DiversiGames participará do festival South by Southwest 2024, em Austin, no Texas

O projeto DiversiGames, que promove o acesso à cultura dos jogos eletrônicos para grupos minorizados, foi selecionado para participar do South by Southwest (SXSW) 2024, em Austin, Texas. O evento é considerado o maior festival de tecnologia, inovação, criatividade e cultura do mundo.

No dia 12 de março, o DiversiGames apresentará um Ignite Talk especial sobre o impacto dos jogos eletrônicos na vida de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. A apresentação será conduzida por Márcio dos Santos Correa, um jovem que foi impactado pelo projeto e hoje atua como embaixador e professor do DiversiGames.

E quem estará à frente desta apresentação mundial ao público será um dos jovens impactados pelo projeto, Márcio dos Santos Correa, de 26 anos, conhecido como Jamela, que hoje atua como embaixador e professor do DiversiGames. Nascido e criado no Engenho da Rainha, zona norte do Rio, ele viu a sua vida mudar quando teve a oportunidade de transformar o que era um divertimento em profissão, tornando-se uma referência no mundo dos games. Virou caster (narrador) em campeonatos de e-sports e atua como apresentador e roteirista no canal de TV Woohoo, especializado em games.

“Estar no SXSW 2024 para falar sobre o DiversiGames, do qual me orgulho em participar, é relembrar a minha trajetória. Se hoje falo inglês e estou aqui me comunicando com o mundo, devo às aulas que tive no projeto. Foi por meio dele que me especializei em jogos eletrônicos, me tornando jogador profissional, e hoje dou aulas para pessoas pretas e periféricas como eu, transformando a vida delas também”, conta Jamela.

Esta é a sua segunda viagem internacional: em 2023, ele esteve na Alemanha, participando da Gamescom, maior feira de games do mundo, a convite da Associação Brasileira de Desenvolvedoras de Games (Abragames) e com apoio da plataforma TikTok, para quem ele também produz conteúdo.

Considerado o maior hub de ESG e Games no Brasil, o DiversiGames possui centros de formação no Rio de Janeiro – em breve chegará a São Paulo – e oferece 170 vagas a crianças a partir de 7 anos até jovens 18 anos em oficinas de letramento digital, com cursos sobre jogos eletrônicos (Minecraft, Fortnite, League of Legends, Free Fire, entre outros), criação de conteúdo (Creator) e desenvolvimento e programação de jogos 2D (Scratch 3.0), além de aulas de inglês e reforço escolar. Os espaços são adaptados para Pessoas com Deficiência (PcD) e os cursos, com 10 meses de duração, possuem metodologia de ensino inclusiva para que todos possam participar.

O projeto conta com patrocínio da Águas do Rio e do Instituto Aegea e Enel Rio, além do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura. Tem o apoio da plataforma TikTok, do canal Woohoo e da DT3, além da parceria com a Prefeitura de Niterói.

“É uma grande honra poder apresentar ao mundo o modelo de projeto social com games que estamos fazendo no Brasil e não existe em nenhum outro lugar do mundo, com o propósito de promover a inclusão digital e ampliar o acesso de grupos minorizados ao universo dos jogos eletrônicos, tendo como objetivo transformar vidas e gerar impacto positivo”, afirma o Diretor Executivo do DiversiGames, Ricardo Chantilly, idealizador do projeto. “Também queremos estabelecer novas parcerias com ONGs e empresas que estejam alinhadas com a nossa proposta para realizar ainda mais ações de responsabilidade social. Quanto mais conexões tivermos, mais oportunidades e portas abertas serão criadas para aqueles que querem fazer parte do mundo dos games mas tem pouco ou nenhum acesso ao universo digital. Promovemos ainda mais transformação e inserção”, afirma a Diretora de Operações do DiversiGames, Mariana Uchôa.

 

Sobre o DiversiGames

O DiversiGames é um projeto de inclusão social e digital que promove o acesso à cultura gamer para grupos minorizados. O projeto oferece oficinas de letramento digital, criação de conteúdo e desenvolvimento de jogos.

O DiversiGames incentiva a criatividade dos participantes, conscientiza sobre questões sociais e gera oportunidades de trabalho e carreira aos jovens que desejam seguir no universo dos games. Para mais informações, clique no site oficial.

Desenvolvedores do Mundo Inteiro se Unem na FECAP para o Global Game Jam 2024

De 26 a 28 de Janeiro, a FECAP, no campus Liberdade, será palco do Global Game Jam, um Hackathon internacional que reúne entusiastas e profissionais do mundo dos jogos para um fim de semana de criatividade e desenvolvimento.

Durante três dias intensos, a comunidade gamer terá a oportunidade de participar desse evento único, onde a criatividade e a paixão pelos jogos se encontram. Não há requisitos para participar – seja você um iniciante ou um desenvolvedor experiente, o evento é aberto para todos.

O evento, conhecido por sua atmosfera colaborativa, oferece a chance de formar equipes, trocar ideias e criar jogos a partir do zero. Ao longo do fim de semana, os participantes poderão explorar suas habilidades de programação, design, arte, música e narrativa para dar vida a projetos inovadores.

Como participar da Global Game Jam:

  • Acesse o site da Global Game Jam.
  • Clique em “PARTICIPATE IN A JAM SITE”.
  • Crie uma conta na plataforma.
  • Acesse o endereço específico do evento: Global Game Jam na FECAP.
  • Clique em “JOIN JAM SITE” no canto superior esquerdo da página.

O Global Game Jam é uma oportunidade única de fazer parte de uma comunidade apaixonada por games, compartilhar conhecimentos e criar algo novo e empolgante em um ambiente de colaboração e diversão. Prepare-se para um fim de semana de desenvolvimento intenso e inspiração. May the game be with you!

Para mais informações, clique aqui.

Como a Nintendo incentiva o desenvolvimento de jogos

A Nintendo é uma das maiores empresas de videogames do mundo e é conhecida por seus consoles icônicos e jogos lendários, como Super Mario Bros., The Legend of Zelda e Pokémon. Mas a Nintendo também é uma das empresas mais envolvidas em incentivar a criação e programação de jogos, especialmente entre jovens e futuros desenvolvedores de jogos.

Desde a criação do Mario Maker em 2015, a Nintendo tem sido um defensor ativo da criação de jogos pelos próprios jogadores. Mario Maker permitiu que os jogadores criassem seus próprios níveis personalizados do Mario, compartilhassem esses níveis com amigos e jogadores em todo o mundo, e até mesmo vendessem seus níveis por dinheiro virtual dentro do jogo.

Além disso, a empresa japonesa também criou uma variedade de ferramentas para incentivar a criação de jogos, incluindo o Game Builder Garage. O Game Builder Garage é uma ferramenta de desenvolvimento de jogos de codificação visual que permite aos usuários criarem seus próprios jogos usando uma linguagem de programação simples e fácil de entender. O Game Builder Garage vem com uma variedade de tutoriais e desafios que ensinam aos jogadores como criar jogos completos, desde a mecânica do jogo até a arte e o som.

A BIG N também criou o Nintendo Labo, uma série de jogos interativos que ensinam os jogadores a construir e programar seus próprios controles de videogame usando cartões e peças de papelão. O Nintendo Labo inclui uma variedade de projetos diferentes, desde um piano até um robô gigante, que os jogadores podem construir e personalizar. O Nintendo Labo incentiva a criatividade e a experimentação, e ensina habilidades importantes de engenharia e programação para crianças e jovens adultos.

Por fim, a Nintendo também tem investido em iniciativas educacionais, como o programa “Nintendo Game Seminar”, que ensina a criação de jogos para estudantes universitários no Japão. A empresa também oferece bolsas de estudos e estágios para estudantes de desenvolvimento de jogos, para ajudar a apoiar e incentivar a próxima geração de desenvolvedores de jogos.

A Nintendo é uma das empresas líderes em incentivar a criação e programação de jogos, tanto por jogadores quanto por jovens desenvolvedores. Desde o Mario Maker até o Nintendo Labo e o Game Builder Garage, a Nintendo tem criado uma variedade de ferramentas para tornar a criação de jogos mais acessível e divertida para todos. Com iniciativas educacionais e bolsas de estudo, a Nintendo está ajudando a cultivar a próxima geração de desenvolvedores de jogos, garantindo um futuro brilhante para a indústria de jogos.

Texto por: Fernando Paixão Rosa