Mercado de apostas nos e-sports continua em crescimento

O cenário dos esportes eletrônicos, ou e-sports, se mostra cada vez mais consolidado no Brasil, com seus já tradicionais campeonatos, equipes profissionais focadas em estratégias de jogo e fechando enormes contratos com patrocinadores, sendo remuneradas e financiadas de acordo com suas colocações em campeonatos profissionais e desempenho. Alguns jogos da modalidade como Counter Strike e Dota já são presentes em plataformas de apostas virtuais, onde é possível se fazer lances em cima de possíveis resultados, o que aumenta a expectativa em se assistir uma partida do gênero, deixando a prática esportiva mais próxima do público, na questão da espera de determinado resultado por parte do espectador juntamente a toda adrenalina durante os campeonatos.

Nesse ponto é interessante citar como, de certa forma, o cenário virtual esportivo se mostra mais democrático e acessível que algumas modalidades do esporte tradicional, caso um jogador se destaque no meio competitivo de um jogo, ele acaba recebendo reconhecimento e existe a possibilidade de ele ser contatado por uma equipe de recrutamento do jogo em específico, o que acaba criando o sentimento nos entusiastas que pode ser qualquer um ali, inclusive ele próprio, na posição de profissional, sendo financiado para fazer algo que a primeira vista se identifica como lazer. A transmissão da modalidade já conta com eventos televisivos, como a transmissão do CBLoL pela Sportv, que atrai uma enorme audiência para o evento além das arquibancadas lotadas acompanhando com emoção e torcida pelas diferentes equipes participantes em cada uma das partidas. Ainda existe grande espaço para a expansão do E-sport no meio televisivo e quando as emissoras perceberem o quanto podem arrecadar com esse rico mercado que só cresce pelo país, a prática será ainda mais difundida.

No “país do futebol”, o sucesso dessa modalidade foi inicialmente algo que não se esperava, mas conquistou o público jovem de maneira rápida e contínua. Junto dos próprios jogos em si, o mercado publicitário voltado ao setor também evoluiu bastante, criando grandes campanhas para promover os campeonatos ou para atrair novos jogadores para esse entretenimento, por anúncios em redes sociais, vídeos comerciais pela plataforma do Youtube e canais de transmissão ao vivo como o Twitch.

Essa aceitação abrupta e expansão do mercado esportivo pode ser visto como uma evolução do que se considera esporte nos dias de hoje, dividindo espaço com modalidades já conhecidas do esporte tradicional aqui no Brasil, que não perdem sua própria paixão já consolidada com o público, não ocasionando uma “divisão” do mercado esportivo, mas mostrando como o Brasil tem a capacidade de incluir e se adaptar a entrada de diferentes cenários no meio do entretenimento, não ficando atrás de países do exterior quando o assunto é esporte, seja futebol ou na prática virtual.

Autor: Dolemes

David de Oliveira Lemes | @dolemes | Editor do GameReporter. Professor e consultor na área de educação e tecnologia.

Deixe seu comentário