CEO da Go Gaming, Djary Veiga, fala sobre a expansão dos esportes eletrônicos no Centro-Oeste

Campus Party Digital Edition

Há quem ainda acredite que os esportes eletrônicos no Brasil estão restritos ao eixo Rio-São Paulo, porém há pessoas engajadas em expandir o mercado para outros territórios. Esse é o caso de Djary Veiga, CEO da Go Gaming, que irá falar com a comunidade gamer no Joy of Life hoje às 22hs sobre a “Regionalização dos Esportes Eletrônicos”. A Go Gaming é uma holding goiana que gerencia a organização de esportes eletrônicos Rensga Esports e o primeiro complexo do segmento na região centro-oeste, a Orbi Gaming.

A Rensga Esports surgiu em 2019 e atualmente disputa os principais torneios nacionais nas modalidades de League of Legends (LoL) e Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). No início deste ano, inaugurou a Orbi Gaming, um complexo de esportes eletrônicos com mais de 800 metros quadrados que abriga o Centro de Treinamento da Rensga, Arena Tectoy, Academy e Game Center.

“A Rensga e a Orbi são parte de um projeto que nasceu com um objetivo muito claro: regionalizar o esporte eletrônico. Acreditamos muito no potencial do estado de Goiás e da nossa capital Goiânia. Apesar da alta concentração das ações e iniciativas desse mercado estarem em São Paulo, grande parte do público está em outras regiões, como a nossa”, explica Djary Veiga.

Djary Veiga e um dos fundadores da Go Gaming e sempre se conectou ao universo da inovação com projetos de Startups. Foi coordenador do League of Legends (LoL) nos Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s); criou um dos primeiros Game Offices do estado de Goiás e é um dos principais organizadores de eventos do Torcida LoL da Riot Games. Também já esteve envolvido em várias iniciativas com empresas que atuam no mercado nacional e internacional, desenvolveu plataformas onlines e captou investimento para diferentes tipos de negócio.

A live de Djary ocorre no espaço Joy of Life durante a Campus Party Digital Edition. Essa é a primeira edição totalmente digital e gratuita para o benefício dos MSF – Médicos sem Fronteiras. Realizada simultaneamente em mais de 30 países ao redor do mundo. Com palestrantes nacionais e internacionais incríveis. É o maior Call for Ideas que a humanidade já viu para descobrir as melhores idéias para reiniciar o planeta.

Sobre a Rensga Esports:

A organização de esportes eletrônicos surgiu no cenário nacional em 2019 após adquirir uma vaga no Circuito Desafiante de League of Legends, a 2ª divisão brasileira, abaixo do Campeonato Brasileiro de LoL (CBLoL). Mesmo não se classificando, o time – que chamou a atenção pelo jeito irreverente de se comunicar, enaltecendo sua identidade 100% goiana – marcou o início da regionalização dos esports. Em 2020, estruturou sua base com mais dois times – Rensga Academy e Rensga GO – além de reforçar sua comissão técnica e inaugurar um Centro de Treinamento dentro da Orbi Gaming, um complexo com mais de 800 metros quadrados. Criou ainda uma equipe de Counter Strike: GO para ampliar a atuação no cenário de games e esportes eletrônicos.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário