De azarão ao topo do mundo: filme retrata trajetória da equipe de Dota 2 OG até o topo do mundo

Quando uma equipe de futebol ganha um campeonato já logo surgem livros e documentários para enaltecer os feitos dos atletas envolvidos. Essa onda parece estar invadindo os eSports, para deleite de quem curte a modalidade. Em 2018 a equipe OG conquistou de maneira surpreendente o campeonato Internacional de Dota 2, sendo que eram considerados azarões na época. Toda a trejetória é recontada agora no documentário Against the Odds.

O longa-metragem, com 80 minutos de duração, mostra os percaussos que a equipe passou e sua paixão pelos eSports. O dinamarquês Johan ‘N0tail’ Sundstein e o israelense Tal ‘Fly’Aizik são os grandes personagens da narrativa, desde a época anterior às competições pela Fnatic, passando pela criação da OG e a ruptura pouco tempo antes do The International 2018, um dos eventos mais badalados por conta da premiação histórica de US$ 12 milhões naquele momento.

“Naquela época, fomos com a mentalidade de que a amizade venceria no final. Mas, há sempre um momento na vida em que algo muda. A mudança é certa”, comenta N0tail.

“O conto surpreendente da OG até o International 2018 é um daqueles que vai além do cenário competitivo dos games e traça uma ‘narrativa de Cinderela’ que tem apelo universal. Against the Odds levanta a cortina de dedicação e drama pelos bastidores de um dos maiores eventos de e-sports e oferece uma visão sem paralelos de uma das caminhadas mais fascinantes que o cenário já viu”, afirma o diretor GrizzlyMug.

Ao longo do filme, o público pode relembrar as line-ups em que N0tail e Fly estiveram presentes, assim como a formação da OG. Amer ‘Miracle’ Al-Barkawi, Gustav ‘S4’ Magnusson e Sébastien ‘7ckngMad/ Ceb’ Debs são algumas das personalidades da narrativa.

Os fãs de game podem conferir o filme gratuitamente, por meio da Red Bull TV, em português aqui.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário