Decode destrincha o sucesso de Among Us

Com certeza você já ouviu falar de Among Us, um game com uma pegada “detetivesca”, que coloca um grupo de jogadores para realizar missões em uma nave espacial, porém com o desafio de ter um jogador sabotador. Cabe aos demais jogadores descobrir quem é o impostor antes que toda a missão espacial seja fracassada. O título virou febre nos últimos meses ao redor do mundo e não por acaso, já é estudado por empresas de análises, como a Decode, empresa de Data Analytics e Performance Marketing. E é sobre isso que vamos falar hoje.

Os brasileiros entraram com tudo na onda do game – dos mais de 100 milhões de downloads, o Brasil já é responsável por mais de 17 milhões. O infográfico produzido pela Decode revela que a procura por Among Us aumentou em 5.900% entre os meses de agosto e setembro, quando o jogo ficou realmente famoso, ainda que tenha sido lançado há dois anos. No YouTube, existem 5.934 vídeos sobre o jogo, apenas no Brasil – publicados entre janeiro e outubro deste ano.

Top downloads – No início de setembro, Among Us ocupava a 12ª posição dos jogos mais baixados na App Store Brasil, mas em apenas 10 dias o jogo subiu 11 posições e conquistou o 1º lugar de jogos mais baixados. Na Play Store, o jogo ocupa a 2a posição no ranking, sendo que atualmente tem 1,2 milhões de usuários ativos, número que aumentou em 1.363% em relação a agosto.

Para Lucas Fontelles, Head de Consumer Insights da Decode, o sucesso de Among Us mostra como os jogos se impuseram no debate público. “Há anos a indústria de games gera mais receita do que Hollywood e, comparativamente, ocupava um espaço muito menor na mídia e nas redes. Hoje já não é o jogo que se torna popular porque o influenciador fala dele, ao contrário, Felipe Neto e Neymar jogam porque o jogo se popularizou”, analisa.

Abaixo você pode conferir alguns dados no infográfico:

SOS – Jogo de sobrevivência da Outpost Games coloca 16 jogadores em uma ilha repleta de armas

Hoje vamos falar do ambicioso projeto do estúdio Outpost Games, empresa formada por ex-membros da EA, Youtube e Twitch. Chamado SOS, o game é um multiplayer de sobrevivência com temática de reality shows. Como assim? Bom, basicamente os 16 jogadores participam de um reality show em que o único objetivo é fugir com vida da ilha La Cuna. Cada um dos jogadores é acompanhado pelas câmeras de um estranho reality show acompanhado ao vivo pelo grande público através de streaming.

Os espectadores podem enviar feedback em tempo real aos jogadores e influenciar seu gameplay. Se os jogadores conseguirem entreter a multidão, eles podem se tornar famosos e a estrela do show – e isso pode significar a diferença entre viver e morrer na ilha de La Cuna. Os fãs podem assistir às melhores partidas e interagir com seus participantes favoritos em no site especial.

SOS tem uma dinâmica de jogo parecida com o fenômeno PUBG, ou seja, vários jogadores são jogados em um ambiente comum e devem disputar entre si. No caso, a disputa é por uma das três vaga de um helicóptero que vai deixar a ilha. Ou seja, você pode formar aliança com outros players ou simplesmente ataca-los indiscriminadamente para assegurar sua sobrevivência.

Para escapar da ilha os jogadores precisam encontrar pelo menos uma das três relíquias escondidas nas ruínas de uma ilha misteriosa e seguir em direção ao helicóptero. Por toda parte os jogadores encontrarão armamentos, armas de fogo e outros equipamentos para submeter os adversários, mas vencer não é tão simples quanto parece. Para escapar da ilha, os participantes terão de usar o poder de suas vozes e personalidades para criar laços e formar grupos com os outros participantes. Apenas 3 dos 16 jogadores conseguirão escapar com vida no helicóptero.

SOS foi lançado já com uma grande atualização, que inclui o Modo Noturno, que coloca os jogadores em partidas noturnas. Neste modo os jogadores recebem uma lanterna logo no início, que ajuda na visibilidade do terreno, porém ao usá-la indiscriminadamente pode revelar sua posição aos inúmeros adversários. Nem precisa dizer que neste modo é preciso muito cuidado e estratégia para sobreviver. Os jogadores podem adquirir SOS diretamente pela página oficial do jogo na Steam por R$ 28,99.

Abaixo tem um trailer de SOS:

Vainglory ganha modo 5V5 e novas parcerias para a temporada 2018

Se você é um dos milhares de aficionados pelo Vainglory, prepare-se para encarar combates ainda mais ferrenhos graças a mais recente atualização do jogo, que permite que até dez jogadores se enfrentem em batalhas de 5V5, modalidade que passa a ser vigente para todos os campeonatos oficiais do jogo.

Disponível desde o dia 13, o novo modo de jogo é o carro chefe para a temporada inaugural da Vainglory Premier League – antiga Vainglory8 – que inicia no mês de junho. A temporada regular seguirá uma pré-temporada prolongada, para dar às organizações profissionais a oportunidade para a transição e expansão de suas equipes do modo 3V3 para o 5V5.

De acordo com a Super Evil Megacorp, a Vainglory Premier League terá uma alteração em sua estrutura e cronograma, passando para partidas em rodadas duplas, com eliminatórias de meio e de final de temporada, juntamente com um único torneio de promoção. Além disso, os campeonatos regionais qualificarão times para o Campeonato Mundial do jogo.

Outras novidades envolvendo o Vaingloy são as duas parcerias que a Super Evil Megacorp firmaram para tornar o game ainda maior e mais conhecido. O primeiro deles foi com a ESP Gaming, principal empresa de conteúdo de jogos competitivos do mundo com experiência na produção de eventos de escala mundial, incluindo as Olimpíadas, X Games, NFL e Série Mundial de Pôquer (World Series of Poker). A intenção é que Vainglory seja o principal eSport para dispositivos móveis da ESP. “Aproveitaremos nossa vasta experiência com esportes ao vivo e em games para criar o melhor conteúdo de eSports para uma das bases de fãs mais apaixonadas de todos os jogos”, disse Jeff Liboon, presidente da ESP Gaming.

A outra parceria é com a Razer, proeminente produtora de hardware, software e sistemas para games. Este acordo é para combinar o jogo com seus dispositivos e periféricos. “As duas companhias compartilham uma crença comum de que os games têm um grande futuro na plataforma móvel”, afirma Tom Moss, Gerente Geral e Vice-Presidente da área Mobile da Razer. “O grande desempenho de Vainglory, a precisão do jogo e seus gráficos deslumbrantes são destacados no Razer Phone”.