Governo de São Paulo anuncia campeonato estudantil de Free Fire e Fifa

Atenção fãs de eSports! A Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo acaba de anunciar a realização do São Paulo Jogos de e-Sports, um campeonato criado com a finalidade de fomentar a prática dos e-Sports na comunidade estudantil de forma competitiva e educativa em todo o estado e promover a descoberta de novos talentos nas instituições de ensino para o cenário competitivo estadual e nacional, estimulando a prática competitiva e a integração entre escolas.

O Campeonato é totalmente online e gratuito para todos os estudantes do estado de São Paulo acima de 14 anos, desde o ensino fundamental, médio até o universitário, de escolas públicas ou particulares e foi criado com o intuito de trazer uma diversão para os jovens que neste ano tiveram que frequentar as aulas de maneira online. As competições serão nos jogos Fifa 21 e Free Fire. O detalhe é que o campeonato não terá patrocinadores e nem premiações para os participantes. A ideia é justamente identificar jovens promissores nestas modalidades e fomentar o mercado de e-Sports com novos talentos.

As inscrições para as duas modalidades terão início no dia 10 de janeiro e ficam abertas até 28 de fevereiro de 2021, e neste período o time faz a pré-inscrição, que passa por uma análise em até 5 dias úteis, que checa se todos estão dentro das regras para somente então ser confirmada, após este prazo, a equipe poderá verificar o status de sua inscrição no site. Confira o regulamento e o formato para cada modalidade abaixo.

 

Procedimentos para inscrições

Free Fire: Um capitão representante do time deverá preencher os dados e anexar aos documentos de cada integrante do time.

Fifa 21: O jogador deverá preencher os dados e anexar sua documentação.

Documentos Obrigatórios

      • Cópia do RG ou CNH válida
      • Atestado de matrícula concedido pela Instituição de ensino (os estudantes de um mesmo tipo podem ser de escolas diferentes)
      • Ficha principal preenchida pelo site ou app com Nome Completo, data de nascimento, RG, e-mail, telefone, Nickname e nome do time.

Os alunos devem se inscrever no site oficial do campeonato ou pelo aplicativo que estará disponível em breve. Para maiores informações, siga o São Paulo Jogos de e-Sports nas redes sociais Instagram Twitter.

Veja o filme de divulgação do torneio abaixo:

Sicredi apoia primeira liga de futebol virtual no Brasil

Antenado às novas tendências esportivas, o Banco Sicredi acaba de anunciar que irá patrocinar a Kick-Off Electronic League (KOEL) 2020, uma das principais competições de FIFA no mundo. Esta é a primeira vez que a instituição patrocina uma liga de eSports. De acordo com a instituição financeira, o objetivo é apoiar o crescimento de um segmento esportivo e se aproximar mais do público de perfil digital.

“Temos acompanhado o interesse crescente, principalmente por parte dos jovens, em eSports no Brasil e enxergamos uma grande oportunidade para apoiar o crescimento do segmento e nos conectarmos com essa comunidade”, explica Fernando Di Diego, gerente de Marketing do Sicredi.

A Kick-Off Electronic League 2020, ou KOEL 2020, é uma liga de futebol eletrônico que acontece durante a temporada do FIFA e conta com duas competições em paralelo: uma individual (KOEL Single) e uma por equipes (KOEL Clubs). A final dos campeonatos será realizada em um evento presencial, em um estádio de futebol, onde os jogadores e equipes se desafiam e são acompanhados pelos fãs e entusiastas do esporte pela Internet.

A expectativa é que o apoio do Sicredi dê maior visibilidade ao torneio e fortaleça o eSports, que está em franca expansão em todo o país. Segundo dados da Newzoo, instituto global de pesquisa focado em games e eSports, o Brasil já ultrapassou 21,2 milhões de fãs em esportes eletrônicos e é o terceiro país com o maior número de entusiastas da modalidade, atrás apenas da China e dos EUA.

“Somos uma instituição que tem como essência apoiar as pessoas, então faz todo o sentido que invistamos em uma área com milhões de brasileiros adeptos. No setor esportivo, já patrocinamos diversos campeonatos nacionais e estaduais físicos de futebol e agora estamos expandindo ainda mais a nossa presença. O cooperativismo de crédito tem valores que se conectam muito com as gerações atuais e queremos mostrar que temos todas as soluções para atender o público praticante de eSports”, destaca Di Diego

Torcedores suíços protestam contra os eSports durante partida de futebol

Quem diria que os eSports iriam acabar gerando a ira de fãs do esporte tradicional? Pois foi justamente isso que aconteceu no último final de semana em partida válida pela Swiss Super League, a principal liga de futebol da Suíça. Durante uma partida entre as equipes Young Boys e o FC Basel os torcedores que lotaram o estádio começaram a jogar bolas de tênis e até um controle em direção ao gramado. A atitude era um protesto contra a resolução da Federação Suíça de Futebol em forçar os times da liga a montarem equipes para disputar torneios digitais.

Além dos objetos, os torcedores apresentaram cartazes demonstrando sua insatisfação com a liga virtual. O tumulto foi tão grande que o arbitro foi obrigado a interromper o jogo por cerca de dois minutos até que os torcedores se acalmassem. A insatisfação se deve por conta que a organização do campeonato quer formar uma liga de futebol virtual em que todas as equipes da 1º Divisão participem em torneios de FIFA.

O problema é que alguns torcedores acreditam que se as equipes começarem a focar nos eSports a grana para os times de futebol comece a minguar. Alguns clubes do Brasil como Flamengo e Santos já aderiram aos eSports e formaram times para disputar torneios como o de League of Legends e Rainbow Six. A ação causou a desaprovação de alguns torcedores, mas nada tão sério quanto o episódio suíço.

Fonte: Gamerant

Imagina se a moda pega aqui no Brasil. Você apoiaria seu time de futebol em um torneio de eSports?