SuperSUS – game da Fiocruz mostra os direitos do cidadão ao utilizar o SUS

SuperSUS

A história já é conhecida: você fica doente, tem de ir até um hospital ou unidade de pronto atendimento e fica horas esperando para ser recebido pelo médico, que lhe dispensará poucos minutos de sua atenção, dirá que está com virose e receitará um medicamento qualquer. Se há um consenso entre os brasileiros é que o SUS é pouco eficiente e que precisa de muitas melhorias. Entretanto, poucas pessoas conhecem de fato seus direitos na área da saúde. Foi pensando nos direitos dos paciente que o time de pesquisadores da Fiocruz Pernambuco lança o game SuperSUS, cujo objetivo é contribuir para que o cidadão conheça seus direitos no campo da Saúde Pública.

De acordo com os produtores, SuperSUS permite que os jogadores descubram os serviços oferecidos pelo SUS que são poucos conhecidos pela maioria da população. A ideia é que os cidadãos conheçam seus direitos e lutem por eles a partir do conhecimento pleno do que pode e do que não pode. Para isso, a Fiocruz Pernambuco disponibiliza o título gratuitamente através da Play Store e na App Store.

O jogo é inspirado na conquista do direito a saúde com o Sistema Único de Saúde (SUS), assim o jogador assume o papel do SUS e percorre trajetórias de lutas e conquistas. Em um passeio pela rede de saúde, cada fase do jogo envolve atividades que são ofertadas como serviços e/ou programas do SUS, cada desafio cumprido o jogador vai acumulando conquistas e alcançando objetivos do desenvolvimento sustentável – ODS (com dimensões ambientais, sociais e econômicas).

São 12 minis jogos, nos quais o desafio é conquistar os princípios e diretrizes do SUS, atingindo assim os objetivos de desenvolvimento sustentável preconizados pela Organização Mundial da Saúde. Quem perde, descobre a falta que o SUS faz no dia a dia e os problemas que isso acarreta.

Você pode ver mais detalhes do SuperSUS aqui.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Um comentário em “SuperSUS – game da Fiocruz mostra os direitos do cidadão ao utilizar o SUS”

Deixe seu comentário