CYBER HERO – Vivo Keyd lança game que busca transformar o mundo jogando

A Vivo Keyd irá lançar nesta sexta-feira seu segundo jogo para dispositivos mobile. De acordo com a companhia, CYBER HERO. O título é fruto de uma parceria inédita com o app Ribon, plataforma online que viabiliza doações para causas humanitárias por meio de recompensas. A ideia é que o novo jogo tenha toda a sua renda revertida em prol de causas humanitárias.

Com temática cyberpunk, CYBER HERO terá gráficos em pixel art, o que deve agradar os retro-players. Um dos grandes destaques do game é que os cyberatletas da Vivo Keyd fazem participação no game como personagens jogáveis, incluindo dublagem.

“Acreditamos que doar faz bem, mas hoje, as doações não estão conectadas com a rotina das pessoas, principalmente as mais jovens. Com a parceria Ribon + Keyd Studio, desenvolvemos mais uma forma de estimular o hábito de boas ações, dessa vez especificamente com o público gamer por meio de um jogo mobile. O jogador do CYBER HERO vai coletar ribons durante as fases do jogo, que são moedas que podem ser utilizadas dentro do jogo para fazer doações para pessoas reais. Ao atingir o número específico de ribons, o jogador pode escolher qual projeto que vai receber a doação. Somente por jogar já é possível ajudar quem precisa, mas dentro do jogo é possível doar do próprio bolso também e ajudar ainda mais.” Explica Rafael Rodeiro, CEO Ribon.

Além da possibilidade de engajamento com as doações, CYBER HERO conta ainda com skins e dublagem de alguns jogadores da Vivo Keyd. Os fãs vão poder jogar e ouvir as vozes de Matheus Ueta, Professor, Nosferus e Turtle.

“A ideia de colocar nossos atletas como heróis no game é uma forma de aproximar a organização dos nossos fãs e torcida. Desta forma, todos que baixarem o jogo poderão sentir-se como um de nossos guerreiros e ajudar a salvar o mundo no game e agora também, fora dele” declarou Tiago Xisto, CEO da Vivo Keyd.

Em CYBER HERO os heróis precisarão de rapidez para desbloquear mistérios, coletar moedas e combater os ninjas do mal para salvar o mundo no menor tempo possível. A princípio serão mais de 20 fases com muita ação e diversão. CYBER HERO chega com download gratuito para Android e iOS já nesta sexta-feira e conta com um vídeo de divulgação intitulado #MaisQueUmJogo que tem como objetivo principal incentivar o download e o engajamento da comunidade.

ENEFN: conheça o jogo indie brasileiro de terror em pixel art

Hoje vamos falar de um jogo indie brasileiro de terror com visuais em pixel art bastante caprichado. Desenvolvido pelo desenvolvedor Theago Liddell, ENEFN coloca o jogador para explorar uma escola que está ocupada por estranhas criaturas. Para resolver o mistério é necessário visitar as salas de aula, banheiros e falar com outros alunos, que não podem mais se locomover pelos escuros ambientes da escola. Os inimigos em ENEFN vagam pelos corredores e salas abandonadas enquanto você deve completar missões, desvendar segredos e encontrar itens para progredir na estória. Todo este esforço para buscar sua liberdade ou o entendimento. Desvendar os mistérios da escola é primordial para conseguir sobreviver e escapar junto dos outros alunos. A jogabilidade é bastante simples, lembrando os clássicos da era 16 bits. Um dos elementos mais interessantes é que em determinados momentos o jogador deve se fingir de morto para fugir dos inimigos. Sim, este game possui elementos de survival horror. É importante frisar que o enredo contém cenas perturbadoras, e pode não ser adequado para crianças ou pessoas que são assustadas facilmente. De acordo com Liddell, o game possui fortes inspirações nas escolas que ele frequentou na infância.

“Confesso que não vai ser o game mais alto astral que você verá, não está recheado de felicidade e nem coberto de alegria, mas comecei com sinceridade, então acho que começamos bem”, disse Theago Liddell.

ENEFN está em fase de campanha de Crowdfunding pelo site Kickstarter, de modo que está planejado para lançar para PCs e smartphones iOS / Android. A meta para que o game saia do papel é de US$ 300, contando com localização em 8 idiomas: Português, Inglês, Espanhol, Alemão, Francês, Japonês, Chinês e Russo. Você pode conferir mais informações na página da Steam e no Kickstarter. A previsão de lançamento é julho de 2020

Abaixo você confere o trailer de ENEFN:

Masmorra da Tortura – desenvolvedores fazem caricatura dos jogadores e os inserem dentro do mundo do game durante a CCXP

Masmorra da Tortura é o jogo feito sob medida para você que quer ser um herói de videogame. Criado pelos alunos Raul Tabajara e Monique Moon, e orientado pelos professores Alvaro Gabriele Rodrigues e Rosana del Picchia Nogueira da Fatec Carapicuíba, o game foi uma das atrações da Comic Con Experience 2017. Tudo porque durante o evento os criadores faziam caricaturas dos visitantes em tempo real e os inseria dentro do game.

Mamorra da Tortura remonta à época clássica dos videogames dos anos 1990, no estilo beat ‘em up – em que o protagonista avança pelo cenário combatendo com socos e pontapés os inimigos que vão surgindo. O grande barato é que o título tem visuais em pixel art e os cenários remontam a quadrinhos. Durante a progressão, por exemplo, os inimigos são literalmente desenhados na sua frente.

“O diferencial não está no formato e sim na possibilidade de você jogar com a sua caricatura representando o herói da trama”, explica Raul. O estudante conta que a ideia surgiu com o sucesso das ilustrações que ele fazia de colegas da Fatec. “Como a Monique também sabe desenhar com pixel art, pensamos em preparar um jogo que trouxesse uma experiência única e personalizada”, afirma.

Além de ter a possibilidade de ganhar um avatar próprio no game, os visitantes da CCXP recebiam de brinde um link para jogar depois, com a possibilidade de postar suas versões nas redes sociais. “Eles tiveram a ideia de unir arte e entretenimento em uma proposta simples e inovadora, revelando um novo segmento de negócio”, disse Alvaro Gabriele, coordenador do curso e orientador do projeto.

O Masmorra da Tortura funciona em computadores, tablets, smartphones e qualquer outro aparelho conectado à internet. Há uma versão na web totalmente gratuita para testes. Para jogar clique aqui.

Abaixo tem o trailer de Masmorra da Tortura: