Brasil é eleito pelo segundo ano consecutivo como um dos principais players no desenvolvimento externo (XD) de games

XD

A participação brasileira no cenário internacional de games vem crescendo a cada ano, seja em consumo, número de jogadores ou no desenvolvimento e produção de jogos. Maior mercado de games da América Latina, a expectativa é que o país tenha movimentado US$ 2,3 bilhões em 2021 e que aumente essa receita em aproximadamente 6% em 2022, segundo a consultoria Newzoo.

O destaque do Brasil no segmento acaba de ficar ainda mais evidente com a publicação do relatório da XDS (External Development Summit), evento global que é referência em XD, que coloca o país pelo segundo ano consecutivo como o principal mercado emergente no segmento.

Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos), que há quase vinte anos trabalha pelo fortalecimento da indústria nacional de desenvolvimento de jogos, celebra o resultado, fruto também dos esforços da própria associação para dar visibilidade à qualidade e competência dos estúdios do país.

“O grande momento da indústria global de XD acontece em setembro, durante a XDS, e a Abragames tem como missão coordenar, fortalecer e promover a indústria brasileira de jogos digitais, sendo sua representante e interlocutora dentro desse ecossistema internacional. É um orgulho ver o destaque que o Brasil tem tido em XD e reconhecer o papel da nossa comitiva brasileira”, conta Rodrigo Terra, presidente da Abragames.

Além da XDS, a Brazil Games também atua com os estúdios brasileiros em outros grandes eventos, como GDC, Gamescom e BIG Festival, que traz ao Brasil os grandes nomes da indústria para fazer negócios com as desenvolvedoras nacionais.

Eliana Russi, diretora internacional da Abragames, corrobora o discurso e exalta a importância da presença brasileira nos eventos internacionais.

“Sabemos que as parcerias para o desenvolvimento de um projeto AAA requerem uma relação de confiança entre as partes e as empresas brasileiras têm construído isso ao participarem de eventos globais, como a XDS”.

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário