Desafio FazGame Eletrobras60 divulga os vencedores da competição

FazGame

Na última semana ocorreu um evento online para divulgar os vencedores do Desafio FazGame Eletrobras60, competição on-line e gratuita em que alunos do 1º e 2º anos do ensino médio e seus professores foram desafiados a criar games narrativos sobre geração e transmissão de energia limpa e renovável, temas que marcam o compromisso da Eletrobras com a sustentabilidade e a inovação.

A iniciativa foi lançada em março deste ano como uma das celebrações dos 60 anos da Eletrobras. No encontro, foram anunciados ao vivo os dez finalistas e as duas duplas vencedoras. A dupla ganhadora do 1º ano, que fez o game Vento Áureo, foi Mariana Rodrigues de Almeida (professora) e Vinícius Cardoso (aluno), do Centro Educacional Sesi de Caçapava, São Paulo.

A dupla do 2º ano que chegou em primeiro lugar, com o game Um futuro eletrizante, foi Ricardo de Magalhães Simões (professor) e Renata Machado (aluna), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Cachoeiro, em Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo. Os vencedores foram premiados com um tablet (para o professor) e um computador (para o aluno).

“Sabemos que a construção de um futuro sustentável é uma jornada, e precisamos contar com a participação de todos. Para a Eletrobras, é uma alegria promover a reflexão sobre eficiência energética e energia limpa e renovável para estudantes que representam o futuro do nosso país. A empresa acaba de celebrar seus 60 anos de história e agora celebra os autores dos mais de 100 games resultantes desta iniciativa, que nos enche de orgulho”, afirmou Rodrigo Limp, presidente da Eletrobras.

De acordo com a organização, foram submetidos 117 games, vindos de todas as regiões do Brasil. Dos 10 finalistas, sete games são de escolas públicas e três de escolas privadas, mostrando que o ensino público tem bastante força no ramo de desenvolvimento de games. A live de premiação teve a participação de alunos e professores de todo o país, que durante dois meses exercitaram a leitura e a escrita por meio da criação de games, refletindo sobre geração e transmissão de energia limpa e renovável.

“Mais de 400 duplas de professores e alunos se inscreveram e 117 duplas concluíram a jornada e submeteram seus games para o desafio. Nossos jurados se surpreenderam com as narrativas criadas, a complexidade da lógica dos games e a criatividade dos alunos, que receberam todo o apoio dos seus professores e da equipe FazGame”, declarou Carla Zeltzer, sócia-fundadora da FazGame, entidade organizadora do desafio.

Para mais informações, basta acessar o site da FazGame.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário