Greenpeace e gamers se unem contra desmatamento da Amazônia

Se há um fenômeno inegável no Brasil 2019 – 2020 é o aumento alarmante do desmatamento da floresta Amazônica, mesmo que os maiores partidários do governo tentem maquiar a situação. Segundo o Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – apenas em abril o aumento dos alertas foi de 62%, se comparado ao mesmo período do ano anterior. E, de acordo com estudos da ONU – Organização das Nações Unidas, a degradação ambiental facilita a transmissão de doenças, como a Covid-19. Pensando nisso e de olho no futuro, o Greenpeace decidiu se aproximar ainda mais do público gamer para mostrar a importância da preservação da Amazônia para o equilíbrio no planeta.

Deste modo, foi criada pela Y&R a ação “Streamers Em Extinção”, em parceria com a Gamers Club. São três os objetivos principais da ação: alertar sobre o atual cenário ambiental da Amazônia, abrir um canal de diálogo com os jovens e criar uma nova forma de arrecadação para lutar pela conservação da maior floresta tropical do mundo. Durante um streaming, com lançamento em 22 de maio – Dia Internacional da Biodiversidade – os fãs que já realizam doações para que seus gamers favoritos continuem se dedicando ao e-sport também ajudarão na causa ambiental. Isso porque profissionais como NoBru, Gaules, FalleN, The Darkness e Takeshi terão suas imagens trocadas pelas de animais que estão ameaçados pelo desmatamento da Amazônia.

Além de passar importantes dados sobre a floresta e sua biodiversidade, os gamers vão competir entre si para ver qual deles consegue arrecadar mais doações em prol da proteção da biodiversidade da região. Os streamers vão conversar e interagir com seus fãs através de um avatar animal e se tornarão porta-vozes da grave situação da Amazônia – tanto pela preservação do meio ambiente quanto pela proteção da saúde dos seres humanos. Os primeiros jogos acontecem no dia 22 de maio, sexta-feira, com as participações de Takeshi (League Of Legends), The Darkness e Gaules (Counter Strike) e a partir das 10h. As transmissões poderão ser vistas nos canais dos gamers e também do Greenpeace na Twitch TV.

“É com muito orgulho que recebemos a ideia da Y&R e Greenpeace para juntos construir um projeto tão importante para a Amazônia. Temos certeza que quanto mais o assunto for falado, maior a chance dos nossos jovens entenderem a gravidade e começarem a colocar em práticas atitudes que poderão mudar o futuro da nossa floresta”, diz Yuri Uchiyama, CEO da Gamers Club.

Até o dia fim de maio, o total arrecadado na iniciativa será destinado ao Greenpeace para projetos de pesquisas da biodiversidade da floresta, monitoramento do desmatamento e das queimadas e campanhas de proteção da Amazônia.

Abaixo você confere o filme do projeto envolvendo o Greepeace:

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário