Arquivo da tag: Nimo TV

Nimo TV incentiva mulheres gamers com seus canais de streaming

Após a Pesquisa Game Brasil de 2019, realizada pela Sioux Group, Blend New Research e Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), o mercado pôde constatar um fato interessante: as mulheres estão dominando o mundo dos games (cerca de 53% das pessoas que jogam são do sexo feminino). Ciente dessa hegemonia, a Nimo TV, plataforma de streaming com foco na transmissão de jogos eletrônicos, tem apostado alto no público feminino em seus programas.

A Nimo TV conta em seu hall de talentos nomes como LOUD Babi, LOUD Mii e LOUD Voltan, do time LOUD; Mari, do Los Grandes; Korah do Black Dragons; e Lucroft do grupo Buique. No estilo “lifestyle” são 21 streamers, com destaque para Karen Camila, DEUSA_FF e Lyah Mendes, que atingem números expressivos de engajamento. O objetivo é conquistar tanto as mulheres que jogam casualmente no smartphone, como as que jogam online e participam de competições mundo afora.

“A história de que os games eram vistos como algo quase que exclusivo do público masculino é velha e já caiu por terra há muito tempo. Cada vez mais as mulheres conquistam seu espaço dentro da indústria e em todas as áreas, seja em desenvolvimento, streaming ou como atleta profissional de esport. A plataforma quer reconhecer isso cada vez mais”, comenta Rodrigo Russano Dias – gerente de Marcas e PR na Nimo TV.

Mari é a recém chegada na Nimo TV. Streamando há pouco mais de três meses, tem 20 anos, conta com quase 30 mil seguidores e é a única mulher da equipe Los Grandes, que conta com 10 membros. Assim como vê seu público crescer a cada dia – suas lives chegaram a ter mais de 15 mil usuários simultâneos assistindo -, ela aprende a lidar com as dificuldades, como os comentários machistas e fora de contexto. Outra promessa da Nimo TV é Lucroft, que streama há três anos, mas sempre foi apaixonada pelos games. Ela faz parte do grupo de streamers Buique, que tem sua base fincada na diversidade de gênero e luta contra o preconceito. Por ser uma mulher trans, sua busca por um lugar de destaque no mundo dos games é grande.

“Escutei que isso nunca daria em nada ou que nunca sairia do lugar. E aqui estou eu! Tendo pessoas que me apoiam, tendo uma plataforma que está presente no que eu precisar! Isso é gratificante, me faz ver o quanto sonhos podem se tornar realidade. Como mulher trans fico ainda mais emocionada por poder mostrar a outras que elas não estão só e que cada uma pode chegar onde quiser, basta acreditar em si mesma”, relata.

Entre os jogos preferidos do público feminino estão Free Fire, GTA V e Dead by Daylight, que também são streamados por Korah, Lucroft e Mari, na Nimo TV.

Newzoo: “Mercado de games para celulares vai movimentar US$ 68,5 bilhões em 2019”

Se você é produtor de jogos eletrônicos e está em início de carreira, olha só essa dica que os dados levantados pela pesquisa Global Games Market, da Newzoo, foram capazes de inferir: é extremamente recomendável começar investindo no mercado de jogos mobile. Isso porque o mercado de games para dispositivos móveis representa a maior parcela do faturamento da indústria de jogos eletrônicos. De acordo com a análise, em 2019 os games mobile vão movimentar US$ 68,5 bilhões em 2019.

A quantia equivale a 45% da receita total do mercado de games. Uma vez que esses jogos demandam orçamentos menores, é muito recomendável começar explorando esse filão. Ainda de acordo com a pesquisa da Newzoo, a receita proveniente de jogos mobile vai superar a dos games para PC e para videogames nos próximos anos. No brasil a hegemonia dos celulares já é evidente: dos 66% da população brasileira que joga videogames, 83% preferem fazê-lo por meio de um smartphone, conforme dados da Pesquisa Game Brasil 2019.

Com o avanço do poder de processamento, melhores redes 4G e a portabilidade, as empresas veem no mercado mobile uma forma de proporcionar experiências antes facilmente encontradas em consoles e PCs, na palma da mão.

“O brasileiro é apaixonado por internet e, neste sentido, possui um hábito de consumo semelhante ao perfil do público chinês”, explica Lucas Peng, gerente da Nimo TV, um dos principais serviços de streaming na China e que já oferece serviços no Brasil. “Estamos em sintonia com as tendências no mercado e por isso apostamos muito no consumo de celular”, completa.

Entre as novidades que a Nimo TV está trazendo para seu serviço está o Game Zone, área do site dedicada para reunir as principais notícias de seus games favoritos assim que for buscar por canais de seus principais streamers. O objetivo da Nimo TV é se tornar a principal plataforma de streaming mobile do Brasil. Para isso, a empresa oferece transmissão de campeonatos de games mobile e presença dos principais de Free Fire no catálogo da plataforma: Piuzinho, El Gato e Playhard estão entre os mais populares na plataforma, trazendo conteúdo e humor nas partidas de seus canais.

Quer se tornar um streamer de games? Especialistas da Nimo TV dão 5 dicas úteis para o sucesso

Você já imaginou se tornar um streamer profissional? Pois é, muita gente conseguiu transformar o hobby de jogar em videogames em um meio de ganhar dinheiro. Para ajudar quem está querendo começar nessa brincadeira – que pode virar profissão, o pessoal da Nimo TV, plataforma de streaming com foco na transmissão de jogos eletrônicos, conteúdos criativos e eSports, reuniu algumas dicas preciosas de streamers famosos da Nimo TV e resolveu trazer as dicas ao público.

A ideia é compartilhar o conhecimento e deixar os entusiastas por jogos eletrônicos e aspirantes a influenciador digital mais preparados para fazer sucesso entre o grande público. Se você tem vontade de investir nesse negócio, fique atento a essas dicas!

 

  1. Seu jogo faz seu caminho

Uma das primeiras e mais importantes decisões de um futuro streamer é que jogo transmitir. É importante, claro, pensar no potencial de audiência, mas precisa ser um game com o qual você tenha empatia. Acompanhe seus streamers favoritos e pense qual jogo gostaria de transmitir gameplay. “É possível fazer streaming de praticamente todo e qualquer jogo, mas a maior parte dos canais escolhem games competitivos. Eu vi no Free Fire [game de tiro para celulares bastante popular no momento] a combinação de duas coisas que curto: diversão e ter o desafio de algo competitivo”, comenta El Gato, streamer de Free Fire na Nimo TV, onde tem mais de 500 mil seguidores.

 

  1. O celular é seu amigo

Nem todos fazem streaming de games do PC ou do videogame, e isso é muito bom. Com as conexões 4G cada vez melhores, apps como o da Nimo TV, possibilitam transmitir gameplays do seu próprio celular. Alguns dos jogos mais populares do momento, como Free Fire, PUBG Mobile e Brawl Stars, estão nas plataformas móveis. Isso aconteceu com o streamer El Gato, que percebeu a vantagem de fazer streaming de Free Fire pelo próprio celular. “É bem legal porque torna  transmitir o gameplay ainda mais prático, transmitindo de qualquer lugar que estiver. É uma mistura de portabilidade e diversão”.

 

  1. Conquiste sua audiência

Uma vez em frente à câmera, deixe a timidez de lado e “conecte-se” à sua audiência. Das primeiras vezes talvez não saia direito, mas o importante é ser você mesmo, de preferência buscando cativar quem está assistindo. Streamers costumam ser bem comunicativos e esta é a alma de muitas transmissões. O MagroTV, streamer da Nimo TV com cerca 70 mil seguidores fiéis, acredita que “quando estiver na frente da câmera, não precisa ser tímido. Tem que se soltar, interagir com seus fã! perguntar coisas simples, como qual música eles querem ouvir, entre outras coisas”.

 

  1. Faça o seu marketing pessoal

É fundamental pensar no seu canal, do thumb aos títulos das streams, mas não vai adiantar muito se você não contar ao mundo o que está fazendo. Esse momento de início de canal é algo muito importante para o Dilera, streamer de GTA V da Nimo TV. “Logo no começo crie perfis em todas as redes sociais que o público gamer acompanha (Twitter, Instagram e Facebook são as principais hoje em dia) e deixe-as sempre atualizadas com novidades do canal e interações com o público”. No Discord da Nimo TV há vários usuários da plataforma e um canal só para divulgar streams.

 

  1. Comece aos poucos

Nem sempre o sucesso é imediato, e isso é normal. O Dilera começou a fazer stream de forma para se distrair e divertir ao mesmo tempo. “Comece como hobby, trate bem seus viewers, mesmo que sejam poucos. Seja sendo cordial, divertido e atencioso com seu público, e ele irá indicar sua live para outras pessoas. Assim você vai ficando conhecido”.