Arquivo da tag: MMO

Universe Project: o projeto de game mais ambicioso da história

universe project

Sabe aquelas ideias loucas e futuristas de viver na Matrix? Aquela ideia que já deve ter passado por todo gamer de criar um avatar e fazer o que quiser com ele num mundo virtual? Ter um game que pudesse ser jogado como um game de luta, ou um RPG, ou um gerenciador de construções ao mesmo tempo? Está na hora de conhecer o Universe Project.

Se você joga videogames certamente já pensou que seria o máximo ter um jogo que o deixasse fazer o que quisesse, certo? Candidatos ao posto de “vida alternativa” não faltaram ao longo dos anos, vide The Sims e Second Life que, diga-se de passagem, fizeram muito barulho por aí.

Mas o fato é que um game que permitisse liberdade irrestrita ao jogador parecia muito longe de ser criado, até agora. Um grupo de desenvolvedores decidiu colocar em prática a ideia de criar um universo virtual. Para eles, um game assim só surgiria em mil anos, porém pode ser feito hoje se tiver pessoas dedicadas e recursos necessários.

Conheça o Universe Project

Apelidado de Universe Project, o game promete se tornar uma verdadeira realidade virtual alternativa para todos os jogadores e poderá ser jogado em qualquer plataforma, seja ela PC, consoles, tablets ou smartphones.  Além disso, cada personagem do game será controlado por uma pessoa real, ou seja, nada de NPCs (personagem não jogável).

O game será um gigantesco MMO com um mundo do tamanho do planeta Terra. Os jogadores podem construir suas próprias cidades, plantar coisas, roubar outros jogadores, criar exércitos, enfim, viver uma vida alternativa dentro do jogo, sem que haja leis ou impedimentos para fazer o que sempre quis.

O problema é que um game desse tamanho ainda não existe, e sequer está no forno. A obra demanda recursos financeiros que esses desenvolvedores ainda não têm. Por isso eles planejam lançar uma campanha de crowdfunding para arrecadar a grana necessária para iniciar o processo de desenvolvimento. A meta planejada ainda não foi informada. Os investidores interessados devem mandar seus e-mails no site  da (pré) campanha . De acordo com o site, os futuros doadores na campanha serão contemplados com desconto na hora de comprar o produto final.

Se o projeto vingar e for bem executado, tem tudo para se tornar uma boa razão para abandonar sua vida social. Porém, até que a verba seja garantida, vamos esperar para ver no que vai dar. Abaixo você confere o vídeo da campanha que explica melhor como o game funciona e o plano traçado pelos desenvolvedores:

Ongame lança Mercury Red no Brasil. Vai encarar?

Mercury Red

O pessoal da Ongame acabou se lançar um novo FPS para o público brasileiro ávido por jogatina online. Trata-se de Mercury Red, um game gratuito para PCs que promete muita adrenalina e muitas horas de desafio aos jogadores.  O game terminou a fase beta fechado com mais de 10 mil usuários e vários feedbacks positivos.

O jogo é ambientado na cidade de Las Vallu que se torna palco de uma guerra entre gangsters e policiais. Cabe ao jogador entrar na pele de um novo imigrante que deve escolher entrar na facção policial para manter a lei e a ordem, ou ingressar no time dos gangsters a fim obter riqueza e liberdade.

“Trata-se de um novo conceito de FPS com personagens e modos do jogo únicos. Além disso, só em Mercury: Red o player tem acesso a um campo de treinamento aonde é possível praticar com as novas armas.”, explicou Felipe Consentino, Coordenador de Marketing da Ongame.

Como diferencial, Mercury Red contém personagens com skills variadas, ou seja, cada personagem tem suas próprias habilidades únicas que tornam-se trunfos durante os combates. No time dos gangsters, por exemplo, há um personagem chamado BigFoot que porta uma arma chamada Vulcan Automatic, ideal para causar grande destruição. Já o personagem Hawk é ideal para ser utilizado como sniper, graças ao seu rifle de longo alcance. Um dos destaques do game são seus gráficos cartunescos e bem fluídos.

Mercury Red em português

A Ongame preocupou-se em localizar o jogo para o português, e até mesmo os personagens receberam trabalho de dublagem. A dublagem do game, vale dizer, contou com nomes bastante expressivos como Mauro Castro, que já trabalhou no recente Max Payne; e Marcio Simão, conhecido como a voz Nick Fury dos Vingadores.

Mercury Red oferece variados modos de jogos como os clássicos deathmatch e os novos “Pegue a Grana”, Dominação e “Treta”, no melhor estilo brazuca. O título é gratuito e já está disponível. O download pode ser encontrado no site da Ongame. Abaixo bocê confere o vídeo do game:

Riot Games inicia transferência de contas do League of Legends para o servidor Brasil

league of legends

Seguindo a tendência do mercado de MMOs, a Riot Games começou a migração das contas de jogadores brasileiros para servidores nacionais do jogo League of Legends, jogo que mistura elementos de RPG e Estratégia e coloca times de jogadores competindo em campos de batalha estilizados. A migração não acarretará em custos para os jogadores, além disso, ao fazer a mudança da conta para o servidor brazuca, os jogadores ganham benefícios como bônus de IP (Pontos de Influência) a cada 10 vitórias.

Todos os itens, IPs, Experiências, Campeões, Skins, Runas etc, que foram adquiridos em servidores gringos serão providencialmente mantidos. Outra informação importante é que a migração não é obrigatória e não haverá bloqueio para a criação de novas contas no servidor brasileiro. Todavia, se você fizer a migração não haverá possibilidade de retornar ao antigo servidor.

Com a migração de conta, a Riot Games promete que os jogadores brasileiros poderão curtir ainda mais o game, pois haverá diminuição da latência de jogo (os chamados lags), haverá localização completa em nosso idioma, suporte técnico especializado e mais opções de pagamento nas microtransações efetuadas in-game.

Para fazer a migração definitiva basta acessar a página dedicada do jogo, ler as instruções e concordar com o procedimento.

Ragnarok Online: ainda existe isso no Brasil?

Ragnarok Online
Febre no início do século XXI, Ragnarok Online conquistou muitos fãs aqui no Brasil. O game praticamente moldou a jogatina online em nosso país e levou muita gente para as LAN houses, movimentando muito dinheiro por aqui. Passado alguns anos, os jogadores tem à sua disposição uma grande variedade de títulos MMORPG (muitos deles tecnicamente superiores ao jogo da Level Up!), fazendo com que Ragnarok Online fosse relegado ao fatídico esquecimento.

Hoje vamos publicar o texto cedido pelo jornalista Renan Biazotti, 24 anos, que dissertou sobre o passado deste game tão icônico no cenário dos games online no Brasil e como o produto manteve-se vivo no coração dos fãs:

“Ragnarok Online foi um dos MMORPGs mais jogados no Brasil, isso é incontestável, principalmente no início dos anos 2000. Esse game de gráficos simplórios mexeu com a vida de muito gamer por aí e abriu as portas para uma infinidade de outros jogos onlines aportarem em solo brasileiro. Mas e hoje? Como está o famoso (ou nem tanto) Ragnarök Online?

Sem dúvida o prestígio já não é mais o mesmo. Nem a Level UP! Games (a controversa Lug) está dando tanta bola para o game que a tornou conhecida no Brasil. Muitos outros lançamentos, com gráficos 1.000 vezes melhores (no mínimo), tomaram a cabeça da empresa. Mas será que o tempo do Ragnarök acabou? Será que não existe mais espaço para gráficos 2D no século XXI?

Com certeza existe. Ragnarök pode não ser mais o furacão que abalou a net brasileiro em tempos atrás, mas com certeza mantém a força de players veteranos, que até hoje se dedicam a “upar” seus personagens e perseguir as famosas e cobiçadas cartas de MVP e itens divinos (vendendo itens por quantias astronômicas, que ultrapassam os milhares). E no Brasil? O jogo continua forte, e isso é graças aos servidores privados.

Quando a Lug passou a cobrar para se jogar o Ragnarök e alguns grupos de fanáticos lançaram emuladores para o game, o cenário nacional se modificou de uma forma definitiva. Hoje os servers privados (não-oficiais) possuem mais de 50% da parcela de players em atividade. E eles não param, mesmo com o lançamento de um servidor gratuito pela Level Up! Um exemplo é o servidor RagnaQuest que foi lançado há menos de duas semanas.

O RagnaQuest apresenta todas as características que transformaram os privados em atrações à parte do servidor oficial. É mais fácil de evoluir, de conseguir itens e cartas e muitas outras coisas. É uma prova de que o Ragnarök Online continua vivo no Brasil! Diferente, menor, mas ainda assim conquistando jogadores em todos os cantos das terras verde e amarelas”.

E aí? Você ainda joga Ragnarok Online?

Já soube que o Chico Bento ganhou um MMO para as redes sociais?

Chico Bento

A notícia está meio “old”, mas vale falar sobre isso aqui no GameReporter. No final do mês de agosto de 2012, a Level Up! lançou o jogo Turma do Chico Bento, o primeiro game MMO estrelado pelo Chico Bento, o simpático caipira imortalizado por Maurício de Souza.

O game está disponível no Orkut e Facebook e permite que os jogadores explorem a Vila Abobrinha, passando pela roça, o ribeirão e o pomar do Nhô Lau, encontrando vários dos amigos do Chico Bento que já foram retratados nos gibis.

O jogo marca também um importante passo para a Level Up!, pois ele é o début da empresa no desenvolvimento ramo de jogos sociais. Vale lembrar, porém, que o game nasceu após uma parceria com a Insolita Studios, a mesma produtora do jogo Freekscape do PSP.

Quando analisamos as opções de tema desse nosso primeiro jogo para redes sociais, além da exigência de ser um personagem brasileiro, demos muito valor a aspectos como variedade de conteúdo disponível e potencial de aceitação para toda a família. E agora, com o jogo no ar, temos certeza de que, além do Chico Bento ter sido a escolha certa em termos de perfil, conseguimos juntar desafios, aventuras e diversão de uma forma que vai cativar jogadores de ambos os sexos e todas as idades”, disse Julio Vieitez, diretor geral da Level Up! Brasil.

Como não poderia deixar de ser, o game inspirou-se nas aventuras vividas pelos personagens nos quadrinhos com o intuito de que o jogador se identifique com a obra de Maurício. Ao criar o avatar, por exemplo, o personagem possui os traços característicos da Turma do Chico Bento. Também chamam as atenções os cenários, bem coloridos, e a trilha sonora composta pelo músico Lucas Lima.

O game já foi lançado e está disponível nas duas redes sociais retrocitadas. O acesso é gratuito. Você pode ter uma ideia melhor do que se trata assistindo o vídeo  abaixo:

Diablo III na faixa? Blizzard lança Diablo III Starter Edition

Diablo III Starter Edition

Ótima iniciativa da Blizzard: a publisher anunciou o lançamento da versão Diablo III Starter Edition, que permite que todos possam desfrutar da terra de Santuário gratuitamente antes de confirmar a compra no site da Blizzard ou nos varejistas. Vale lembrar que os outros dois peso-pesados da Blizzard – WoW e Starcraft – também já tinham uma versão Starter Edition.

De acordo com a produtora, os jogadores terão o direito de jogar até a fase do Rei Esqueleto no ato I e consiga avançar até o nível 13. Para ter acesso ao game, os jogadores devem acessar suas contas na Battle.Net e ir até a seção “Seus Jogos”.  Usuários sem conta no site só precisam fazer o cadastro e o game estará disponível automaticamente na conta.

É claro que por se tratar de uma versão Starter, os jogadores encontrarão algumas restrições durante o game. A intenção é que os jogadores experimentem o jogo antes de decidir se vale o upgrade para a versão definitiva do game.

Mais informações sobre a versão Starter Edition e os recursos disponibilizados podem ser acessados no site da Blizzard na seção Perguntas e Respostas. Só nos resta saber se a nova postura da gigante vai desviar o foco das atenções que League of Legends ganhou nos últimos dias. Só para não esquecer, o trailer de Diablo III é animal!

Nuuvem anuncia o lançamento do RPG Krater. Quem vai baixar?

RPG Krater

A plataforma de distribuição digital de games Nuuvem anunciou que seus usuários já podem baixar o game de RPG Krater. Para quem não conhece, o game foi desenvolvido pelo estúdio sueco Fastshark e tem seu ambiente em um futuro pós-apocalíptico onde o jogador é colocado no meio de uma disputa entre três facções que disputam o controle de uma cratera que dá acesso a um mundo subterrâneo.

A versão principal contém o primeiro episódio da campanha que abre uma das três nações localizadas no interior da cratera. Além disso, os jogadores terão a sua disposição algumas atualizações gratuitas que trazem novos desafios, cavernas e personagens para a jogatina online. Futuramente haverão expansões que prometem trazer novas campanhas para o jogador.

 “Nós convidamos todos os jogadores a experimentarem o novo game hit Indie sensação do momento, desenvolvido pelo estúdio sueco Fastshark,” convida Thiago Diniz, CEO da Nuuvem. “Em Krater, a morte e os ferimentos realmente significam algo. O título traz de volta a sensação de sentir medo de morrer, como nos velhos títulos do gênero RPG.”

O título pode ser adquirido através do site da Nuuvem e tem o preço sugerido de R$ 29,90. Alguém aí já conhecia o Krater?

Level Up! abre fase de testes fechados de M.A.R.S.

M.A.R.S

A Level Up! anunciou a abertura da fase beta test de seu novo game MMO, trata-se do jogo M.A.R.S., um game no estilo TPS (Third Person Shooter) que esbanja belos visuais graças a engine que foi utilizada, a saber a potente Unreal Engine 3, a mesma utilizada em games como Gears of War 3 e Batman Arkham City. Os jogadores brasileiros que estiverem interessados poderão se inscrever e serão aceitos para a fase de testes até o final do mês de junho de 2012.

O game foi desenvolvido pelo estúdio Yingpei Games, uma filial da Epic Games, criadora da franquia Gears of War e da Unreal Engine. A Level Up! promete que o título levará aos computadores o melhor da tecnologia gráfica atual aliada a uma jogabilidade de qualidade, além disso, o título será gratuito como é padrão nos títulos lançados pela Level Up!.

Quem já jogou Gears of Wars vai adorar M.A.R.S. O jogo traz uma experiência similar à dos consoles, com a vantagem de oferecer os features de um título online”, disse Julio Vieitez, diretor geral da Level Up! no Brasil.

O jogo tem como pano de fundo uma batalha entre mercenários e conta com vários modos de jogo que variam do tradicional PVP até o modo co-op contra o computador. E uma vez que o Brasil será um dos primeiros games a receber o título oficialmente, a Level Up! Tratou de traduzir o game com servidores dedicados, assim como download e página oficial em português.

De acordo com a Publisher, o acesso e o download do game são gratuitos e no futuro os jogadores poderão melhorar seus personagens através das conhecidas micro-transações que é muito comum em títulos online.

Se você se interessou em fazer parte do seleto grupo de jogadores que testarão o game M.A.R.S em primeira mão basta inscrever no site da Level Up!.

Confira abaixo o trailer do game:

MMO de estratégia World of Heroes é lançado no Brasil

World of Heroes

Procurando alguma novidade no campo dos MMOs, mas não tem nenhuma idéia de qual jogo testar? O site BoaCompra acabou de trazer ao Brasil o MMO World of Heroes, produzido pelo estúdio Hangzhou Co. O game foi localizado para o nosso idioma e tem como objetivo fazer os jogadores bolarem estratégias para defender a integridade de suas cidades.

O game é gratuito e dispensa instalação, bastando o jogador acessar através do navegador.  O esquema de jogo é tipicamente RPG e o jogador encontra dois modos de combate: um automático e outro manual. No modo automático os movimentos durante o combate são decididos pelo computador. No modo manual o game ganha cara de RPG com batalhas por turno, ou seja, o jogador decide as ações dos personagens quando for sua vez.

Além disso, outra marca de World of Heroes é seu mapa hexagonal, remetendo aos jogos de RPG de tabuleiro. Deste modo, os jogadores devem se preocupar com a distância dos inimigos antes de executar os ataques, tornando os momentos de luta mais estratégicos ainda.

Boa parte do tempo de jogo é gasta no desenvolvimento da cidade-colônia. Esta tarefa é conseguida somente se o jogador for coletando recursos e construir unidades de ataque a fim de evitar o avanço de tropas rivais que almejam apoderar-se das riquezas conquistadas por você.

Para facilitar a tarefa, o jogador contará com a ajuda de heróis que servem de comandantes das cidades construídas. Os heróis dividem-se em 3 tipos: cavaleiros, elfos e magos. Além disso, há aparições de poderosas criaturas que podem ajudar os heróis, como centauros e dragões.

Para acessar o game e conhecer mais detalhes do mesmo, basta acessar a página oficial. Depois nos conte o que achou do jogo, ok?

Aeria Games lança versão em português de Eden Eternal

 Eden Eternal

Está procurando por algum MMORPG? A Aeria Games lançou há poucos dias a versão em português do Eden Eternal. Disponível desde o último dia 24 de maio, o game chegou em nosso país totalmente localizado em português. Para quem não conhece, o jogo já foi eleito pelo site Zona MMORPG como o melhor MMORPG Free 2 Play de 2011.

O lançamento no Brasil segue em consonância com a estratégia adotada pela Aeria Games, ou seja, o de MMOs gratuitos. O game foi desenvolvido pelo produtora X-Legend e já estava disponível no Brasil há algum tempo, porém apenas em inglês. A exemplo de tantos outros jogos consagrados do gênero, Eden Eternal não é pago, porém os jogadores podem desembolsar para melhorar seus avatares.

Como marca registrada, o jogo oferece aos jogadores um design inspirado em animes. Além disso, o game possui outras características interessantes como a mudança de classe espontânea, ou seja, à medida que progride no game, o jogador pode alternar entre as 15 classes disponíveis, como Ladrão, Caçador, Mágico etc.

Para fazer o download e obter mais informações do game, basta visitar a página oficial do jogo. Confira abaixo o vídeo do game.