KINGDOM HEARTS Orchestra –World of Tres: novo concerto sinfônico chega pela primeira vez à América Latina

Kingdom Hearts é considerada uma das franquias mais bem sucedidas de história recente da Square-Enix, um fato inegável. Um dos aspectos mais interessantes de toda a franquia é sua trilha sonora emocionante, repleta de temas da Disney com uma roupagem orquestrada. Quem curte os temas dessa amada franquia, poderá acompanhar o espetáculo KINGDOM HEARTS –World of Tres-, um show totalmente novo que está em turnê pelo mundo agora e vai passar pela cidade de São Paulo no dia 02 de novembro, no Espaço das Américas, em SP.

O espetáculo foi produzido e criado pelo diretor Tetsuya Nomura e vai incluir vídeos dos três jogos. Além disso, o concerto musical foi elaborado pelos criadores da trilha sonora de KINGDOM HEARTS, os lendários compositores Yoko Shimomura, Takeharu Ishimoto e Tsuyoshi Sekito. O show apresenta, pela primeira vez no palco, versões orquestradas das novas canções tema criadas por Hikaru Utada, “Face My Fears” e “Don’t Think Twice”, e novos arranjos de “Dearly Beloved” e “Simple and Clean.

A primeira metade do concerto é dedicada ao enredo, jogo por jogo, e é finalizada com a poderosa sequência do chefe “Diabolic Bash”, que apresenta muitas das famosas canções tema de toda a saga com novos arranjos musicais ainda mais impressionantes. A segunda metade do concerto está voltada para o desfecho épico e intenso da saga: KINGDOM HEARTS III. O show tem mais de duas horas e revive o enredo do começo ao fim.

Os ingressos para Kingdom Hearts – World of Tres estão disponíveis pelo site do Uhuul e nos postos de venda Bilheteria do Teatro Bradesco e Bilheteria do Teatro Opus. A promessa é de que os visitantes terão uma noite inesquecível.

 

Serviço – Kingdom Hearts – World of Tres

Quando: 02/11/2019 às 20:00

Onde: Espaço das Américas – Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda, São Paulo/SP

Ingressos: https://uhuu.com/evento/sp/sao-paulo/kingdom-hearts-orchestra-world-of-tres-6863

BGS 2018 – Veja porquê você deve conferir a demo de Kingdom Hearts 3

Um dos jogos mais aguardados da última década é Kingdom Hearts 3. A franquia da Square-Enix foi uma das que mais cativaram a comunidade na era 128 bits e o segundo jogo (também para PS2) melhorou muito a fórmula de RPG de ação. Não por acaso, a terceira entrada da franquia parecia tão certa quanto qualquer novo Final Fantasy, entretanto, Tetsuya Nomura deixou o projeto de lado para se dedicar a spin-offs e em Final Fantasy. Eis o momento de ver como será a terceira entrega da franquia.

A demo possui duas fases, uma no universo de Toy Story e outra no universo de Hércules. A primeira você deve liderar Woody e sua turma até a loja de brinquedos e lá você combater heartless-robôs utilizando um robô. O trajeto é repleto de muita ação onde logo se percebe que as mecânicas de combate foram reaproveitadas e melhoradas. O jogo apela bastante para a nostalgia de quem cresceu jogando os dois primeiros games.

A boa notícia: câmera (inimiga de muita gente), agora não é tão atrapalhada nos momentos de hordas de inimigos. Isso ocorre porque o Lock -on não fica doido quando se está enfrentando muita gente. Por falar nisso, a quantidade de inimigos é bem grande e já torcemos para ver uma nova “luta contra mil”, de Kingdom Hearts 2.

A parte negativa é que o velho menu de selecionar magias e itens contínua com a necessidade de interromper as ações para que sejam feitas as utilizações destes elementos através dos direcionais e isso acaba atrapalhando a ação. Parece que a Square-Enix não quis mexer demais na estrutura de jogo, ainda que atualmente existam soluções mais eficazes.

A segunda fase baseada em Hércules você enfrenta um grande boss de pedra. Lembra do Titã de pedra? Pois bem, aqui temos uma ótima homenagem à cena clássica do filme. O combate é cheio de tensão devido a altura do inimigo e você usufrui de diversas habilidades para enfrentá-lo. O destaque maior sem dúvidas é a montanha-russa.

O visual dos dois cenários são verdadeiros colírios para os olhos, cheios de cor e com muitos efeitos visuais. E não é por menos: a  Square-Enix está utilizando a Unreal Engine 4 na produção. Espere ambientes e visuais tão embasbacantes quanto o ótimo Final Fantasy XV, com uma melhor fluidez.

A demo de Kingdom Hearts 3 apresentada na BGS é a mesmíssima apresentada em outros eventos, como E3 e Tokyo Game Show. Então não chegam a ser algo realmente inédito, porém ela servirá bem para mostrar aos fãs brasileiros que o jogo finalmente sairá do limbo criativo.

Quanto ao enredo, nada! A demo de Kingdom Hearts 3 esconde eficientemente qualquer coisa relacionada à história. A estratégia é evitar spoilers, ao mesmo tempo que deixa o trem do hype seguir seu caminho. Somente o tempo dirá se a combinação desta boa jogabilidade será com uma excelente história, espero que sim.

Se você estiver na BGS 2018, não deixe de conferir essa belíssima demo. Mais informações sobre a BGS aqui.

Texto: Victor Cândido

Abaixo tem um trailer de Kingdom Hearts 3:

Jogo oficial Final Fantasy Awakening mobile chega ao Brasil em português

Essa é para os fãs de Final Fantasy que estavam esperando por novidades. A Square-Enix, em parceria com o estúdio Oasis Games, acaba de lançar o jogo Final Fantasy Awakening para Android e iOS. O game segue a premissa de outros jogos da própria franquia, sendo um RPG de ação 3D com o mesmo estilo visual, narrativa, e sistema de combate consagrados da popular franquia.

O título conta com batalhas em tempo real a fim de dar maior dinamismo aos combates. O jogador precisará pensar estrategicamente para saber os melhores momentos para usar as habilidades especiais dos personagens, que são os 14 guerreiros originais de Final Fantasy Type-0. Cada herói possui conjuntos de habilidades e características de combate únicas.

De acordo com a Square-Enix, a formação de guerreiros segue o esquema 1+2+2. Isso significa que o jogador terá um personagem principal, e poderá alterar dois personagens conforme os combates exigirem. Isso representa um elemento tático que deve ser levado em conta, dependendo de cada adversário.

Os gamers podem até invocar os Eidolons, os deuses da guerra, em combate. Eidolons, como Ifrit, Shiva, Odin e Bahamut, são criaturas colossais e extremamente poderosas, características da série Final Fantasy, que podem alterar o curso dos combates.

A fim de agarrar os jogadores brasileiros, a produtora vai garantir suporte em português, além de facilitar as formas de pagamento ingame através dos sistemas do BoaCompra e do PagSeguro. O título é gratuito para jogar, mas possui venda de itens na loja dentro do jogo.

Como não poderia deixar de ser, Final Fantasy Awakening ainda conta com cenas cinemáticas de alta qualidade, e com o elenco de dubladores japoneses originais de Final Fantasy Type-0. Incluindo Hanazawa Kana (Deuce), Kaji Yuuki (Ace), Nakamura Yuuichi (Trey), e vários outros seiyuus de destaque. Com isso, o jogo oferecerá a mais imersiva experiência para todos os jogadores.

O jogador poderá usar os 14 heróis Class Zero, diretamente do Final Fantasy Type-0 original, e mais alguns heróis inéditos. Alguns desses ‘Demônios Vermelhos’ incluem Ace, armado com um baralho de cartas; Deuce, conhecida como “A Voz da Cura”, que ataca os inimigos com a música de sua flauta; Rem, “Lâminas da Sombra”, que usa duas adagas para dilacerar os oponentes; e vários outros. Disponível para Android e iOS.

Abaixo tem um trailer de Final Fantasy Awakening: