PUC-SP abre curso de extensão de Escape Rooms na Educação

Quer abrir seu próprio negócio e gosta de escape rooms? Pois bem, a PUC de São Paulo acaba de abrir um curso de extensão totalmente remoto chamado “Escape Rooms: Criando Experiências Educacionais Imersivas”, ministrado pelos professores Profa. Me. Fabiana Raulino e Prof. Gabriel da Silva Bruno, que visa apresentar formas de criar experiências imersivas e pervasivas através de escape rooms digitais e físicos, explorando diversas técnicas, modelos, ferramentas, narrativas, tecnologias e estratégias criativas para serem aplicadas em qualquer contexto voltado à formação de pessoas na educação formal e não-formal.

De acordo com a PUC-SP, o curso apresenta objetivos pedagógicos claros para aplicação da gamificação como estratégia educacional. Assim, os alunos matriculados contam com um pacote de arquivos para download com imagens, efeitos sonoros, ambientes 360º, entre outros arquivos e materiais de apoio como frameworks e canvas para planejamento de Escapes.

Objetivos do curso

      • Compreender os elementos e dimensões da gamificação e como utilizar a gamificação como estratégia educacional;
      • Vivenciar a construção de um escape room, do planejamento à avaliação, explorando diferentes elementos com a intencionalidade voltada ao desenvolvimento de competências;
      • Experimentação de diferentes estratégias e ferramentas para criação de narrativas, ambientes e desafios;
      • Utilizar diferentes frameworks que proporcionem experiências educacionais que possam ser replicadas em comunidades de aprendizagem

 

Entre os principais diferenciais do curso é sua abordagem na gamificação; um mural colaborativo de ferramentas digitais que podem ser (re)utilizadas em diversos contextos; Curadoria e compartilhamento de artigos, referências e outros materiais de estudo; utilização de exemplos de escapes físicos e digitais para troca de experiências e impressões em diferentes contextos de educação.

O curso tem início em 30 de setembro de 2021 e termina em 19 de outubro. Quem fizer matrícula até o dia 31/07 consegue desconto de 20% na matrícula e na mensalidade. As aulas serão ministradas nas terças e quintas das 19h às 22h com carga horária total de 15 horas. A expectativa é que o curso atraia estudantes e profissionais da educação básica, técnica, superior, cultural ou corporativa em diferentes contextos, além de interessados em gamificação, aprendizagem ativa, desenvolvimento de competências e jogos de fuga, com ou sem experiência no Design de Escape Rooms. Para fazer a inscrição, basta acessar aqui.

Dyxel e Trilha da Educação lançam o curso Character Design para Games

A Dyxel Game Publisher, publicadora brasileira de jogos digitais focada em diversidade, por meio de uma parceria exclusiva com a Trilha da Educação, acaba de lançar o curso Character Design para Games. À frente do curso está o publicitário Alvaro Gabriele, que discutirá neste primeiro módulo criatividade, com foco na criação de personagem para games. O curso já está disponível no site da Trilha da Educação.

Ao adquirir o curso, o aluno recebe uma apostila digital e tem acesso a seis videoaulas, divididas em: ideia original, pesquisa e referências, combinabilidade, desejos dos jogadores, sentimentos dos jogadores e brainstorming. Quanto ao objetivo do curso, Alvaro explica que é discutir o conceito por trás do desenho dos personagens. Para ele, há pouco cursos com esse viés, pois a grande maioria se foca na arte em si.

“A ideia não é ensinar a desenhar o personagem, até vamos passar um pouco por isso, mas o foco será no conceito pré-desenho, na etapa anterior à arte. Em games, a interação com os personagens é muito grande, por isso sua construção demanda um cuidado acurado. É um curso que vai ajudar a tirar a ideia da cabeça e ir para o papel e, depois, do papel pro jogo”, explica Gabriele.

Um dos diferenciais do curso é relacionar a narrativa com a mecânica, ou seja, pensar em quais características do personagem é possível combinar com a mecânica e com outras áreas do design e do level design para enriquecer a experiência do jogador. Alvaro enfatiza que é preciso pensar mais nas dinâmicas do que apenas na mecânica.

O público-alvo do curso são gamedevs, membros de estúdios independentes, estudantes e pessoas interessadas em jogos digitais. Especialmente para aqueles que já atuam na área, o curso pode, ainda, abrir novas possibilidades profissionais. Com um conhecimento mais aprofundado sobre criação de personagens, é possível, por exemplo, pensar em propostas de editais para buscar investidores para suas iniciativas.

Trabalhando com a indústria brasileira de games independentes, a Dyxel Game Publisher fez esta parceria com a Trilha da Educação após perceber que muitos estúdios e gamedevs procuram a publicadora visando obter mentoria para seus projetos. “Os cursos tendem a agilizar esse processo, trazendo um conhecimento de ponta na área, sempre respeitando as peculiaridades da nossa indústria”, afirma Érika Caramello, CEO da Dyxel.

O lançamento de outros cursos e consultorias estão programados para os próximos meses. Também em parceria com a Trilha da Educação, os temas dos próximos módulos do curso de Character Design para Games vão envolver questões relacionadas aos arquétipos, jornada narrativa de herói e heroína e aspectos visuais de personagens. Para acompanhar o lançamento dos próximos módulos, acompanhe as novidades no site da Dyxel e da Trilha da Educação.

 

Grupo ZION – Tijuca ganha 1º escola estúdio de games da América Latina

Esta notícia é importante para os residentes do Rio de Janeiro que pretendem estudar game design: o Grupo ZION, Escola de Entretenimento digita, irá inaugurar sua nova unidade no bairro da Tijuca, na zona norte da capital carioca. Com esta nova unidade, a instituição chega à sua 7ª unidade e já tem a expectativa de chegar em 2030 com 77 escolas em todo o Brasil. O objetivo é impulsionar a produção de jogos nacional.

A nova unidade da ZION é 1ª escola estúdio da América do Sul com foco em desenvolvimento de games para atender 1400 alunos, que serão distribuídos em 15 turmas. Fora das salas de aula, o espaço contará com uma futurista arena de games aberta ao público, capaz de levar os alunos à loucura com experiências que vão desde realidade virtual do Star Wars, até uma impressora 3D para criação de bonecos e colecionáveis.

Outra característica do espaço é uma escultura hiper-realista de três metros, desenvolvida com a mesma técnica utilizadas no maior museu de cera do mundo, Madame Tussaud. No Brasil existem esculturas desse gênero apenas nos museus de Petrópolis, Gramado, Manaus, Foz de Iguaçu e Aparecida do Norte.

Segundo informou o diretor da escola da Tijuca, Rogério Félix, na ZION os alunos vão aprender desde a criação de um jogo de tabuleiro, até a execução de jogos para as mais novas tecnologias, como Realidade Virtual e Realidade Aumentada.

“Para nós todo jogo é uma ferramenta de estudo, e para que nossos alunos possam aprender cada vez mais, contamos com os videogames mais atuais, os eternos clássicos e simuladores de corrida”, explica o educador da ZION.

A programação da noite de inauguração está intensa com a apresentações de jogos produzidos por alunos de outras unidades e palestra com o google innovator, Doug Alvorado, que vai apresentar, aos convidados, as ferramentas do google que podem turbinar  uma aula, como o Google Street View.

 

Serviço: Inauguração da ZION Tijuca

Data: 28/03/2019

Horário: 19 horas

Local: Praça Saenz Peña, 19 – Tijuca, Rio de Janeiro