“Dimi – Jornada na Tabela Periódica” – game para Android ensina a memorizar a Tabela Priódica

Transformar o aprendizado em algo mais envolvente e até mesmo divertido é uma das possibilidades de se utilizar jogos eletrônicos em sala de aula. Durante esse tempo de quarentena muitos professores e instituições de ensino tem vislumbrado nos jogos uma ferramenta ideal para manter os estudantes engajados no aprendizado. A bola da vez é Dimi – Jornada na Tabela Periódica, que busca ensinar a tabela periódica aos estudantes de maneira lúdica.

Dimi – Jornada na Tabela Periódica busca fazer o aluno aprender e memorizar os 118 elementos da Tabela Periódica usando gamificação como uma forma de entretenimento educacional. O macete é que o game é bastante intuitivo e visualmente agradável graças a seus visuais 3D, permitindo imersão completa nos elementos químicos de forma lúdica. De acordo com os desenvolvedores, Dimi possui técnicas de design instrucional e foi totalmente desenvolvido para auxiliar o ensino de qualidade de modo fácil e divertido.
A dinâmica do jogo é a seguinte, o inventor da tabela periódica Dmitri Mendeleev (Dimi) está trancado na sala do último elemento. Será necessário abrir todas as portas, respondendo corretamente as questões, memorizando e aprendendo sobre os elementos para poder chegar até o Dimi e finalmente, salvá-lo.
O título conta com três modos de dificuldade e a cada jornada completa o aluno vai melhorar o seu aprendizado. Podendo observar sua performance através da pontuação. A cada resposta correta receberá um ponto, mas se a resposta for incorreta o ponto recebido será negativo.
O jogo é salvo automaticamente para que o aluno possa se focar no aprendizado e diversão e quando entrar novamente possa retomar ao seu progresso. O game permite que o aluno seja cada vez mais competitivo e busque melhorar o seu ranking no leaderboard. Dimi – Jornada na Tabela Periódica já está disponível para download gratuito através da Play Store.
Você pode conferir o trailer de Dimi abaixo:

Spotify registra aumento de 41% no consumo de playlists de videogame

Todo gamer sabe que uma parte importante da experiência de jogo é a trilha sonora. Pensando nisso, e nos hábitos das pessoas durante a quarentena do Covid-19, a Spotfy realizou um levantamento do que os jogadores estão ouvindo nessas últimas semanas.O Spotify descobriu que Lil Uzi Vert, Bad Bunny e Billie Eilish são alguns dos artistas preferidos entre os “gamers”.

Para uma análise mais detalhada, o Spotify reuniu tendências de consumo de música, como artistas, faixas e gêneros mais populares nos consoles de videogame e muito mais. Isso mostra que não necessariamente os jogadores usam seus consoles para ouvir músicas de jogos eletrônicos quando não estão jogando.

Abaixo você confere algumas das descobertas:

  • Aumento de 41% no número de streams em playlists sobre videogame com curadoria do Spotify, entre 16 de março e 12 de abril;
  • Os usuários também mudaram a hora do dia em que jogam e reproduzem as playlists em seus consoles de videogame, com um aumento de 18% na primeira manhã (das 6h às 9h) e um aumento de 10% das 9h ao meio-dia;
  • Billie Eilish foi a artista mais ouvida do Spotify nos consoles de videogame e Lil Uzi Vert foi o artista mais ouvido do sexo masculino;
  • A música “The Box”do Roddy Ricch foi a mais tocada nos consoles de videogame, seguida por “Blueberry Faygo” do Lil Mosey em segundo lugar;
  • Joe Budden Podcast com Rory & MalLast Podcast On The Left foram alguns dos podcasts mais populares que os usuários optaram por ouvir enquanto jogavam;
  • Entre os países com as taxas de streams mais altas para as playlists de música de videogame do Spotify, a Tunísia é o principal, seguido por Omã e Arábia Saudita.

Mais detalhes e outros dados estão disponíveis no post do For the Record, o blog do Spotify. Além disso, há um infográfico disponível para uso e com mais detalhes sobre o comportamento do usuário.

Nimo TV recruta novos criadores de conteúdo para Area F2

Eis a chance para quem quer embarcar no mundo de criadores de conteúdo profissional: a Nimo TV, plataforma de streaming com foco na transmissão de jogos eletrônicos está em busca de jogadores dispostos a criarem conteúdo para o game Area F2. O game ainda é desconhecido, pois está na fase beta, mas tem potencial de se tornar um dos queridinhos dos streamers mundo afora, e é justamente nisso que a Nimo TV está apostando.

A Nimo TV promoveu até o dia 15 de abril uma competição que, além de distribuir keys para jogar Area F2, premia os streamers que melhor performaram no período. E a disputa está rendendo bons resultados, já são mais de 590 streamers produzindo conteúdos e um público de mais de 205 mil pessoas assistindo as lives*.

No final, os 30 streamers que tiverem mais horas assistidas serão premiados com Google Gift Card. Já quem tiver mais horas transmitidas leva pacotes de itens raros do jogo. As lives acontecem em horários variados e dá para acompanhar acessando a página do evento no site da Nimo TV.

Os talentos da Nimo TV Mari, Replause, Maumauzk, RafãoTV, YgorX e Caverinha estão entre os streamers que já incluíram o Area F2 em suas lives diárias, quando mostram todos os detalhes e segredos do game.

Sobre o Area F2

O Area F2 é um jogo tático de tiro em primeira pessoa para mobile onde duas equipes se enfrentam, uma como agressor e outra como defensor. O objetivo do agressor é adentrar o território e plantar a bomba em um alvo determinado, enquanto o defensor deve fortificar a área e evitar que o explosivo seja armado. Outra condição de vitória é eliminar todo o time adversário.

Cada jogador pode escolher entre 20 opções de agentes que contam com diferentes habilidades e dispositivos de ataque, criando várias combinações e táticas. Dá para usar uma metralhadora, destruir paredes com flechas explosivas e até plantar minas de contato em pontos estratégicos. Mas para montar a melhor abordagem e atacar o território inimigo, o jogo permite utilizar drones para localizar alvos ou explorar o cenário, antes mesmo de começar a batalha.