Google Play oferece mentoria grátis para desenvolvedores de jogos

Possui uma empresa produtora de games e está em busca de parcerias? Pois bem, estão abertas até o dia 1º de julho as inscrições para o Indie Games Accelerator, programa de aceleração do Google Play para desenvolvedores de jogos independentes.

As inscrições ficam abertas para mais de 70 países, incluindo o Brasil e o objetivo é ajudar desenvolvedores autônomos, assim como pequenas e médias empresas que atuam na área, a alavancar os seus negócios. São 40 horas de mentoria, divididas ao longo de 10 semanas, em que os participantes estarão em contato direto com especialistas renomados da indústria de games, compartilharão vivências com desenvolvedores do mundo todo, e receberão orientações técnicas sobre como construir e monetizar o seu projeto de jogo eletrônico.

Para participar, o desenvolvedor – que pode ser autônomo ou representar uma empresa com até 50 funcionários – precisa ter pelo menos 18 anos, registro ativo no Google Play, ter um game já lançado ou em desenvolvimento no momento da inscrição, e enviar um título lançado ou em desenvolvimento. As candidaturas serão avaliadas por um painel de jurados, de acordo com os critérios de inovação, diversão, design, qualidade técnica e de produção (saiba mais aqui).

Os candidatos selecionados para esta edição do Indie Games Accelerator serão comunicados por e-mail no início de setembro. As sessões de mentoria acontecem virtualmente, de outubro a dezembro deste ano.

Para mais informações, acesse o blog de desenvolvedores do Android. As inscrições são feitas pelo site do Indie Games Accelerator (conteúdo em inglês).

Hazel Sky – jogo brasileiro chega em 20 de julho para consoles e PC

Nosso destaque do dia vai para o game Hazel Sky, criado pelo estúdio brasileiro Coffee Addict. O título chega ao mercado no dia 20 de Julho para PC e consoles pelo preço de R$ 49.99. Trata-se de uma aventura envolvendo um jovem engenheiro chamado Shane, que terá que enfrentar Os Testes.

Shane deve completar esses testes ou será banido do seu lar na cidade voadora de Gideon. Com seu único meio de contato sendo um rádio para falar com sua colega estagiária, Erin, Shane precisará de ajuda enquanto conserta máquinas voadoras quebradas e salta, escala, balança e desliza por um mundo lindo e desolado.

Durante a aventura o jogador deve construir uma variedade de aeronaves, além de se aventurar pelos cenários desafiadores. Há ainda um mistério envolvendo aqueles que passaram pelos testes antes de Shane, ou seja, você deve descobrir o destino dos aventureiros anteriores.

“Hazel Sky vai muito além de simplesmente correr, pular ou escalar. Ele une diversas mecânicas com uma poderosa história. O jogador fica imerso podendo aproveitar tudo o que é oferecido, desde montar complexas máquinas voadoras até poder se expressar através da música”, diz o comunicado da Coffee Addict.

A ideia por detrás do projeto foi poder mostrar que somos livres para tomar nossas decisões, porém todas elas tem um preço. A junção de muitas visões diferentes sobre como deve ser um jogo tornou o projeto praticamente único. A gameplay possui partes totalmente lógicas e outras puramente artísticas que mostra também a relação da equipe de desenvolvimento.” – Fabio Cézar Bizon

Hazel Sky chega ao mercado no dia 19 de Julho para Steam, Epic, Playstation 4, Xbox e Switch. Para mais informações, clique aqui.

Abaixo você confere o trailer de Hazel Sky:

Banco Santander conquista o público gamer ao entrar no ecossistema do esports

League of Legends é certamente um dos jogos mais populares do mundo, não por acaso o Banco Santander irá patrocinar por três anos as principais competições oficiais de LoL na Europa (LEC), América Latina (LLA) e Brasil (CBLOL). O plano de patrocínio é parte do compromisso do Santander com a inovação e a digitalização.

Esta é uma assinatura histórica com a Riot Games, a desenvolvedora do LOL, onde o quarto maior banco da Europa, e o 16º maior do mundo, se conecta de forma decisiva com um ecossistema em constante crescimento e que, há muito tempo, pôs fim ao mito do jovem solitário, que não faz nada além de jogar através de uma tela, sem sair de seu quarto.

 

Copa do Mundo LOL: 100 milhões de telespectadores e 2,5 milhões em prêmios em dinheiro

Com um público que cresce cerca de 10% a cada ano, uma faixa etária que se expande cada vez mais no nível superior e uma presença feminina muito próxima de atingir a tão desejada paridade, o League of Legends tem algo mágico, capaz de unir diversas gerações que jogam, observam, comentam e seguem fervorosamente aqueles que vivem as incríveis aventuras que acontecem em Demacia, Noxus, Ionia, Águas de Sentina ou Ilha das Sombras.

Nessas terras fictícias, foi realizado o Campeonato Mundial LOL em 2019, com números incríveis: 100 milhões de espectadores únicos, um máximo de 44 milhões assistindo simultaneamente e um prêmio de, pelo menos, 2,5 milhões de dólares. Ainda em pandemia, a edição de 2021 superou todas as previsões com picos de 73 milhões de telespectadores. Gigante, certo?

 

Habilidades tecnológicas para perfis STEM

O Banco Santander está patrocinando as competições por conta dos muitos aspectos positivos que fazem parte do ecossistema esports. O trabalho em equipe e o clima de rivalidade saudável em que a competição se realiza são alguns deles. Mas o patrocínio vai além, apostando na capacidade tecnológica que esta competição representa. Em um ambiente no qual os perfis STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) são alguns dos mais procurados pelas empresas, qualidades como habilidade e imaginação são altamente valorizadas por qualquer empregador.

A instituição financeira está comprometida com essa geração única e autodidata que acredita em ídolos próximos a eles, com os quais interagem diariamente, mas também comprometida com o futuro, com a igualdade, com o consumo responsável e com o meio ambiente. Com milhões de pessoas criativas e empreendedoras, cheias da força necessária para transformar a sociedade e construir um futuro melhor.

 

Aaron “Medic” Chamberlain e Cristinini, Mestres de Cerimônia

O acordo de patrocínio do Banco Santander com os Riot Games foi apresentado em um evento maciço, que teve todos os ingredientes habituais do ecossistema eSports: streamers populares, milhões de pessoas conectadas de todos os cantos do mundo, freestylers com milhares de seguidores e a atmosfera de entretenimento saudável que caracteriza os esports em todo o mundo.

Aaron “Medic” Chamberlain, um dos melhores músicos de LOL do continente europeu, foi o mestre de cerimônias de um evento que também contou com Cristinini, a rainha de Twitch na Espanha, que conta mais de 3 milhões de seguidores, Kacper “Inspired”, o melhor jogador polonês da atualidade, Jukes, jogador e streamer brasileiro, e Alan Q, caster mexicano. Tudo isso acompanhado das três estrelas do estilo freestyle, os espanhóis Chuty e Sara Socas e a argentina Nicki Nicole, uma das artistas mais ouvidas no Spotify. Uma festa em estilo para receber um acordo que mudará uma geração inteira.