Check Point alerta gamers para os principais riscos da jogatina online

Check point

Os jogos eletrônicos possibilitam a imersão em mundos vastos e fantásticos de diversão, interação e aprendizado, entretanto – assim como em qualquer outra atividade – demanda alguns cuidados especiais, sobretudo para quem joga online. De acordo com a Check Point Software, gigante global de cybersegurança, a jogatina online pode expor o jogador a alguns perigos como downloads, roubo de identidade, perdas financeiras etc. Vale a pena ficar alerta, sobretudo para quem deixa os filhos jogarem sem supervisão.

Pensando nos golpes mais comuns e como eles podem afetar negativamente a vida das pessoas, a Check Point realizou um estudo sobre as principais armadilhas da jogatina online e soluções simples para se livrar de situações indesejadas. Confira:

  • Downloads indesejados: O fato de haver cada vez mais plataformas para jogar, obriga a que haja mais plataformas para os jogadores conseguirem efetuar o download dos jogos. A tendência é que estas plataformas cresçam cada vez mais. Muitas vezes, os gamers para não pagarem o preço dos videojogos efetuam downloads em sites não oficiais. Este feito implica um grave risco, porque é muito provável que os atacantes aproveitem esta tendência para incluir nos links de download dos jogos alguns softwares maliciosos, como malware ou ransomware, para acessar ao computador dos jogadores e infectá-lo. Por isso, é fundamental realizar estes downloads única e exclusivamente em websites de confiança.
  • Roubo de identidade: Seja através das funcionalidades dos chats dos games e plataformas online, ou por meio de e-mail, um dos principais riscos que os jogadores enfrentam é o roubo de identidade. Por meio desta técnica, conhecida como phishing, os cibercriminosos se passam por responsáveis de plataformas de games para se aproveitarem da confiança do interlocutor e mandar mensagens indicando que alguém tentou acessar sua conta. A Check Point recomenda “não compartilhem nunca os seus dados e senhas, já que nunca se sabe quem está do outro lado, além de que sua senha nunca será solicitada desse modo, pois a empresa na verdade tem acesso a esses dados”.
  • Perdas financeiras: Quase todas as plataformas de games e downloads pedem dados bancários para realizar a compra de títulos, renovar assinaturas, etc. Apesar de ser algo habitual, este é um dos principais riscos para os gamers, já que, um atacante pode se fazer passar por outro jogador, podendo acessar ao seu perfil, permitindo obter toda a informação e, inclusive, realizar compras em seu nome. O mais recomendável é evitar ao máximo introduzir os dados bancários neste tipo de plataformas para que desta forma seja possível minimizar os riscos de fraude econômica. A Check Point recomenda utilizar serviços de pagamento como o PayPal, porque oferecem mais segurança ao utilizador e a garantia no caso de perdas econômicas.

“Milhões de pessoas em todo o mundo têm perfis criados nas plataformas de videogames mais difundidas do mundo. Isto faz com que estas se convertam num alvo cada vez mais atrativo para os atacantes, devido à quantidade de credenciais bancárias e dados a que se pode acessar”, assinala Fernando De Falchi, gerente de Engenharia de Segurança da Check Point do Brasil. “Aliás, devido à circunstância de alguns dispositivos e consoles não terem soluções de proteção contra vírus, eles são muito vulneráveis frente a qualquer tipo de ciber-ameaças. É fundamental que os utilizadores conheçam os principais perigos e como podem evitá-los”, acrescenta Falchi.

Por fim, os Especialistas da Check Point assinalam que a melhor estratégia para evitar que o jogo online através de videogames não se converta num pesadelo é a prevenção e desconfiar sempre. Sabe aquele e-mail mal escrito dizendo que você ganhou crédito no jogo e para resgatá-los basta clicar em determinado link? Suspeite! É muito importante detectar qualquer tipo de ameaça que lhe seja efetuada. Mas não basta apenas ficar desconfiado, é necessário denunciar às autoridades competentes, visto que é o único modo de pôr fim a estas campanhas maliciosas através destas plataformas.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Um comentário em “Check Point alerta gamers para os principais riscos da jogatina online”

Deixe seu comentário