Arquivo da tag: card game

Galápagos Jogos realiza amanhã torneio Grand Championships no Brasil

Curte jogos de tabuleiro? Pois então esta notícia é imperdível para você: a Galápagos Jogos realiza, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, o Grand Championships, torneio nacional que reunirá mais de 400 jogadores. Os competidores irão disputar pelo primeiro lugar dos jogos: Legend of the Five Rings (L5R), Star Wars: Destiny, Star Wars: W-Xing e Keyforge – este último sendo o jogo de cartas que vem batendo recordes de popularidade mundialmente. O evento acontece no Centro de Exposições e Convenções Expo Center Norte, na capital paulista.

O modelo do Grand Championships é de um torneio oficial, criado pela empresa americana Fantasy Flight, e é replicado ao redor do mundo em mais de 15 países diferentes – França, Reino Unido, Grécia, Austrália e China estão nessa lista. Enquanto os torneios são diversos, o Brasil se destaca neste ano com o segundo maior torneio de Keyforge do mundo, que traz como prêmio máximo a vaga para disputar o campeonato mundial de Keyforge em 2020. O sucesso do jogo – que é obra de Richard Garfield, mesmo criador de Magic: The Gathering – deve-se à simplicidade das regras e seu sistema de decks únicos: é possível sair jogando assim que se adquire um deck, com a certeza de que ninguém no mundo possui um conjunto de cartas igual ao seu.

Mesmo com os ingressos esgotados em menos de uma semana, quem não garantiu sua inscrição não precisa ficar de fora. Além dos eventos principais, o Grand Championships traz os eletrizantes eventos paralelos. Com formato mais enxuto, essas competições menores aceitam inscrições por ordem de chegada, basta adquirir seu ingresso na hora e se preparar para o duelo. Os eventos paralelos também possuem premiação e acontecem durante todo o final de semana dos Grand Championships.

Para consultar os horários de início dos eventos paralelos, programação detalhada de cada um dos dias de evento e informações sobre as premiações de cada categoria, acesse o site do torneio. O acesso ao evento da Galápagos é garantido somente com inscrição prévia ou compra de ingresso para eventos paralelos no local.

 

SERVIÇO – Grand Championships 2019

Data: 30 de novembro e 1º de dezembro (sábado e domingo)

Horário: 30/11 – a partir das 8h; 01/12 – a partir das 9h

Local: Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme – Segundo Pavimento – Salas Cantareira (Salas 2, 3 e 4)

Purposyum, Challengers of Justice –  jogo da ONU será lançado na “São Paulo Play Week”

Um dos games que mais devem chamar as atenções durante o evento São Paulo Play Week, a ocorrer em 28/11/2019, é o Purposyum, Challengers of Justice, um game criado pelos alunos da ETEC Parque da Juventude com a mediação de pesquisadores do grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento da USP. Trata-se de um jogo de cartas que coloca os jogadores em um ambiente colaborativo. A ideia é que os jogadores se unam para defender o sistema solar.

Purposyum, Challengers of Justice foi selecionado pela Organização das Nações Unidas para Drogas e Crime (UNODC) em parceria com a UNESCO entre os dez jogos da campanha “Educação para a Justiça”. O motivo para isso é que o game tem um viés social bastante social e impactante. No jogo há uma disputa colaborativa entre planetas que podem se unir para propor soluções que superem os “Desafios da Justiça” e assim evitar a destruição do sistema solar. As soluções propostas são avaliadas pelos jogadores. O macete é que se não houver a resolução de um mínimo de desafios, todos perdem.

Durante a partida, vão surgindo algumas questões como “Salvar a todos ou salvar a mim mesmo?” e “O meu planeta é mais importante que os outros?” que ajudam os participantes a refletir e trabalhar noções e problemas atuais como xenofobia, discursos de ódio, homofobia e porte ilegal de armas.

A ideia do projeto Purposyum, Challengers of Justice ganhou maturidade após Gilson Schwartz, coordenador do grupo “Cidade do Conhecimento” na USP e diretor para América Latina da rede “Games for Change”, convidar alunos da ETEC Parque da Juventude para participar ao longo de 2018 do desenvolvimento do projeto a fim de participar do concurso da ONU, que pedia jogos não-digitais que promovessem a consciência crítica sobre direitos humanos, racismo, porte de armas, guerras, violência de gênero, corrupção, crimes ambientais e respeito às leis.

A participação no São Paulo Play Week serve ao propósito de abrir o projeto à participação de escolas de todo o Brasil, criando cartas com “ícones da justiça” próprias ou até novos jogos que fortaleçam a campanha mundial de “Educação para a Justiça”. De acordo com Schwartz, o evento na USP será uma oportunidade para mobilizar a participação e também para ampliar as fontes de patrocínio e investimento no projeto, por meio de “criptomoedas criativas” (moedas digitais).

“Por meio desse estímulo, veremos que é possível aprender, brincando, sobre justiça, igualdade, diversidade, paz e reconhecimento, estado de direito e tolerância “, disse Gilson Schwartz, coordenador do projeto.

Fotos: Reprodução/TV Globo

Sobre o São Paulo Play Week

O São Paulo Play Week 2019 tem como tema a “Acessibilidade, Diversidade e Justiça” e será realizada em São Paulo, entre os dias 28 de novembro e 8 de dezembro. O evento é conhecido como  o maior evento brasileiro voltado à criação de games, jogos e brinquedos de impactos social e pessoal transformadores, de modo que ele é organizado pela rede mundial “Games for Change” na América Latina em parceria com a ETEC Parque da Juventude e coordenação do grupo de pesquisa “Cidade do Conhecimento” da Universidade de São Paulo (USP). Para saber mais, acesse o site do evento.

Primeiro campeonato do novo circuito de Magic: The Gathering Arena terá premiação de US$ 1 milhão

Se você é fã de Magic: The Gathering, esta notícia é para você! A Wizards of The Coast acaba de revelar os primeiros detalhes do primeiro major do Mythic Invitational, campeonato que terá premiação de US$ 1 milhão e será realizado de 28 a 31 de março, na PAX East, em Boston, nos Estados Unidos. A competição já tem 56 dos 64 competidores confirmados e contará com a participação de membros da Magic Pro League (MPL), liga dos 32 jogadores mais bem ranqueados do mundo, e de streamers convidados.

De acordo com a Wizards of the Coast, os oito participantes que fecharão a lista serão classificados a partir de disputas do modo “Construído” de Magic: The Gathering Arena (MTG Arena), de hoje (1) a 28 de fevereiro. Entre os participantes já definidos estão três brasileiros membros da MPL, Lucas Berthoud, campeão do Pro Tour 2017 Revolta do Éther, Carlos “Jaba” Romão, bicampeão mundial, e Paulo Vitor Damo Rosa, o jogador mais jovem a conquistar 300 Pro Points, a pontuação do cenário profissional de MTG.

O vencedor do Mythic Invitational receberá US$ 250 mil, enquanto o segundo garantirá US$ 125 mil e o terceiro US$ 75.000 Os demais participantes também serão premiados de acordo com sua classificação:

  • Campeão: US$250.000
  • Vice-campeão: US$125.000
  • Terceiro colocado: US$70.000
  • Quarto colocado: $45.000
  • Do 5º ao 16º colocado: US$12.500
  • Do 17º ao 64º colocado: US$7.500

O Mythic Invitational será disputado em dinâmica de eliminatória dupla do começo ao fim. Nos dois primeiros dias da competição, os participantes serão divididos em quatro grupos de 16 jogadores e se enfrentarão até que restem quatro jogadores por grupo. Os melhores avançam para a fase seguinte, no sábado (30), e disputam as quatro vagas da final, que acontecem no domingo (31).

Todos os jogos de magic do Mythic Invitational serão transmitidos pelo canal oficial de MTG na Twitch.

Formato do torneio

No primeiro Mythic Invitational será usado um novo formato de jogo chamado Duo Standard. Nele, os jogadores de Magic terão dois decks das mesmas cores e estilos e do formato Standard (T2), sem a opção de cards reservas, normalmente usados pelos competidores para equilibrar as ações quando mudam de estratégia entre uma partida e outra. Além disso, os dois decks inscritos devem ser totalmente diferentes ou exatamente iguais

Cada duelo é realizado em melhor de três partidas, sendo que na primeira há um sorteio para definir o jogador que começa e o deck que será utilizado. Na segunda, a ordem e o deck são invertidos. Na última, se necessária, será feito novo sorteio para definir quem começa, mas os jogadores têm liberdade para definirem qual deck utilizarão.

Para mais informações sobre Magic: The Gathering, acesse o site.

Hora do Duelo! Yu-Gi-Oh! Duel Links já está disponível para a Steam

Há mais de uma década a franquia Yu-Gi-Oh tem feito absurdo sucesso no Brasil. Apesar de não se fazer onipresente na mídia nacional como na época em que estourou, o jogo ainda conta com uma base sólida e bastante dedicada no país. Não por acaso, a Konami acaba de lançar a versão para PCs de Duel Links. O jogo já conquistou milhares de jogadores nos celulares e desta vez está disponível na Steam com algumas melhorias muito esperadas.

Duel Links permite que os duelistas revivam as aventuras de Yami Yugi, Seto Kaiba e outros personagens adorados da franquia Yu-Gi-Oh! em uma competitiva batalha de cartas. Ah, vale lembrar que os personagens da saga GX também fazem parte do pacote de jogo. Na versão para PC de Yu-Gi-Oh! Duel Links, jogadores poderão recuperar suas pontuações da versão móvel do jogo e duelar uns contra os outros jogadores das plataformas móvel e PC.

Além de permitir o crossplay entre PCs e mobile, a Konami ainda fez um belo trabalho para os fãs do card game: em Duel Links os monstros estão com animações 3D incríveis e até as vozes dos dubladores japoneses estão inclusas. Infelizmente ainda existe a limitação de apenas três zonas de monstros.

Desde seu lançamento internacional em janeiro deste ano, o Yu-Gi-Oh! Duel Links já alcançou mais de 55 milhões de downloads, chegando ao topo do ranking de aplicativos gratuitos na App Store e na Google Play. O título é totalmente grátis. Por enquanto não há planos de lançar versão para consoles. Mais informações no site da Konami.

Abaixo tem o trailer de Duel Links para Steam:

Fãs de Pokémon têm encontro marcado na Arena Gamer do Shopping Metrô Tucuruvi

Havia rumores de que a febre Pokémon já era, mas a verdade é que os monstrinhos de bolso seguem com toda a força após o badalado Pokémon Go. O card game não é exceção: os torneios e disputas continuam conquistando mais jogadores a cada dia. Para quem é jogador do card game, eis a dica: a Arena Gamer, do Shopping Metrô Tucuruvi, é o endereço certo para quem quer trocar cards dos personagens, se divertir com os jogos de sucesso e fazer novas amizades, pois haverá um encontro para colecionadores no dia 9 de setembro, às 15h, no ambiente instalado especialmente no Piso 1.

“As versões digitais de Pokémon reúnem famílias inteiras na brincadeira. Das telas da TV para os smartphones, o jogo continua sendo um sucesso, sem perder a originalidade, por isso, preparamos esse encontro para diferentes gerações aproveitarem juntas”, destaca Laís Marques, gerente de Marketing Shopping Metrô Tucuruvi.

Além de recepcionar os adoradores dos Pokémons, os visitantes da Arena Gamer poderão jogar também videogames retrôs, como Pac Man, Super Mario e Sonic, e as versões mais atuais com PES 2017, Fifa 17 e Street Fighter V. Os consoles disponíveis na arena são: PlayStation 3 e 4, Xbox One e 360, Super Nintendo, Atari e muito mais. Para participar é necessário ter mais de 18 anos ou estar acompanhado pelos pais ou responsáveis.

A entrada custa R$ 15 para 30 minutos e R$ 20 para 60 minutos. Cada minuto excedente tem custo de R$ 1. De segunda a quarta-feira, participantes que adquirirem 60 minutos ganham meia hora a mais de jogo. Crianças menores de quatro anos não pagam, mediante acompanhamento de um adulto pagante.

 

Arena Gamer no Shopping Metrô Tucuruvi

Data: até 10 de setembro

Horário: segunda-feira a sábado, das 10 às 22h, domingo das 12h às 20h

Encontro entre colecionadores Pokémon TCG

Data: sábado, dia 9 de setembro

Horário: às 15h

Local: Piso 1, ao lado da loja Havaianas

Endereço: Av. Dr Antonio Maria Laet, 566 – Tucuruvi – São Paulo

Valores: R$ 15 para 30 minutos e R$ 20 para 60. De segunda a quarta-feira, a cada 60 minutos comprados, ganha-se mais meia hora

Confira quem são os 12 semifinalistas do concurso de jogos da Papaya Editora

Vocês lembram que em meados de fevereiro falamos sobre o concurso da Papaya Editora que ajudaria criadores de jogos de carta e tabuleiro a lançar seu projeto? Pois bem, a hora de divulgar os doze semifinalistas chegou! De acordo coma editora, agora os desenvolvedores dos doze jogos devem enviar 3 protótipos completos para avaliação.

Além da Papaya Editora e dos consultores da primeira fase, os protótipos serão avaliados por personalidades da área de jogos como blogueiros, youtubers e organizadores de eventos. Os jogos semifinalistas serão expostos publicamente online através de blogs e Facebook. Serão então escolhidos até 5 jogos finalistas.

Abaixo estão listados os doze semifinalistas escolhidos pela Papaya:

A MODA DA CASA
Edu Reis

DISTRITO 6
Roberto Pinheiro

DUMB DUNGEOUS & DRUNK DRAGONS (DD&DD)
Diego Sá
Eduardo Pras

IMIGRANTES
Guilherme Bacciotti

JUST FIGHT
Jonatas Bermudes

MEROVÍNGIOS
Tiago Luna

OKTOBER
Rodrigo Sampaio Rodriguez

PICH IT
Eduardo Guerra

PRIMEIRO COMANDO
Marcelo Luiz Dias

RAPTOR`S VALLEY
Marcos Juliano Riffel

REVIRAVOLTA
Luiz Carlos Vieira
Marcelo de Almeida Nunes
Martin Norris
Rodrigo Paiva Inácio Lima

ROLOS DO OFICIO
Aron Guelfi Palo

 

cropped-papaya-solo-claroConforme divulgado anteriormente, o concurso de jogos conta com 3 etapas e o autor do jogo vencedor vai garantir um contrato de publicação com a Papaya Editora. Os cinco finalistas serão então enviados para diversos eventos para que possam ser jogados pelo público. Os autores dos jogos finalistas também serão entrevistados no programa Leite Night do canal Jogos com Leite e passarão por uma votação popular no Ludopedia.

O melhor game recebe um contrato de publicação da Papaya e deve fazer parte do circuito de eventos que a empresa participar. Então se você tem um card ou board game na manga, esta é a sua chance!

Abaixo tem o vídeo sobre os doze semifinalistas e como foi a avaliação da Papaya:

 

Faeria, o jogo de cartas estratégico, tem atualização com várias novidades

Faeria não é bem uma novidade: o game está em constante desenvolvimento desde 2010, mas é agora que a atualização mais espantosa vê a luz do dia, de modo que os desenvolvedores da dev Belga Abrakam praticamente consideram a atual atualização como o lançamento definitivo do game. A intenção é oferecer um game mais equilibrado e uma alternativa para quem já se cansou de Hearthstone.

Para quem não conhece, Faeria apareceu aos olhos do público em 2013 graças a uma campanha bem sucedida no Kickstarter. O game pode ser descrito como um misto entre Magic e Hearthstone, porém com o plus de suas cartas ocuparem espaços em um tabuleiro (à lá Duelists of the Roses, do Playstation 2). Assim, o game não se conforma em ser apenas um card game, mas também um boardgame bastante estratégico. Suas cartas possuem atributos de ataque e habilidades mágicas, tal como em outros TCGs, a diferença é que elas são utilizadas mais para reafirmar o poderio em campo do que reforçar as próprias capacidades do deck. Isto graças ao living board (leia mais abaixo).

ahkahA mecânica de game é simples tanto na construção de decks, quanto nos combates. Jogadores mais antigos de Magic irão se sentir em casa e não enfrentarão grandes dificuldades para dominar as estratégias e submeter os adversários. Vale mencionar que a mecânica living board (os jogadores formam o tabuleiro através das cartas que recebem) torna o ato de formar o tabuleiro dinâmico e bastante decisivo nas batalhas.

Isto não significa necessariamente que o mais sortudo seja o vencedor, pois o jogador consegue montar estratégias com as cartas puxadas a fim de montar o tabuleiro da melhor maneira possível, mesmo que o adversário ocupe uma posição que você desejava. Isto significa que jamais haverá dois combates iguais. Mais do que isso: os combates tendem a ser rápidos (cerca de 11 minutos) e sempre competitivos, pois você pode ir em direção ao adversário ou tentar obter recursos para invocar monstros mais poderosos e devastadores.

unnamedUma ótima adição na atualização é o modo single player, que é ideal para quem está começando a jogar Faeria e dominar estratégias mais complexas. De acordo com a Abrakan, há mais de 20 horas de jogo disponível. O modo singleplayer, aliás, era um dos pedidos mais contundentes da comunidade desde que o título chegou ao mercado. Outro elemento que merece destaque no novo Faeria é o inédito Monthly Cup, a primeira parte do sistema de eventos competitivos que os desenvolvedores pretendem. A ideia é colocar o game no circuito de eSports ao redor do mundo.

É interessante que Faeria permita que se coloque cartas de diferentes elementos num mesmo deck, tal como em Magic, deste modo o jogador fica livre para montar um baralho capaz de ter vantagem sobre qualquer tipo de terreno ao invés de simplesmente tentar montar um deck adaptado a um único campo de batalha. Ao fim, o game é mais sobre quem tem a melhor estratégia, deixando em segundo plano a sorte ou monstros mais fortes.

Faeria está atualmente em acesso antecipado pela Steam e operando como Open Beta para Ipads na Russia, Alemanha e França. O título continuará a expandir para rodar em outros dispositivos no próximo ano. Os planos futuros como plataformas móveis seguidas da geração de consoles serão anunciados em 2017. Para mais informações, por favor, visite o site do game.

Confira abaixo o divertido gameplay que o Fatality fez de Faeria:

GWENT tem seu primeiro Campeonato Oficial com premiação de US$ 100 mil

A CD PROJEKT RED está investindo todas suas fichas no GWENT, o card game inspirado em The Witcher. Prova disso é o recente anúncio do primeiro Campeonato Oficial do game com uma premiação total de US$ 100 mil. O torneio colocará os melhores jogadores da comunidade contra 4 jogadores profissionais: Trump (Jeffrey Shih), Lifecoach (Adrian Koy), Noxious (Kacem Khilaji) and ppd (Peter Dager).

“É um verdadeiro privilégio poder acompanhar o quão ativos são os jogadores de GWENT no cenário competitivo. Campeonatos criados pela comunidade como o Passiflora Championship, The Seven Cats Brawl ou o The Gwentlemen’s Open são uma fonte de inspiração para todo o time da CD PROJEKT RED, e nós definitivamente queremos que este cenário cresça ainda mais”, comenta Paweł Burza, Gerente de Comunidades da CD PROJEKT RED.

catsDe acordo com a organização, os interessados em participar da etapa qualificatória deve se inscrever entre os dias 16 e 22 de março. Apenas os jogadores participantes do Beta de GWENT podem participar do campeonato, mas ainda possível obter um acesso através do site. Entretanto o torneio é apenas para os jogadores de PC, de modo que as plataformas Xbox One e Playstation 4 ficarão de fora.

Há planos de transmitir os oito melhores jogadores através o Twitch e a CD PROJEKT RED não descarta outros torneios no futuro. As qualificatórias acontecem em dois dias (8 de abril e 9 de abril), sendo elas dividias em dois grupos Temeria e Redania. Se você já é membro da comunidade The Witcher, vale a pena participar do primeiro grande evento de e-sport do game.

“GWENT: The Witcher Card Game foi criado, pois a comunidade de The Witcher clamava por este jogo em uma versão standalone. Agora vemos mais e mais jogadores com o intuito de jogar GWENT competitivamente, então esta é a chance de colocarmos estes jogadores para enfrentar gamers profissionais de peso, além de uma premiação para apimentar ainda mais a competição”, diz Marcin Iwiński, Co-fundador da CD PROJEKT RED. “Não posso esperar para ver quem sairá vitorioso!”, adiciona Iwiński.

Para participar do GWENT Challenger, basta acessar o website oficial da competição. Vale lembrar que jogadores do mundo todo poderão participar deste campeonato!

Abaixo tem o trailer de GWENT: The Witcher Card Game

Inscrições abertas para o concurso de jogos da Papaya Editora

Ótima oportunidade para quem desenvolve jogos de carta ou de tabuleiro e gostaria de comercializá-lo: a Papaya Editora abriu um concurso público para que desenvolvedores inscrevam seus games e tenham a oportunidade de publicá-los após votação popular e mostra ao público. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 10/03/2017. Após algumas etapas o melhor game recebe um contrato de publicação e a chance de aparecer em diversos eventos pelo Brasil.

O concurso de jogos da Papaya Editora terá 3 etapas e o autor do jogo vencedor vai garantir um contrato de publicação com a Papaya Editora. Para se inscrever é simples: basta enviar um email ([email protected]editora.com.br) para a Papaya contendo o manual de regras de seu jogo em PDF e um link de vídeo em que você explica as regras do game e por que ele é tão divertido. O vídeo deve estar privado para que somente a Editora possa assistir e deve conter no máximo 60 minutos. Não se esqueça de ir até o site da editora e conferir as regras do concurso.

cropped-papaya-solo-claroFeito isso, a Papaya Editora escolherá até 12 jogos considerados mais interessantes e comercialmente viáveis para irem para as semifinais. Nesta etapa os desenvolvedores devem enviar 3 protótipos completos para avaliação. Além da Papaya Editora e dos consultores da primeira fase, os protótipos serão avaliados por personalidades da área de jogos como blogueiros, youtubers e organizadores de eventos. Os jogos semifinalistas serão expostos publicamente online através de blogs e facebook. Serão então escolhidos até 5 jogos finalistas.

Os cinco finalistas serão então enviados para diversos eventos para que possam ser jogados pelo público. Os autores dos jogos finalistas também serão entrevistados no programa Leite Night do canal Jogos com Leite e passarão por uma votação popular no Ludopedia. O melhor game recebe um contrato de publicação da Papaya e deve fazer parte do circuito de eventos que a empresa participar. Então se você tem um card ou board game na manga, esta é a sua chance!

Confira o vídeo explicando o concurso da Papaya Editora:

MMA Federation – o jogo que muda os paradigmas dos games de luta e de estratégia

Já imaginou uma mistura entre jogo de luta, card game e e-sports? Pois é justamente a isso que se propõe o game MMA Federation, da produtora Leela Games. O título chegou ao mercado no finalzinho de 2016 para iOS e Android permitindo que os jogadores competissem em combates de MMA com os principais times deste tipo de luta do Brasil e do mundo, treinar com lutadores e técnicos da categoria.

O gameplay é baseado em turnos e é bem fácil de se aprender, mas difícil de dominar e brutalmente viciante. De acordo com a Leela Games, a versão brasileira inclui renomadas academias e lutadores nacionais como Dedé Pederneiras, Emerson Falcão, Márcio Pontes da equipe Nova União, e  Jaqueline Marques, a ring girl mais sexy do Brasil. Outra novidade que deve atrair muitos jogadores é a presença dos irmãos Piologo, que tem mais de 2 milhões de seguidores no Youtube.

De acordo com Carlos Estigarríbia, CEO da Leela, a publisher do jogo no Brasil, “o MMA Federation é uma revolução dos jogos de luta e também de estratégia, pois ele é um mix dos dois com uma pegada de e-sports. O jogo vai além do tradicional tapper dos games de luta, o MMA  Federation é um game  único no mercado de mobile. Outro diferencial é que você pode treinar off line em salas de progresso e o servidor sincroniza assim que o jogador estiver online. Fora isso, há uma série de customização tanto dos jogadores quanto dos estilos e dos movimentos  de luta”, explica.

MMA Federation busca uma mecânica por meio de cartas, que se mostrou muito popular entre os jogadores dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. A intenção é colocar um pouco da estratégia típica do esporte no game. Para os jogadores casuais, o deck é uma oportunidade para criar um estilo de luta própria, com assinatura, enquanto que, para os jogadores hardcore, há infinitas possibilidades de batalhas  táticas através da criação de movimentos para combater diferentes estratégias de luta do time adversário.

Esse deck de luta muda a forma tradicional de jogos de luta PvP.  Por meio de uma seleção estratégica, é possível construir uma experiência única e adaptada ao estilo de cada jogador, altamente individualizada, e dessa forma neutralizar as táticas dos adversários. “Isso permite uma batalha interminável de inteligência para jogadores competitivos, uma vez que acrescenta enorme longevidade ao jogo”, explica Estigarríbia.

NO MMA Federation é possível desafiar amigos e jogar PvP em tempo real. Se cansou de ganhar do seu adversário, procure novos lutadores no Mapa de Lutas do MMA Federation. O jogo promove ainda campeonatos diários entre jogadores online em que os mais habilidosos são premiados e melhoram sua classificação no ranking do MMA Federation, como acontece fora do game

Campeonato do MMA Federation: Vencedor leva R$ 10 mil reais

Em fevereiro de 2017, o MMA Federation inicia o primeiro campeonato brasileiro do jogo. Os jogadores vão disputar as lutas online e a grande final será em março. O vencedor ganha R$ 10 mil reais e um avatar no jogo. Mais informações podem ser conferidas no site do jogo. Quem eestiver interessado pode encontrar MMA Federation para iOS e Android.