Estúdio Smurfit Kappa de São Paulo contrata profissional de Game Design para novos projetos

Mais uma vaga de trabalho surge para quem estuda ou já trabalha com produção de jogos eletrônicos. O estúdio Smurfit Kappa de São Paulo está em busca de um Game Designer assistente para compor seu quadro de funcionários. O profissional ficará responsável pela programação de software, buscando apresentar inovações digitais para os clientes.

De acordo com o anúncio da vaga publicado através do LinkedIn, o contratado pela Smurfit irá contribuir diretamente com os projetos e lançamentos para divulgação do Brand SK, tendo papel importante na criação da interface gráfica comercial. Trata-se de uma tarefa de alta responsabilidade, demandando que o profissional tenha foco e comprometimento. É importante que tenha uma visão sistêmica, sendo capaz de compreender o todo em um objeto de estudo, entendendo suas ligações e interferências para as telas em busca de entretenimento.

Responsabilidades do cargo

  • Realizar projetos de inovação visual com foco em soluções para os clientes, utilizando as técnicas e ferramentas de trabalho da Smurfit Kappa Group.
  • Realizar estudos de embalagens aplicando os princípios da SKG, a fim de otimizar os processos internos e dos clientes.
  • Conhecer as ferramentas e programas adequadas para criação/edição de vídeos e animações como: Flash, Premiere, After Effects e Dream Weaver.
  • Necessário ter experiência em programação de software/vídeo games/comunicação visual.

 

Pré-requisitos

  • Ensino Técnico/Superior em Design de Games ou áreas afins.
  • Inglês Avançado/Fluente.
  • Desejável Espanhol Intermediário/Avançado.

Os detalhes adicionais da vaga na Smurfit, como salário e benefícios não foram divulgados, sabe-se apenas que é período integral. Deste modo, você deve encaminhar seu currículo através do LinkedIn com os dados atualizados e na sequência aguardar contato da empresa.

 

Sobre a Smurfit Kappa

Para quem não conhece, a Smurfit Kappa é um dos líderes mundiais na fabricação de embalagens à base de papel. Tem cerca de 45.000 empregados em 350 instalações localizadas em 33 países – 21 na Europa e 12 na América Latina, região na qual é a única player pan-regional de grande escala. Em 2017 a Companhia atingiu vendas no valor de 10.500 milhões de dólares

Instituto Martius-Staden realiza Game Jam em São Paulo no dia 13/04

Ei, você, desenvolvedor de jogos que está procurando oportunidades para melhorar suas habilidades: há mais uma Game Jam prestes a acontecer na cidade de São Paulo. Trata-se da Game Jam Martius-Staden, organizado pela equipe do instituto e que pretende desafiar os visitantes a produzirem um game do zero em poucas horas. A ideia é colocar a criatividade em ação com muita mão na massa para ter um protótipo jogável de um jogo.

Os participantes da Game Jam Martius-Staden terão de executar tarefas rápidas em pouco tempo e, com isso, melhorar suas habilidades de desenvolvimento de projetos digitais. De acordo com a equipe organizadora, o evento deve seguir o modelo de outras game jams tradicionais, como a Global Game Jam e as organizadas pelo Goethe-Institut São Paulo.

A Game Jam Martius-Staden tem o objetivo de, com a comunidade do Colégio Visconde de Porto Seguro – Campus Morumbi e Panamby, celebrar a Semana Alemã e adentrar na viagem dos naturalistas Spix e Martius, que faz parte da história e origem identitária do Brasil.

O evento é extremamente indicado para alunos do 8º e 9ª do Ensino Fundamental II ao Ensino Médio, desenvolvedores independentes e pessoas que estejam aprendendo as nuances da produção de um jogo eletrônico. As equipes serão divididas em turmas de 4 a 5 integrantes e o tema será definido minutos antes da produção. Cada membro da equipe atuará executando um papel: game designer, programador, artista visual (desenho digital), designer de som, produtor e criador de conteúdo.

Tal como em outras game jams, os papéis dentro do grupo variam bastante, por exemplo, o programador pode criar ilustrações, o designer de som pode criar um pouco do conteúdo, e assim por diante. O que vale é a colaboração de todos e como a equipe interage para realizar as tarefas da maratona. Eventos como esse ajudam os desenvolvedores a trabalhar em equipe, dar maior noção de prazos e da dinâmica de uma produção profissional.

A Game Jam Martius-Staden ocorre em 13/04/2019 na sede do Instituto Martius-Staden das 09hs às 18hs. Para se inscrever no evento, basta preencher uma ficha através do site.

 

Seviço – Game Jam Martius-Staden

O que:  Game Jam Martius-Staden

Quando: 13/04/2019 das 09h às 18hs

Onde: Instituto Martius-Staden – R. Itapaiúna, 1355 – Panamby, São Paulo – SP

Inscrição: https://teceducporto.typeform.com/to/a3gJ30

Bem Vindo ao Game Design – livro busca mostrar todas as etapas da criação de um jogo eletrônico

Quem nunca jogou um game e ficou se perguntando como se deu a sua produção? Pois é justamente sobre as etapas de um game design que se propõe a falar o livro “Bem Vindo ao Game Design”, do Prof. João Victor, fundador da escola de programação One Day e criador do canal One Day Code. A obra pleiteia mostrar como é produzido um título desde seus estágios iniciais até seu derradeiro lançamento, de modo que o leitor irá perceber o que diferencia um game de sucesso, de outro relegado ao ostracismo.

De acordo com o Prof. João, o livro “Bem Vindo ao Game Design” possui linguagem fácil para completos iniciantes, de modo que o leitor interessado em entrar de cabeça no mundo da produção de jogos possa transformar um HOBBY em uma PROFISSÃO, sejam quais forem suas habilidades.

O livro ainda não está finalizado, pois seu idealizador não conta com o apoio de uma grande editora – tudo está sendo feito pelo empenho do autor. Para finalizar o projeto e publicar o livro foi aberto uma campanha de crowdfunding a fim de arrecadar R$ 7.500,00 a fim de garantir a impressão, uma revisão esperta, diagramação etc. De acordo com João, o projeto nasceu após analisar que há muitas pessoas interessadas em produção de jogos, mas que não encontram materiais de pesquisa que tornem sua saga mais fácil.

“No mercado de jogos, existe uma grande falta de profissionais capacitados, e ao mesmo tempo um excesso de pessoas tentando criar jogos, sem saber como começar, gerenciar um projeto, organizar suas ideias e escolher o melhor meio de monetizar e progredir no mercado. O que acontece é que na maioria das vezes, as pessoas miram muito alto e ao tentar criar um “Grande MMORPG Battleroyale 3D” acabam se frustrando, nunca terminando o projeto e desistindo no meio do caminho”, diz o Prof. João Victor.

O livro “Bem Vindo ao Game Design” pode ser considerado um miniguia, ensinando passo a passo como gerenciar um projeto de jogo, quais são as áreas em que você pode se encaixar, recomendações de softwares e materiais de estudo e exercícios práticos sobre Design de Jogos. Você pode experimentar uma prévia da obra baixando o primeiro capítulo aqui.

Um dos capítulos mais interessantes é o que fala sobre as carreiras de game designer, pois é aqui que o leitor fica ciente de que pode atuar em diferentes ramos do designer de um game, tal como arte, música, programação, negócios etc. A ideia de “Bem Vindo ao Game Design” é mostrar que mais do que escrever linhas de programação, a produção de jogos abraça diferentes perfis de profissionais. Além disso, a obra fala sobre como é trabalhar em pequenos e grandes estúdios, além de pincelar um pouco como é o panorama do mercado nacional de jogos.

Você pode descobrir mais sobre o livro “Bem Vindo ao Game Design”, clicando aqui ou assistindo o vídeo abaixo: