Escola de desenvolvimento de Jogos da Unicamp sedia workshop internacional de criação

HomeImage

O mês de janeiro é especialíssimo para os desenvolvedoires de jogos do Brasil, pois a Global Game Jam tem data marcada para ocorrer entre os dias 24 e 26. Para quem não conhece, a GGJ reúne estudantes, aspirantes e profissionais do setor de jogos que buscam aumentar expandir suas redes de contatos, conhecer o mercado e trocar experiências e técnicas de produção.

O evento ocorre na Unicamp e tem apoio das gigantes do desenvolvimento Microsoft e Mozzilla Corp. Além da oportunidade de interagir com outros developers, a GGJ também conta com uma Game Jam (daí o nome do evento), uma maratona de 48 horas para que os visitantes criem um game do zero. A Unicamp participa do encontro atravé do Gamux, uma Escola Interna de Desenvolvimento de Jogos da própria Unicamp que tem apoio de empresas como a Nokia e a Blackberry.

O tem dos jogos a serem desenvolvidos é lançado para todas as sedes do Global Game Jam simultaneamente. A partir daí, cada equipe tem o prazo de 48 horas para desenvolver um jogo inteiro e funcional baseado em tal tema. Os games são publicados no site do evento com link para download. A ideia é que os participantes façam um netwok bacana e ainda mostrem seus talentos no ramo de desenvolvimento de jogos.

Desenvolver um jogo inteiro, com uma temática muitas vezes difícil num intervalo de tempo de apenas 48h pode ser bem desafiador. Entretanto é exatamente esse aspecto de ‘missão impossível’ que ajuda a reforçar o espírito de cooperação e inovação que a Global Game Jam procura incentivar. A colaboração está presente em todas as etapas do evento, desde as inscrições, que são gratuitas, até no fato de que todos os jogos serão publicados, não se tratando de uma competição“, disse Bruno Melo, diretor executivo do Gamux.

Para participar do Global Game Jam basta fazer a inscição no site oficial. O melhor é que a inscrição é gratuita. Mas seja rápido, pois as vags são limitadas.

 

Serviço: Gamux – Global Game Jam

Data: de 24 de janeiro às 19h, às 19h de 26 de janeiro

Local: Instituto de Computação da Unicamp (IC) Av. Albert Einstein, 1251 – Cidade Universitária, Campinas/SP – Brasil.

Inscrições através do site http://www.gamux.com.br/eventos/globalgamejam2014/

Vagas: 200

Mais informações: por e-mail [email protected] ou pelo site http://www.gamux.com.br/

Heavy Metal Machines: Hoplon anuncia seu primeiro MOBA

Heavy Metal Machines

O gênero MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) tornou-se um dos mais adorados pelos jogadores, especialmente os brasileiros, vide o sucesso recente de League of Legends. Não por acaso as grandes empresas passam a investir cada vez mais neste gênero. Este é o caso da empresa Catarinense Hoplon, que anunciou o primeiro MOBA brasileiro, o Heavy Metal Machines.

O Heavy Metal Machines terá como foco carros equipados com armas de combate que devem se enfrentar em pistas de corrida de um mundo pós-apocalíptico. Como se não bastasse todo o clima de destruição, as partidas serão embaladas pelo som pesado do Rock n’ Roll. Nem precisa dizer que a habilidade no volante e a malandragem serão essenciais para garantir a vitória nos confrontos. Pelo jeito o game tem como inspiração o louco Rock n’ Roll Racing da Blizzard.

Apesar da temática, a produtora garante que os elementos comuns aos MOBA como estratégia em tempo real e os elementos de RPG estarão no jogo. O game será no formato free-to-play com venda de itens in-game e a fase de testes Beta fechado deve entrar já no segundo semestre de 2013.

Os jogadores que se interessarem por Heavy Metal Machines poderão acompanhar o processo de desenvolvimento através do DevBlog ou através da fanpage no Facebook. Ao que tudo indica esse será um game pra ninguém botar defeito. Vamos ficar de olho!

Livro de game design Regras do Jogo chega ao Brasil

Regras do Jogo - Livros de Game Design

Aí vai uma dica preciosa para desenvolvedores que estão buscando boas referencias na hora de desenvolver seus games, ou apenas gostariam de um pouco de teoria na estante para servir de base a seus projetos. Trata-se da coleção “Regras do Jogo”, uma tradução do livro Rules of Play, escrita por Katie Salem e Eric Zimmernan e trazida ao Brasil pela editora Blucher.

Na obra são abordados os aspectos teóricos básicos do game design, propondo discussões críticas sobre as potencialidades dos jogos, desde os mais simplistas aos mais engenhosos. Em outras palavras, a coleção é um verdadeiro estudo da profundidade que um game pode e deve fazer, e não apenas uma mera análise conceitual do que eles fazem atualmente.

De acordo com os responsáveis pela obra, há um estímulo a decodificação dos jogos, permitindo que o leitor os compreenda melhor a partir de seu desenvolvimento. Regras do Jogo traz ainda um debate sobre o passado, presente e futuro do desenvolvimento dos jogos eletrônicos, devendo situar os novos estudantes de gamedev sobre os caminhos que a indústria deve trilhar. A obra foi dividida em quatro volumes visando tornar a leitura mais leve e prazerosa.

A obra completa tem o preço sugerido de R$195,00, podendo ser adquirida através das principais livrarias do país. Vale dizer que a obra já recebeu elogios de importantes nomes da indústria dos games como Will Wright, por exemplo. Mais informações da coleção podem ser adquiridas no site da editora Blucher.