O incrível caso das ações da GameStop

GameStop

Na última semana um assunto ligado aos jogos eletrônicos tomou conta do noticiário financeiro: um grupo de pessoas conseguiu fazer uma pequena fortuna comprando ações da GameStop. Isto até poderia ser considerado normal, porém, o que causou estranheza, foi que o movimento foi coordenado e expôs como alguns outsiders podem causar um reboliço nas finanças de grandes empresas.

A primeira coisa que precisamos entender é que o movimento originou-se no Reddit, um fórum que pode ser entendido como um conjunto de redes sociais chamadas subreddits, cada uma delas voltada para um tema. Essas pessoas conversavam no subreddit r/wallstreetbets, voltado às operações com ações nos Estados Unidos.

Fazem parte desse subreddit pequenos investidores que acreditaram que as ações de uma empresa que vende games, a GameStop, estavam baratas e começaram a comprá-las, pois falava-se numa possível mudança na gestão da empresa. As ações vinham perdendo valor de forma contínua, por ter a empresa um modelo de negócios desatualizado: numa época de jogos online e plataformas de streaming, ela ainda concentra esforços em lojas físicas.

Em sentido contrário, apostando na continuidade da queda nos preços das ações, grandes investidores vinham realizando a chamada “venda à descoberto” – alugavam ações da empresa e as vendiam, acreditando que o preço iria cair. Ao final do aluguel, esses investidores têm de devolver a ação para o locador, independente da sua cotação.

Se tudo desse certo, para devolvê-las eles comprariam as ações a um preço mais baixo do que teriam obtido na venda e embolsariam a diferença. Essa estratégia, no entanto, só funciona quando o preço da ação cai.

Mas o tiro saiu pela culatra: o preço das ações, que era de US﹩ 4 em meados de 2020, chegou a US﹩ 347, durante as operações de 27 de janeiro e os que apostaram na queda do preço foram obrigados a comprá-las a um preço muito maior para devolvê-las aos locadores.

As necessidades de compra para devolução ainda não terminaram e muita gente ainda vai perder ou ganhar dinheiro – os volumes são de tal monta que o governo americano vem acompanhando o assunto – há estimativas de que os vendedores a descoberto perderam US﹩ 1,6 bilhão apenas no dia 22 de janeiro e que o total dos prejuízos já seja muito maior.

Esses prejuízos significaram lucro para os que compraram as ações a baixo preço e as venderam aos que precisavam comprá-las; boa parte desses vendedores foram pequenos investidores que fazem parte do subreddit .

São muito raros os casos em que pequenos batem os grandes em operações com ações.  É improvável, mas não impossível, que casos similares voltem a acontecer em breve, embora alguns estejam tentando repetir o que aconteceu com a GameStop negociando ações de outras empresas em dificuldades, como as da rede de cinemas AMC e as da empresa canadense de tecnologia BlackBerry, que também estão com preços baixos.

Texto por Vivaldo José Breternitz, Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, e professor da Faculdade de Computação e Informática da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário