Mission to Escape – startup portuguesa lança game de fuga que reverte os lucros para ajudar a combater o Coronavírus

Escape

Mais uma empresa do ramo de entretenimento se mostra especialmente engajada no combate ao coronavírus, momento de extrema aflição mundial. A Mission to Escape, maior marca portuguesa de jogos de fuga, acaba de lançar sua primeira empreitada no mercado de jogos digitais no Brasil. Motivados pela atual situação de isolamento social, a startup acaba de lançar o game Inscape, que consiste em pequenas versões digitais das missões que a empresa já oferecia nos seus estabelecimentos em Lisboa e em Porto.

Os minigames contam com 20 minutos de duração e serão lançados aos poucos. O primeiro deles é inspirado em Prison Break, o Prison Escape. O objetivo é simples: ajudar o protagonista a fugir da Penitenciária Estadual mais rígida dos EUA. Existe apenas um caminho e as decisões são do jogador. Já é possível jogar o INscape, que está disponível no site da Mission To Escape.

O Prison Escape é gratuito, já os demais minigames a ser lançados terão um valor simbólico que será revertido a hospitais no Brasil e em Portugal. O apoio aos profissionais de saúde brasileiros não é à toa: atualmente a Mission to Escape é gerida por uma equipe brasileira. O objetivo da empreitada é apresentar um novo conceito de jogos de fuga ao mesmo tempo que leva as famílias brasileiras e portuguesas a um conjunto de mistérios, desafios de lógica e momentos de diversão, além de ajudar no combate ao coronavírus.

“Neste momento de incerteza e ansiedade, especialmente para um negócio como o nosso que vive do contato social, estamos a fazer um investimento para nos reinventarmos e conseguirmos levar ao público um pouco mais de leveza e diversão, acrescentando solidariedade no processo. Acreditamos que, com nossos jogos digitais, ajudaremos as pessoas a se divertirem em família e “escaparem” do tédio da quarentena, fazendo a nossa parte no combate ao Covid-19”, disse Felipe Vieira, Diretor Geral da Mission To Escape.

Quem já está familiarizado com a dinâmica de jogos de fuga não irá se decepcionar, pois a dinâmica é a mesma. As missões têm um enredo, abrangendo desde grandes viagens cinematográficas a períodos históricos repletos de fascínio e cenários de alta tensão. O objetivo é decifrar enigmas usando lógica e criatividade, sempre em equipe. O conceito é simples e divertido: coloca-se um grupo de participantes dentro de um espaço temático com o desafio de lá sair – explorando a sala, pistas, jogos de lógica e de memória. O Inscape busca agradar aos jogadores que sentem saudades de resolver esses enigmas tão elaborados e ajudar nossos heróis da saúde. Só por isso, vale a pena conhecer o projeto!

Autor: Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Deixe seu comentário