Top 7: melhores jogos do Mega Drive (Genesis)

O Mega Drive, conhecido como Genesis nos Estados Unidos, foi um console que marcou uma geração e trouxe alguns dos melhores jogos da história dos videogames. Lançado em 1988 no Japão e em 1989 na América do Norte, o Mega Drive rapidamente conquistou os corações dos gamers com seu hardware poderoso, gráficos vibrantes e uma biblioteca de jogos inesquecíveis. A Sega, sua criadora, não só competiu de igual para igual com a Nintendo, mas também estabeleceu uma legião de fãs que ainda hoje celebram suas obras-primas. Vamos embarcar em uma viagem nostálgica e explorar os sete melhores jogos desse console inesquecível, que continuam a ser reverenciados por sua inovação e diversão atemporal.

Videogame Portátil com 15 Mil jogos (64GB)https://amzn.to/4dMespD

1. Sonic the Hedgehog 2 (1992, Sega)

“Sonic the Hedgehog 2” é a sequência eletrizante do já clássico “Sonic the Hedgehog”. Lançado em 1992 pela Sega, este jogo apresentou ao mundo o carismático Tails, o parceiro de Sonic. Juntos, eles enfrentam o maligno Dr. Robotnik em uma aventura cheia de velocidade e adrenalina. Com fases vibrantes e trilhas sonoras inesquecíveis, o jogo elevou o padrão dos jogos de plataforma.

O que torna “Sonic the Hedgehog 2” um dos melhores jogos do Mega Drive é seu design impecável. As fases são criativas e desafiadoras, os gráficos coloridos e detalhados são um deleite para os olhos e a trilha sonora, composta por Masato Nakamura, é um espetáculo à parte. Este jogo não só consolidou a popularidade de Sonic, mas também estabeleceu um novo patamar para os jogos de plataforma da época.

2. Streets of Rage 2 (1992, Sega)

“Streets of Rage 2”, lançado pela Sega em 1992, é um beat ‘em up que definiu o gênero. A história segue os heróis Axel, Blaze, Max e Skate enquanto eles lutam para derrubar o sinistro sindicato do crime liderado por Mr. X. Com gráficos detalhados, jogabilidade fluida e uma trilha sonora marcante de Yuzo Koshiro, este jogo se tornou um clássico instantâneo.

O que destaca “Streets of Rage 2” é sua combinação perfeita de ação intensa e música eletrônica pulsante. Cada personagem tem habilidades únicas, permitindo diferentes estilos de jogo. Além disso, o modo cooperativo ofereceu aos jogadores a oportunidade de unir forças com amigos, tornando a experiência ainda mais envolvente e divertida.

3. Castlevania: Bloodlines (1994, Konami)

“Castlevania: Bloodlines”, lançado pela Konami em 1994, traz a icônica série para o Mega Drive com uma nova história e personagens. Jogadores podem escolher entre John Morris e Eric Lecarde, cada um com suas próprias habilidades, para enfrentar as forças das trevas e impedir a ressurreição de Dracula. A ambientação gótica e a trilha sonora atmosférica criam uma experiência verdadeiramente imersiva.

O jogo se destaca não só pela sua jogabilidade sólida, mas também pelos impressionantes gráficos e design de nível. “Bloodlines” trouxe novos elementos para a série, como a capacidade de escolher diferentes caminhos nas fases, aumentando o fator replay. É um exemplo perfeito de como a Konami conseguiu inovar dentro de uma franquia já estabelecida.

4. Shining Force II (1993, Sega)

“Shining Force II” é um dos RPGs táticos mais amados do Mega Drive. Lançado pela Sega em 1993, ele continua a história do reino de Granseal, onde o jovem herói Bowie deve reunir uma força para combater um antigo mal despertado. O jogo combina elementos de exploração, batalhas estratégicas em turnos e uma narrativa envolvente.

Os gráficos coloridos e detalhados, juntamente com a música cativante, criam um mundo rico e vibrante. A profundidade tática das batalhas e o desenvolvimento dos personagens tornam cada encontro significativo. “Shining Force II” não só cativou os fãs de RPGs, mas também definiu um padrão de qualidade para o gênero no Mega Drive.

5. Gunstar Heroes (1993, Treasure)

Lançado pela Treasure em 1993, “Gunstar Heroes” é um shooter de plataforma que rapidamente se tornou um clássico cult. O jogo segue os irmãos Gunstar, Red e Blue, em uma missão para impedir um tirano de dominar o mundo usando uma série de artefatos poderosos. Com uma jogabilidade frenética e cooperação em tempo real, é uma aventura inesquecível.

“Gunstar Heroes” é celebrado por seus gráficos vibrantes, animações fluidas e design de nível inovador. A capacidade de combinar diferentes tipos de armas para criar novos ataques adiciona uma camada extra de estratégia. O ritmo acelerado e os chefes criativos mantêm os jogadores engajados do início ao fim.

6. Phantasy Star IV: The End of the Millennium (1993, Sega)

“Phantasy Star IV: The End of the Millennium” é um RPG que conclui a épica saga de Phantasy Star. Lançado pela Sega em 1993, o jogo segue os aventureiros Chaz e Alys em uma missão para salvar o sistema solar Algol de uma ameaça antiga. Com uma narrativa rica, personagens bem desenvolvidos e gráficos impressionantes, este jogo é uma obra-prima do gênero.

A jogabilidade combina exploração e batalhas em turnos com uma interface intuitiva e visualmente atraente. A música, composta por Izuho Numata, complementa perfeitamente a atmosfera do jogo. “Phantasy Star IV” não só entregou uma conclusão satisfatória para a série, mas também elevou o nível dos RPGs no Mega Drive.

7. Altered Beast (1988, Sega)

“Altered Beast” é um dos títulos mais icônicos do Mega Drive, lançado pela Sega em 1988. O jogo coloca o jogador no papel de um guerreiro ressuscitado por Zeus, que deve resgatar a deusa Atena das garras de Neff, o senhor do submundo. A transformação do protagonista em várias criaturas poderosas é o ponto alto do jogo, oferecendo uma jogabilidade única e empolgante.

Apesar de seus gráficos simples, “Altered Beast” impressionou com seus sprites grandes e detalhados para a época. A trilha sonora e os efeitos sonoros imersivos, como o famoso “Rise from your grave”, ficaram gravados na memória dos jogadores. A inovação e a atmosfera mitológica garantem a este jogo um lugar especial na história do Mega Drive.

Videogame Portátil com 15 Mil jogos (64GB)https://amzn.to/4dMespD

Activision anuncia torneio de Call of Duty : Mobile com mais de US$ 1 milhão em prêmios

Eis a chance de ganhar muito dinheiro enquanto joga videogame: a Activision, em colaboração com a Sony Mobile acaba de anunciar que o torneio Call of Duty: Mobile World Championship 2020 começará online no dia 30 de abril. Os jogadores de Call of Duty: Mobile com ranking veterano ou mais alto no Multijogador terão a chance de competir para ganhar prêmios de esports cosméticos e em dinheiro. O torneio terá mais de 1 milhão de dólares em prêmios, patrocinados pela Sony Mobile. Este é sem dúvidas um dos maiores torneios para jogos mobile já realizados.

“Estamos muito empolgados para lançar o nosso muito antecipado torneio competitivo de Call of Duty: Mobile,” disse Chris Plummer, vice-presidente de mobile da Activision. “Como a nova evolução das Partidas Ranqueadas favoritas dos fãs, este formato de torneio dá aos jogadores elegíveis de Call of Duty: Mobile a chance de competir com jogadores do mundo todo por dinheiro e prêmios”.

Para participar do torneio é necessário estar elegível. Para isso, é necessário possuir mais de 18 anos, residir em um país elegível e ter rank Veterano ou maior. Jogadores devem estar em ordem com qualquer conta de Call of Duty registrada para aquele jogador, sem violações pendentes ou ocultas. Call of Duty: Mobile está disponível gratuitamente para Android e iOS. O torneio começará online no dia 30 de abril em muitos países ao redor do mundo. Você pode conferir as regras do campeonato aqui.

Conheça Warfield, o primeiro game da produtora indie Codematic Systems

Já imaginou um shooter em 2D com a pegada de um típico FPS com foco online, para mobile? Pois é exatamente essa a premissa de Warfield, o jogo desenvolvido pelo estúdio indie Codematic Systems de Londres, na Inglaterra. Aqui os jogadores embarcam em disputas multiplayer onde o objetivo é destruir os adversários utilizando-se das mais poderosas armas e estratégias possíveis.

Warfield tem ambientação num mundo futurista, onde soldados trajados em poderosas armaduras e municiados das mais poderosas armas possíveis devem eliminar o time rival e tomar conta do cenário. Aparentemente, os desenvolvedores buscaram inspiração em jogos de tiro futuristas como Halo ou Call of Duty, porem com um ambiente 2D todo pensado para jogar no celular.

O título oferece aos jogadores um grande arsenal, de modo que o jogador fica livre para escolher entre as mais de 20 armas disponíveis no arsenal. Você pode utilizar pistolas, espingardas, rifles, granadas e muito mais. Tudo isso utilizado para destruir os seus adversários nos 2 modos que o jogo oferece.

Até o momento, Warfield conta com três classes de heróis disponíveis, sendo que cada uma conta com habilidades especiais únicas para tornar as batalhas mais eletrizantes e únicas. Dificilmente um embate será igual ao outro, mas não pense que os combates são definidos pela sorte: quanto mais treinado seu time for, maior a probabilidade de vitória!

Warfield permite que até seis jogadores entrem nos 3 mapas disponíveis. De acordo com a produtora, há dois modos de jogo e 126 níveis diferentes. A expectativa é que o game receba atualizações frequentes e que a comunidade esteja sempre ativa nas redes mobile. O game já está disponível para as plataformas Android e iOS. Mais informações aqui.

Abaixo você confere o trailer de Warfield: