e-Base – Projeto social carioca aposta na inclusão social através dos games

e-Base

A tecnologia e os jogos eletrônicos são apostas mais do que certas para o futuro. E é pensando nisso que a For Games, está lançando um projeto social chamado e-Base, cujo objetivo é capacitar e profissionalizar jovens de comunidades carentes do centro do Rio de Janeiro. O projeto contará com oficinas e palestras que visam mostrar para os jovens que algo que eles curtem pode se tornar uma profissão rentável.

De acordo com a For Games, a iniciativa promove a inclusão social e formação de jovens, de 12 a 20 anos, no universo da Cultura Gamer. O espaço oferece aos jovens das comunidades próximas à Santa Teresa, na região central do Rio de Janeiro, o acesso a equipamentos de ponta (tecnologia de jogos eletrônicos), cursos, oficinas e palestras que os transforme de usuários passivos em possíveis candidatos da cadeia produtiva da Economia Criativa.

“A ideia é construir uma base gamer que ofereça formação e equipamentos necessários, para igualar em oportunidade os gamers de baixa renda. Os sonhos desses jovens são os mesmos”, disse o autor do projeto, Victor Prado. “Queremos aproximar o jogador do universo profissional dos games e profissões correlatas. Mostrar que é possível e acessível trabalhar com os jogos digitais e o audiovisual 4.0. São profissões diferentes que não requerem graduação formal, e sim quanto mais o jovem assiste youtuber e joga se torna mais fácil de entrar na área do audiovisual 4.0. Além disso, o projeto também apresenta oficinas, criação de conteúdo para YouTube, design e construção de personagens, desenvolvimento de jogos digitais e análise crítica de jogos”, explica.

Para participar do E-Base, o jovem deve comprovar uma relação formal com a escola e estar, preferencialmente, matriculado em um colégio da rede pública de ensino. Já as vagas presenciais para as palestras e oficinas, precisam ser feitas através de uma inscrição online. O projeto terá transmissões virtuais no site, de modo que todos os interessados podem acompanhar o desenvolvimento. De acordo com Victor Prado, a participação é gratuita e todas as atividades presenciais seguiram os protocolos de segurança e controle necessários para este momento de pandemia mundial”. As inscrições poderão ser feitas pelo site ebasegamer.com a partir do dia 07 de novembro.

O espaço do E-Base possui ainda uma área aberta, com capacidade para 10 pessoas, onde os pais podem acompanhar seus filhos durante o processo de capacitação, incentivando-os a realizar o sonho de ter uma profissão digital.

 

Serviço – E-Base:

Endereço: End: Rua do Progresso, 67 – Santa Teresa
Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 20h.
Site: www.ebasegamer.com

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário