jogadores profissionais já consolidados no universo dos e-sports, o que atrai desde players ocasionais que desejam melhorar sua performance nos games até aqueles que sonham em se tornarem atletas de alto nível. Em todo o país, cerca de 95 milhões de pessoas se consideram gamers, conforme apurou a BBL, empresa especializada em soluções de entretenimento, que atua nos e-sports. Dessas, a Pesquisa Game Brasil 2021 mostrou que 74,6% consomem conteúdo do segmento no Youtube, totalizando um público de 72 milhões de pessoas.

 

Equipamentos de alta qualidade

Muitos jogadores atribuem a melhora em aspectos importantes dos games aos equipamentos utilizados. Um fone de alta qualidade auxilia melhor na identificação de um oponente, enquanto um mouse produzido especificamente para jogos pode tornar um movimento mais ágil. Porém, como atualmente os melhores produtos deste segmento são produzidos no exterior, o custo fica ainda maior devido às importações.

Um levantamento feito pela empresa com cerca de 16 mil pessoas determinou quais equipamentos os gamers brasileiros desejam melhorar entre os que já possuem. 53% afirmaram que desejam adquirir cadeiras gamers, que são desenvolvidas para proporcionar maior conforto durante as partidas e podem custar de R﹩ 400,00 a mais de R﹩ 5 mil. Outros 19% consideram os headsets (fones com microfone) mais urgentes, enquanto teclados (15%) e mouses (13%) foram os itens menos desejados.

Cherrygumms, maior referência feminina do cenário de games do Brasil, é a nova embaixadora do Next

O banco digital Next é mais uma das poderosas instituições financeiras que sabem do poder de influência dos jogos eletrônicos na atualidade. Prova disso é que a instituição acaba de anunciar a gamer Nicolle Merhy, a Cherrygumms, como nova embaixadora da marca. Para quem não conhece, Cherrygumms é uma das representantes femininas mais proeminentes do cenário profissional de games brasileiro.

A jovem carioca de 24 anos é também empresária, criadora da Black Dragons (um dos maiores clubes de esports do país), e a primeira embaixadora gamer da Nike no mundo. Foi considerada, no ano passado, uma das personalidades brasileiras com menos de 30 anos de maior destaque em sua área de atuação pelo ranking Under 30, da Forbes. A parceria foi viabilizada pela Out Of the Mug, startup de estratégia comercial no segmento de esports.

Cherrygumms se junta a um seleto time de embaixadores gamers do Next, composto por Nobru – um dos maiores nomes dos esports no Brasil e ídolo de Free Fire – e FalleN – um dos maiores jogadores de Counter Strike da história. Além de posicionar a marca entre as mulheres consumidoras de games – que já representam a maioria dos jogadores brasileiros (51,5%), segundo pesquisa Game Brasil 2021 –, o Next visa estimular a presença feminina no cenário profissional, ocupado por apenas 10% delas.

“Optei pela parceria com o Next pelo propósito do projeto e por saber que a marca está envolvida com o mundo gamer há bastante tempo. O next não está apenas ‘surfando a onda do mundos dos games’. O projeto que iremos construir juntos tem como principal pilar a igualdade de oportunidade para todos”, afirma Nicolle Cherrygumms.

Assim como Nobru e FalleN, Cherrygumms é um fenômeno nas redes sociais: tem 480 mil inscritos em seu canal no YouTube, 307 mil seguidores no Instagram, 117 mil no Twitter e 72 mil na Twitch. A jogadora tem representado o potencial gamer brasileiro em suas redes e em eventos.

“Há ligas femininas das principais franquias de jogos do mundo que existem somente no Brasil, como o Circuito Feminino de R6. Somos o melhor exemplo para o mundo de oportunidades para as gamers. Conheço o cenário há muitos anos e venho batalhando pelo fortalecimento não somente das mulheres, mas dos esports como um todo, e falo com convicção que damos aula para muitos ao redor do mundo”, afirma.