Desafio FazGame Eletrobras60 divulga os vencedores da competição

Na última semana ocorreu um evento online para divulgar os vencedores do Desafio FazGame Eletrobras60, competição on-line e gratuita em que alunos do 1º e 2º anos do ensino médio e seus professores foram desafiados a criar games narrativos sobre geração e transmissão de energia limpa e renovável, temas que marcam o compromisso da Eletrobras com a sustentabilidade e a inovação.

A iniciativa foi lançada em março deste ano como uma das celebrações dos 60 anos da Eletrobras. No encontro, foram anunciados ao vivo os dez finalistas e as duas duplas vencedoras. A dupla ganhadora do 1º ano, que fez o game Vento Áureo, foi Mariana Rodrigues de Almeida (professora) e Vinícius Cardoso (aluno), do Centro Educacional Sesi de Caçapava, São Paulo.

A dupla do 2º ano que chegou em primeiro lugar, com o game Um futuro eletrizante, foi Ricardo de Magalhães Simões (professor) e Renata Machado (aluna), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Cachoeiro, em Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo. Os vencedores foram premiados com um tablet (para o professor) e um computador (para o aluno).

“Sabemos que a construção de um futuro sustentável é uma jornada, e precisamos contar com a participação de todos. Para a Eletrobras, é uma alegria promover a reflexão sobre eficiência energética e energia limpa e renovável para estudantes que representam o futuro do nosso país. A empresa acaba de celebrar seus 60 anos de história e agora celebra os autores dos mais de 100 games resultantes desta iniciativa, que nos enche de orgulho”, afirmou Rodrigo Limp, presidente da Eletrobras.

De acordo com a organização, foram submetidos 117 games, vindos de todas as regiões do Brasil. Dos 10 finalistas, sete games são de escolas públicas e três de escolas privadas, mostrando que o ensino público tem bastante força no ramo de desenvolvimento de games. A live de premiação teve a participação de alunos e professores de todo o país, que durante dois meses exercitaram a leitura e a escrita por meio da criação de games, refletindo sobre geração e transmissão de energia limpa e renovável.

“Mais de 400 duplas de professores e alunos se inscreveram e 117 duplas concluíram a jornada e submeteram seus games para o desafio. Nossos jurados se surpreenderam com as narrativas criadas, a complexidade da lógica dos games e a criatividade dos alunos, que receberam todo o apoio dos seus professores e da equipe FazGame”, declarou Carla Zeltzer, sócia-fundadora da FazGame, entidade organizadora do desafio.

Para mais informações, basta acessar o site da FazGame.

Prêmio eSports Brasil anuncia edição comemorativa de 5 anos, em dezembro

A maior premiação de esportes eletrônicos da América Latina está prestes a começar! Trata-se do Prêmio eSports Brasil, que chega à sua quinta edição em dezembro, em São Paulo. A celebração premiará os maiores destaques do cenário de eSports no ano de 2021 em mais de 20 categorias, com todas elas contando com a participação do público e de um corpo de jurados formado por 70 profissionais e especialistas. O evento terá transmissão multiplataforma, incluindo os canais SporTV e Player1.

“Desde 2017, nosso principal objetivo com o Prêmio eSports Brasil é reconhecer, celebrar e consagrar todos os atores envolvidos no crescimento dessa indústria fascinante. Este ano faremos uma edição especial comemorativa, para registrar os 5 anos de momentos incríveis e encontros inéditos dos heróis máximos de uma comunidade apaixonada, que não para de crescer. O PeB leva a temática dos games para o mainstream amplificando o reconhecimento destes ídolos e contribuindo diretamente para o profissionalismo dos eSports no país ”, explica Leandro Valentim, CEO da Player1 Gaming Group.

 

Prêmio eSports Brasil anuncia 3 novas categorias

eSports

A 5ª edição do Prêmio eSports Brasil – PeB – trará novidades em suas categorias. Pela primeira vez, a premiação contará com duas categorias femininas: Melhor Atleta Feminina, na qual serão premiadas as melhores atletas do ano, independente da modalidade, e Atleta Revelação Feminina, que premiará as atletas que mais se destacaram e iniciaram suas trajetórias no cenário competitivo em 2020.

“Nós do Prêmio eSports Brasil buscamos sempre ouvir o que a comunidade tem a dizer. Este ano, mais uma vez fizemos rodadas de conversas com grandes mulheres do cenário e temos muito orgulho em trazer essas duas categorias como novidade para 2021, acreditando que impulsionarão ainda mais o desenvolvimento do cenário competitivo feminino”,  afirma Thiago Milhazes, Head Geral do Prêmio eSports Brasil.

Também este ano, o PeB terá a chegada da categoria de Melhor Atleta de Valorant, jogo da Riot Games lançado em 2020. Em contrapartida, a categoria de Melhor Atleta de Overwatch deixa a premiação em 2021.

Somadas, as quatro últimas edições do PeB receberam mais de 15 milhões de votos para a  escolha dos melhores atletas e personalidades, comprovando o engajamento da comunidade aos ídolos do universo dos eSports. Somente em 2020, mais de 32 milhões de pessoas foram impactadas pelas redes sociais oficiais do evento.

Confira a lista de categorias do Prêmio eSports Brasil 2021:

        • Atleta de eSports do Ano
        • Atleta Revelação
        • Melhor Atleta de Battle Royale
        • Melhor Atleta de Rainbow Six Siege
        • Melhor Atleta de Mobile Games
        • Melhor Atleta de Card Game
        • Personalidade do Ano
        • Melhor Atleta de Fighting Games
        • Melhor Atleta de Dota 2
        • Melhor Atleta de Futebol Virtual
        • Melhor Atleta de Free Fire
        • Melhor Atleta de CS:GO
        • Melhor Atleta de League of Legends
        • Melhor Atleta de Outras Modalidades
        • Melhor Streamer
        • Melhor Organização
        • Melhor Jogo
        • Melhor Caster
        • Craque da Galera
        • Melhor Atleta Feminina
        • Atleta Revelação Feminina
        • Melhor Atleta de Valorant

 

Você pode acompanhar o Prêmio eSports Brasil 2021 no site oficial.

Razer anuncia maior torneio regional de eSports da América Latina

Após o sucesso do primeiro Razer Invitational, realizado no Sudeste Asiático em julho de 2020, a Razer decidiu-se por realizar uma segunda edição, prometendo ser o maior torneio regional de eSports da América Latina. O Razer Invitational – América Latina contará com jogadores de esportes eletrônicos de todos os níveis, de amadores a profissionais, que poderão competir e ainda representar seus países.

“Com o Razer Invitational – Sudeste Asiático, recebemos enorme apoio de dez países, que participaram com mais de 500 times e 3.500 atletas”, disse Zuber Mohammed, diretor de Marketing da Razer. Agora estamos expandindo o Razer Invitational a outras regiões do planeta para dar a mesma oportunidade a jogadores amadores e profissionais, descobrir mais talentos individuais e incutir em cada um o sentimento de orgulho de representarem suas nações em torneios de eSports”.

De acordo com a empresa, o Invitational – América Latina reunirá seis países: Argentina, Brasil, Chile, México, Paraguai e Uruguai. As competições serão realizadas em quatro das mais populares modalidades da região: Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), Mobile Legends: Bang Bang (MLBB), PlayerUnknown’s Battlegrounds Mobile (PUBGM) e League of Legends. Outro ponto importante é que os fãs poderão acompanhar as partidas através do Facebook e na Twitch . Mais informações sobre como assistir serão reveladas em breve.

As inscrições para as três categorias do Razer Invitational – América Latina comum a todos os países começam em 2 de novembro de 2020 e as qualificatórias serão disputadas a partir de 28 de novembro, com playoffs acontecendo entre 3 e 20 de dezembro. Já as qualificatórias de League of Legends, exclusivas para o Brasil, acontecem em 21 e 22 de novembro seguidas dos playoffs de 27 a 29 de novembro. O torneio será disputado totalmente on-line.

Informações sobre inscrições e agendamentos para as qualificatórias serão postadas no site oficial do Razer Invitational – América Latina.