DiversiGames participará do festival South by Southwest 2024, em Austin, no Texas

O projeto DiversiGames, que promove o acesso à cultura dos jogos eletrônicos para grupos minorizados, foi selecionado para participar do South by Southwest (SXSW) 2024, em Austin, Texas. O evento é considerado o maior festival de tecnologia, inovação, criatividade e cultura do mundo.

No dia 12 de março, o DiversiGames apresentará um Ignite Talk especial sobre o impacto dos jogos eletrônicos na vida de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. A apresentação será conduzida por Márcio dos Santos Correa, um jovem que foi impactado pelo projeto e hoje atua como embaixador e professor do DiversiGames.

E quem estará à frente desta apresentação mundial ao público será um dos jovens impactados pelo projeto, Márcio dos Santos Correa, de 26 anos, conhecido como Jamela, que hoje atua como embaixador e professor do DiversiGames. Nascido e criado no Engenho da Rainha, zona norte do Rio, ele viu a sua vida mudar quando teve a oportunidade de transformar o que era um divertimento em profissão, tornando-se uma referência no mundo dos games. Virou caster (narrador) em campeonatos de e-sports e atua como apresentador e roteirista no canal de TV Woohoo, especializado em games.

“Estar no SXSW 2024 para falar sobre o DiversiGames, do qual me orgulho em participar, é relembrar a minha trajetória. Se hoje falo inglês e estou aqui me comunicando com o mundo, devo às aulas que tive no projeto. Foi por meio dele que me especializei em jogos eletrônicos, me tornando jogador profissional, e hoje dou aulas para pessoas pretas e periféricas como eu, transformando a vida delas também”, conta Jamela.

Esta é a sua segunda viagem internacional: em 2023, ele esteve na Alemanha, participando da Gamescom, maior feira de games do mundo, a convite da Associação Brasileira de Desenvolvedoras de Games (Abragames) e com apoio da plataforma TikTok, para quem ele também produz conteúdo.

Considerado o maior hub de ESG e Games no Brasil, o DiversiGames possui centros de formação no Rio de Janeiro – em breve chegará a São Paulo – e oferece 170 vagas a crianças a partir de 7 anos até jovens 18 anos em oficinas de letramento digital, com cursos sobre jogos eletrônicos (Minecraft, Fortnite, League of Legends, Free Fire, entre outros), criação de conteúdo (Creator) e desenvolvimento e programação de jogos 2D (Scratch 3.0), além de aulas de inglês e reforço escolar. Os espaços são adaptados para Pessoas com Deficiência (PcD) e os cursos, com 10 meses de duração, possuem metodologia de ensino inclusiva para que todos possam participar.

O projeto conta com patrocínio da Águas do Rio e do Instituto Aegea e Enel Rio, além do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, e do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura. Tem o apoio da plataforma TikTok, do canal Woohoo e da DT3, além da parceria com a Prefeitura de Niterói.

“É uma grande honra poder apresentar ao mundo o modelo de projeto social com games que estamos fazendo no Brasil e não existe em nenhum outro lugar do mundo, com o propósito de promover a inclusão digital e ampliar o acesso de grupos minorizados ao universo dos jogos eletrônicos, tendo como objetivo transformar vidas e gerar impacto positivo”, afirma o Diretor Executivo do DiversiGames, Ricardo Chantilly, idealizador do projeto. “Também queremos estabelecer novas parcerias com ONGs e empresas que estejam alinhadas com a nossa proposta para realizar ainda mais ações de responsabilidade social. Quanto mais conexões tivermos, mais oportunidades e portas abertas serão criadas para aqueles que querem fazer parte do mundo dos games mas tem pouco ou nenhum acesso ao universo digital. Promovemos ainda mais transformação e inserção”, afirma a Diretora de Operações do DiversiGames, Mariana Uchôa.

 

Sobre o DiversiGames

O DiversiGames é um projeto de inclusão social e digital que promove o acesso à cultura gamer para grupos minorizados. O projeto oferece oficinas de letramento digital, criação de conteúdo e desenvolvimento de jogos.

O DiversiGames incentiva a criatividade dos participantes, conscientiza sobre questões sociais e gera oportunidades de trabalho e carreira aos jovens que desejam seguir no universo dos games. Para mais informações, clique no site oficial.

TikTok transmite ao vivo a liga feminina de CS: GO

O TikTok começa a investir pesado nos eSports! Prova disso é que o aplicativo fez sua estreia na transmissão da Grrrls League, primeira liga feminina de CS: GO do Brasil e maior liga do mundo, que pagará uma premiação de R﹩ 200 mil – a maior já oferecida para o universo no país.

A liga criada pela GameXP, maior evento de games da América Latina, com o objetivo de fomentar e profissionalizar o cenário feminino dos eSports, fechou parceria inédita com a plataforma e não só terá as partidas transmitidas ao vivo, como terá na programação seu time de casters e as jogadoras dos times participantes no seu feed, com vídeos e brincadeiras.

“O TikTok inspira diversidade, é orientado pela inovação e tem como missão levar alegria e diversão para públicos de diferentes interesses. Essa parceria confirma o nosso propósito de democratizar o acesso a conteúdos de qualidade que possam fazer a diferença para a nossa comunidade”, afirma Rafaela Furtado, diretora de Parcerias Estratégicas do TikTok na América Latina.

A estreia da Grrrls League aconteceu no dia 1º de fevereiro. As meninas dos times MIBR/W7M e Black Dragons/Soberano arrasaram numa transmissão que durou mais de 6 horas e foi vista por quase 250 mil pessoas. A fase de grupos, que conta ainda com as equipes Havan Liberty e Fúria, acontece nos dias 1, 2, 8, 9 e 15 de fevereiro, e os playoffs serão nos dias 23 e 24 do mesmo mês. Todas as partidas podem ser vistas no perfil da Game XP (@gamexpoficial) no TikTok.