Estudantes do Marista de Maringá vencem concurso internacional de Minecraft

Cidadania, sustentabilidade e… Minecraft!? Sim, esses três elementos se juntaram para formar um dos projetos mais interessantes dos últimos tempos. Um grupo de estudantes do Colégio Marista de Maringá acaba de vencer a segunda edição do prêmio “M9 Urban Landscape Contest”, cujo objetivo é justamente pensar em cidadania e sustentabilidade utilizando o Minecraft. Basicamente, eles criaram soluções práticas para as favelas do Brasil.

O concurso desafia jovens de todo o mundo a criar um modelo de cidade ou edificação com base na agenda 2030 para Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), e é promovido pelo museu italiano M9, com apoio da M-Children e da Maker Camp, ambas organizações italianas que estimulam o aprendizado por meio da programação e gameficação. Ao todo, mais de 700 grupos, cerca de 14.500 alunos, de 5 continentes diferentes participaram e a equipe paranaense ganhou na categoria Internacional. A cerimônia de premiação foi transmitida pela página do Facebook do Museu M9, no dia 6 de junho.

Os alunos idealizaram e desenvolveram a Comunidade 2030, que representa uma “favela” com todos os problemas e as soluções sugeridas pelos objetivos da ONU. O projeto mostra como a turma foi capaz de enfrentar desafios reais e atuais em um exercício de planejamento. A ideia é mostrar como uma comunidade poderia ser melhorada, caso os investimentos necessários fossem realizados.

“Os alunos realizaram um trabalho cuidadoso e significativo sobre os objetivos da agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, imaginando soluções concretas para problemas que variam de profundas desigualdades sociais até dificuldade de acesso a alimentos de qualidade. Foi um grande estudo multidisciplinar”, afirma Matheus Amaral, analista de Tecnologia Educacional e Mentor Global Minecraft.

Durante a cerimônia de premiação, o estudante Pedro Grígolli participou compartilhando um pouco da sua experiência. “Esse concurso nos mostrou que é possível aprender de uma forma dinâmica e diferente. Fazer parte desse desafio nos ensinou como correlacionar o que aprendemos na escola com os desafios enfrentados no cotidiano, nos tornando cidadãos mais conscientes”, afirmou. “Usar a tecnologia do Minecraft para pensar nos problemas do mundo real é algo muito interessante”, concluiu, agradecendo a todos pela seleção do projeto e dedicação dos colegas. Você pode conferir mais informações aqui.

Abaixo você confere imagens do projeto desenvolvido pelos alunos do Marista Maringá:

Marista

Vagas de trabalho: Game Jobs divulga duas vagas de trabalho para desenvolvedores de jogos eletrônicos

Não uma, mas duas oportunidades de trabalho para você, que procura uma vaga para se estabelecer no mercado de trabalho de jogos eletrônicos: a Game Jobs, página dedicada a divulgar vagas de emprego para profissionais de jogos eletrônicos, divulgou duas oportunidades bem interessantes nos últimos dias! Uma é para desenvolvedor 3D Unity e a outra é para quem desenvolve em Unreal C++.

A primeira vaga é para trabalhar no estúdio Virgo. Basicamente o estúdio procura um Programador Unity criativo e ousado, capaz de realizar concepção técnica e programação de games e outros aplicativos imersivos e envolventes, em Unity. Já a segunda vaga busca um programador habilitado em Unreal C++ para trabalhar na Argentina no estúdio Sixth Vowel, de Buenos Aires. Nesta vaga é necessário experiência em games AAA. Se você tem ambição de trabalhar na área de games, confira essas vagas:

 

Engenheiros Unreal Engine C ++

Requisitos do trabalho:

  • Profissionais que estejam acostumados a obter orientação de um lead e profissionais capazes de implementar recursos no UnrealEngine.
  • Disponível para trabalhar em Buenos Aires em tempo integral para um projeto de 2 anos.
  • Experiência anterior no Unreal Engine de pelo menos 2 anos.
  • Capaz de compreender pipelines e processos do jogo.
  • Compreende fluxos de trabalho técnicos e processos de otimização.
  • Preferível proficiência na língua inglesa.
  • (Preferível) experiência anterior em projetos AAA.

 

O projeto oferece:

  • Trabalhado em um IP original internacional.
  • Projeto de qualidade AAA.
  • Salários competitivos.
  • Trabalho com um estúdio internacional como cliente final.

Se você estiver interessado, basta enviar seu currículo e portfólio para [email protected] com o assunto “[GamesJob]: Engineers Unreal Engine C ++”

 

UNITY 3D DEVELOPER

REQUISITOS

  • Experiência com Unity e seu fluxo de trabalho, para plataformas desktop e mobile;
  • Programação C# e conhecimentos consolidados em OO e .NET;
    Capacidade de planejar e implementar arquiteturas complexas de software;
  • Ótima capacidade de comunicação, oral e escrita.
    Facilidade de trabalho em equipe;
  • Inglês avançado;
  • Contratação CLT integral na Vila Mariana, São Paulo.

 

DIFERENCIAIS

  • Conhecimentos teóricos e práticos de game design;
    Experiência com desi14 de UX;
  • Habilidades em design gráfico, ilustração e 3D;
    Experiência em ministrar workshops e palestras;
  • Capacidade de criar aplicativos altamente otimizados, especialmente para mobile;
  • Titulação acadêmica na área.

Para aplicar, acesse o site da Virgo e preencha o formulário: http://www.virgo.gs/trabalhe-conosco/

 

Aquiris Game Studio abre diversas vagas para produção de jogos em Porto Alegre

Mais uma baita oportunidade se revela para quem quer trabalhar no ramo de produção de jogos eletrônicos: a Aquiris Game Studio, de Porto Alegre, anuncia que está com várias vagas em aberto para trabalhar em seu escritório na capital gaúcha. As vagas compreendem uma série de funções, que vão de programadores a produtores, artistas etc.

Para quem não conhece, a Aquiris é a desenvolvedora por trás do sucesso Horizon Chase Turbo, game de corrida que relembra o clássico Top Gear, da geração 16 bits. Recentemente a empresa anunciou uma parceria com a Pós Jogos Digitais Pucrs. Esse é um movimento estratégico bastante importante, pois ele deposita esforços num dos principais elos da cadeia produtiva: a formação de profissionais. De acordo com a Aquiris, a ideia é reunir uma equipe talentosa o bastante para ajudar a desenvolver futuros jogos da Apple Arcade e aproveitar o crescimento da marca LooneyTunes.

Atualmente a Aquiris conta com uma equipe de 80 pessoas que acordam dispostos a criar jogos cada vez mais únicos para sua base de fãs. Uma coisa legal é que a Aquiris é uma empresa bem humana, que visa um ambiente harmonioso e sem preconceitos de raça, gênero, religião, cultura etc. Além disso, seus espaços foram criados visando integrar pessoas com deficiências físicas. Não à toa que a empresa é uma das produtoras mais reconhecidas do Brasil. Todas as vagas são para trabalhar em Porto Alegre, sendo elas: Producer; Backend Programmer; Concept Artist; Game Programmer; Qa Analyst; UI/UX Designer; Game Designer.

Se você ficou interessado, basta clicar na vaga pretendida ou cadastrar seu portfólio neste link. Cada vaga exige competências próprias, sendo que algumas demandam alguma experiência e bom nível de inglês. Você pode conferir as exigências clicando no cargo pretendido acima.