Montréal International busca desenvolvedores de games para atuar no Canadá

Montreal

Gostaria de desenvolver games, ter vivencia internacional e trabalhar em uma das empresas referências no setor? Pois bem, profissionais brasileiros de alto nível, atuantes nas áreas de TI, inteligência artificial, games e fintechs, estão novamente no radar de Montreal. A Montréal International, agência de promoção econômica da cidade canadense, realiza em outubro e novembro uma seleção de recrutamento virtual de profissionais. O objetivo é preencher mais de 200 vagas de trabalho em 20 grandes corporações locais.

O credenciamento para a missão está aberto até o dia 1º de novembro, por meio do site da Montréal. Os candidatos podem enviar seus currículos em inglês ou francês. Os profissionais selecionados receberão convocações para entrevistas online com os recrutadores das companhias, que serão promovidas entre os dias 19 de outubro e 6 de novembro. Por isso, é recomendável que as inscrições sejam feitas antes dessa primeira data de entrevista. A empresa contratante oferecerá aos aprovados todo o suporte necessário no processo imigratório e de obtenção do visto.

Os setores envolvidos nessa missão exercem especial importância para a economia de Montreal, fazendo da cidade um dos maiores centros de inovação e inteligência artificial do mundo. A região detém uma das cinco maiores concentrações de empregos na área de tecnologia na América do Norte, com mais de 179 mil profissionais e 5,2 mil empresas. A remuneração média anual gira em torno de US$ 74 mil (cerca de R$ 403 mil), segundo a Commercial Real Estate Services Canada (CBRE).

De acordo com a Montréal International, o mercado de games concentra 140 estúdios e emprega em torno de 15 mil profissionais, responsáveis pela criação de alguns dos jogos reconhecidos internacionalmente – como Assassin´s Creed Origins, Batman Origins e Rise of the Tomb Raider. Os salários podem variar de US$ 62 mil (R$ 336 mil) a US$ 84 mil (R$ 456 mil).

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário